Cursar Teologia pode não ser a opção da maioria dos estudantes, mas saiba que a graduação nessa área é bastante procurada tanto por quem quer se dedicar ao sacerdócio e à vida religiosa, na Igreja Católica, quanto por pessoas de outras denominações não cristãs.

Para saber mais sobre esse curso, as linhas de pensamento, para quem é recomendado, como é o mercado de trabalho e o que fazem os teólogos, continue a leitura deste post!

O que é Teologia?

Teologia é uma palavra de origem grega que significa estudo (logia) das coisas divinas (theos = deus). O termo foi utilizado pela primeira vez na Grécia Antiga, bem antes do nascimento de Cristo, portanto. Lembre-se de que os gregos eram politeístas, ou seja, cultuavam vários deuses.

Mas foi só por volta do século V que Santo Agostinho sistematizou a Teologia como ciência a ser estudada, aí já entrando com as origens do Cristianismo.

Hoje, a Teologia Contemporânea busca resgatar as origens, as expressões e o funcionamento das várias denominações religiosas, no sentido de valorizar todas elas e, inclusive, propor um diálogo ecumênico.

Quem se dispõe a estudar Teologia precisa, antes de mais nada, de gostar de ler e demonstrar interesse pelo fenômeno religioso (e não só por uma religião específica).

Entre as correntes teológicas, destacam-se algumas, como as citadas a seguir.

Teologia da Libertação

Depois do Concílio Vaticano II, em 1962, alguns teólogos e estudiosos definiram como a linha de ação da Igreja Católica a chamada “opção preferencial pelos pobres”. Para eles, a Igreja deveria abandonar os luxos e se dedicar a seguir os ensinamentos simples de Jesus Cristo — algumas ações do Papa Francisco, por exemplo, têm base na Teologia da Libertação.

Teologia Sistemática

Por outro lado, dogmas, preceitos e doutrinas arraigados na tradição da Igreja se reúnem nessa disciplina. A Teologia Sistemática busca organizar a fé e as ações dos cristãos em verdades supremas e incontestáveis.

Curso de Teologia

Essa graduação tão singular forma profissionais bacharéis ou licenciados, dependendo da modalidade escolhida pelo estudante. No caso do bacharelado, o curso é voltado para a formação de sacerdotes, pesquisadores e especialistas, que podem trabalhar em conjunto comantropólogos, historiadores e sociólogos.

Na licenciatura, formam-se professores para dar aulas de Ensino Religioso nas escolas da educação básica e coordenadores de Pastoral em colégios, por exemplo.

Para vermos como funciona o curso, tomaremos como modelo a matriz curricular da PUC SP, que oferece o bacharelado na modalidade presencial. Só para você ter uma ideia de como o curso é denso, conheça algumas disciplinas do primeiro período:

  • Antropologia Filosófica;
  • Fenomenologia da Religião;
  • Hermenêutica Bíblica;
  • História da Igreja Antiga;
  • Introdução à Teologia;
  • Hebraico Bíblico.

Ao longo da formação, a tendência é que disciplinas mais específicas e concentradas apareçam, como:

  • Mariologia;
  • Moral Sacramentária;
  • Direito Canônico;
  • Homilética;
  • Liturgia;
  • Missiologia.

Como estamos falando de uma instituição católica, é normal que toda a História e os Livros da Bíblia sejam estudados (Atos dos Apóstolos, Lucas, Cartas etc.). Porém, em outras faculdades não cristãs, o enfoque é outro.

Eligis - teste vocacional e profissional

Nota de corte: Teologia

Como a procura é baixa e bem específica, a relação de candidatos por vaga quase inexiste: na PUC Rio, por exemplo, em 2019, foram 16 candidatos para 12 vagas (1,3).

Assim também ocorre em faculdades públicas. A Universidade Federal do Piauí não oferta mais o curso de Teologia, e o Centro Universitário Municipal de São José tem agora o curso de Ciências da Religião.

A nota de corte para Fies e Prouni nas faculdades particulares também não é alta: fica em torno de 500 pontos.

Faculdade de Teologia

Mais de 200 instituições de ensino oferecem o curso de Teologia no Brasil (bacharelado e licenciatura), inclusive a distância. Conheça algumas dasmelhores faculdades:

  • Faculdade Teológica Batista de São Paulo (FTBSP), em São Paulo (SP);
  • Faculdade Cristã de Curitiba (FCC), em Curitiba (PR);
  • Centro Universitário Sumaré, em São Paulo (SP);
  • Pontifícia Universidade Católica de Minas Gerais (PUC Minas), em Belo Horizonte (MG);
  • Faculdade Jesuíta (Faje), em Belo Horizonte (MG);
  • Instituto Santo Tomás de Aquino (ISTA), em Belo Horizonte (MG);
  • Pontifícia Universidade Católica de São Paulo (PUC SP), campus Santana e campus Ipiranga, em São Paulo (SP);
  • Faculdade Dehoniana, em Taubaté (SP);
  • Faculdade de Filosofia, Ciências e Letras de Caruaru (FAFICA), em Caruaru (PE);
  • Faculdade de Teologia da Arquidiocese de Brasília (FATEO), em Brasília (DF).
turíbulo teologia

Curso de Teologia a distância

Quem quiser fazer um curso de Teologia a distância tem várias instituições à disposição. A formação não demanda laboratórios nem aulas específicas; portanto, pode ser tranquilamente realizada online, com alguns encontros periódicos presenciais, variando segundo a instituição. Veja algumas:

  • Faculdade Cristã de Curitiba (FCC);
  • Faculdade do Maciço do Baturité (FMB);
  • Universidade Católica Dom Bosco (UCDB);
  • Centro Universitário Redentor (FACREDENTOR);
  • Centro Universitário da Grande Dourados (UNIGRAN).

Mercado de trabalho 

Em 2015, a profissão de teólogo foi aprovada pela Câmara dos Deputados pelo Projeto de Lei nº 4.293/12. Porém, o projeto continua em tramitação, já que o tema e as delimitações sobre o que esse profissional faz são questões que demandam minúcia.

A maior preocupação nesse mercado de trabalho é com pessoas que agem de má-fé e usam a religião para obter lucro sobre os mais pobres e menos esclarecidos. Dessa forma, a regulamentação da profissão evitará episódios de espoliação por pessoas que não sejam da área nem tenham passado por uma formação séria.

Por ora, o teólogo bacharel pode atuar em igrejas, comunidades, mosteiros, casas de santo, ONGs, associações religiosas e muito mais. Também é possível fazer pós-graduação e dar seguimento aos estudos e pesquisas, podendo lecionar em cursos de graduação. Já o licenciado pode ministrar aulas em escolas públicas e particulares, associações e comunidades.

Quer se tornar um teólogo? Saiba que, para exercer o sacerdócio na Igreja Católica, é obrigatório ter formação em Filosofia e Teologia, além de passar por uma autorização do Vaticano. Se você se interessou pela carreira, mas deseja conhecer outras opções de curso, veja 5 dicas para ajudar na escolha profissional!

Você pode gostar também