Em algum momento da sua vida, você já parou para se perguntar sobre qual carreira seguir? Geralmente, quando os estudantes estão se preparando para o vestibular, essa é uma das principais dúvidas que surgem, afinal de contas, é uma grande escolha e que precisa ser feita com atenção e cuidado para que a satisfação profissional seja conquistada com mais facilidade. Um curso que muitos buscam é o de Gestão Pública.

O curso de Gestão Pública, voltada para quem deseja atuar na área administrativa de instituições governamentais, é, sem dúvida, uma ótima graduaçãopara quem gosta de trabalhar em equipe, de se comunicar e de exercer liderança.

Ficou curioso e quer saber mais sobre o curso? Então continue acompanhando os próximos tópicos, pois separamos todas as informações para ajudar na sua escolha! Vamos lá?!

O que é Gestão Pública?

Gestão Pública é um termo usado para indicar um campo de trabalho e estudo no setor público, que garante que os recursos de uma empresa sejam utilizados de maneira correta, sejam eles humanos, financeiros ou de outros tipos.

O objetivo maior é sempre tornar a atuação do setor público mais produtiva e eficaz para desenvolver o país e, assim, melhorar a qualidade de vida da população.

Mas é importante lembrar que as empresas privadas também podem necessitar da Gestão Pública. As corporações privadas que executam projetos de interesse público desenvolvidos pelo Estado (como a famosa Parceria Público-Privada) também têm o apoio de profissionais da área.

Curso de Gestão Pública

Para cursar Gestão Pública, você pode optar por dois tipos de curso superior: em grau tecnológico ou bacharelado, lembrando que a maior parte das faculdades credenciadas no MEC (Ministério da Educação) oferece o curso em grau tecnológico.

Os cursos de bacharelado duram aproximadamente quatro anos e têm uma grade curricular bem abrangente. Os cursos tecnólogos, por sua vez, são mais curtos, durando em média dois anos, e o currículo tem uma concentração bem maior de disciplinas práticas e técnicas.

Gestão Pública: o que faz? 

Podemos caracterizar essa área como um campo de conhecimento que faz parte da área das ciências sociais aplicadas, tendo como foco o desenvolvimento de políticas para a população.

Dessa forma, esse campo trabalha com inúmeras áreas, como políticas públicas, finanças públicas, redes de apoio, recursos humanos e muitas outras. Isso significa que, durante o curso, os conhecimentos desses campos de saberes são completamente integrados ao currículo de Gestão Pública, ensinando aos estudantes como trabalhar com a rede já existente e sobre as melhorias que podem ser implementadas.

O trabalho apresenta um foco administrativo, sempre voltado para as formas de gestão das políticas públicas, assim como para organizações governamentais e ONGs a fim de promover o bem-estar social.

Bom, sem dúvida alguma, o gestor público é um profissional indispensável ao país, pois ele é capaz de mudar a face das empresas públicas e melhorar a vida da população. Veja, a seguir, as principais atribuições desse profissional:

  • coordena equipes de trabalho;
  • gerencia e planeja serviços e processos de organizações públicas;
  • elabora e coordena políticas públicas, tais como o combate à desnutrição e ao analfabetismo;
  • assessora os parlamentares;
  • promove a competitividade das instituições;
  • organiza a operação e a logística de campanhas públicas;
  • controla o orçamento e faz a administração das licitações;
  • administra e gerencia os projetos de entidades do terceiro setor que estão relacionados às políticas públicas.
Eligis - teste vocacional e profissional

Faculdade de Gestão Pública

A faculdade de Gestão Pública dura em torno de 4 anos. Quanto às disciplinas mais comuns aos cursos de Administração, podemos citar:

  • Matemática;
  • Economia;
  • Estatística;
  • Administração Financeira.

Já as matérias específicas são, entre outras:

Vale destacar que a maior parte das faculdades exige TCC (Trabalho de Conclusão de Curso).

Existem, no Brasil, mais de 100 instituições de ensino autorizadas pelo MEC a oferecer curso superior em Gestão Pública. Então, trouxemos algumas faculdades que, além de terem uma boa avaliação e serem reconhecidas, trabalham com facilidades como financiamento facilitado, bolsa de estudos, descontos e convênios. Confira:

  • Universidade Estácio de Sá (UNESA);
  • Universidade Federal da Bahia (UFBA);
  • Universidade Paulista (Unip);
  • Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG);
  • Centro Universitário de Maringá (UniCesumar);
  • Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ);
  • Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN).

Por fim, é importante mencionar que o curso exige a realização de um período de estágio, portanto, o estudante só vai conseguir seu diploma depois de completar pelo menos um semestre de estágio obrigatório.

gestão pública

Tecnólogo em Gestão Pública 

Trata-se de uma graduação de nível superior que geralmente tem uma duração de dois anos. O curso é mais voltado para a prática da gestão de órgãos públicos ou de empresas que trabalham para o bem público. É um curso para pessoas que desejam colocar a mão na massa e conseguir o diploma de forma bem rápida para que possam entrar no mercado de trabalho.

Trouxemos algumas faculdades bem avaliadas e reconhecidas pelo MEC que ofertam o curso de Tecnologia em Gestão Pública. Confira:

Gestão Pública EAD

Apesar de alguns cursos ainda não estarem disponibilizados nessa modalidade de ensino, por causa da necessidade de uma prática presente, o curso de Gestão Pública pode ser realizado a distância, seja na modalidade de tecnólogo, seja na de bacharel.

A oferta de Gestão Pública EAD é feita apenas por instituições de ensino particulares. Não há universidades públicas que disponibilizam o curso a distância.

Mercado de trabalho

O principal nicho de mercado do gestor público é a esfera pública. Para que o profissional conquiste uma vaga nesse setor, é necessário prestar concurso, mas existem também oportunidades em outros segmentos. Veja, a seguir, quais são os principais empregadores do gestor público:

  • associações sem fins lucrativos, como as ONGs, especialmente na condução de projetos relacionados a políticas públicas;
  • órgãos públicos como Agências, Secretarias, Ministérios e Institutos de Pesquisa, em áreas como Educação, Saúde, Habitação, Desenvolvimento e Cultura;
  • empresas privadas, principalmente para a articulação de ações em parceria com o governo.

O mercado de trabalho desse profissional está crescendo, pois o estado tem expandido sua atuação em todas as regiões do Brasil. A capital do país e a região sudeste são as que concentram a maior quantidade de vagas para os gestores públicos.

Vale lembrar que esse profissional vai levar vantagem em uma área extremamente concorrida hoje em dia: a dos concursos públicos. Afinal de contas, o graduado vai ter, na grade curricular, as disciplinas ligadas à legislação que são mais cobradas pelas provas. Apesar de não ser um pré-requisito, o curso Gestão Pública oferece uma preparação muito completa para funcionários e servidores que desejam seguir a carreira pública.

Gestão Pública: quando ganha? 

Essa é uma carreira que oferece a oportunidade de ter salários bastante atrativos. E a boa notícia é que existe muita demanda para se inserir no mercado, afinal de contas, estamos falando de uma graduação relativamente nova.

A expectativa de ganhos no começo da carreira em um órgão público é de aproximadamente R$ 3,5 mil. Para os profissionais que queriam trabalhar em carreiras federais ou em agências reguladoras, o salário pode chegar a R$ 11 mil. O setor judiciário é o grande destaque, pois os salários tendem a ser muito elevados.

No setor privado, o início de carreira pode ser mais modesto, com ganhos menores, girando em torno de R$ 1,8 mil e R$ 2 mil, lembrando que a tendência é de valorização ao longo do tempo. Nas grandes corporações do país, os cargos de gestão que ocupam cadeiras diretivas podem chegar a um salário de R$ 50 mil.

Como você pode perceber, o curso de Gestão Pública tem muitas possibilidades e variedades para trabalhar de maneira ética e ter um ótimo reconhecimento no mercado de trabalho. Então, se você ficou interessado nessa graduação, procure ter uma boa base dos conhecimentos do ensino médio e conquiste uma boa nota no vestibular para garantir sua vaga em uma boa faculdade!

E então, gostou do texto? Quer aproveitar a visita em nosso blog para conhecer também as melhores faculdades do país? Então aproveite!

Você pode gostar também