Sabe quando vemos no mercado uma cesta de ovos prontos para serem levados? Não passa pela nossa cabeça todo o complexo trabalho necessário para que eles cheguem adequadamente aos comércios da cidade. Durante toda essa cadeia de produção está a Zootecnia. Aqui, abordamos em detalhes como funciona essa área do conhecimento e o que esperar dela quando se formar.

Quem está no ramo sempre encontra o trabalho com animais, inovações tecnológicas e técnicas de criação no campo. Por sua diversidade de aplicações, trata-se de um mercado bastante amplo, oferecendo constantemente vagas a profissionais qualificados e ótimos salários aos chefes de setor.

A produção de bens de consumo é um assunto de interesse coletivo, com demandas que transcendem as fronteiras brasileiras. Preste atenção na leitura deste post. Quem sabe você não encontra aqui a formação que vai garantir o seu futuro?

O que é Zootecnia? 

É um campo composto por muitos outros e que pode ser localizado dentro da grande área das Ciências Agrárias. Ela é formada por técnicas e teorias de áreas como Biologia, Medicina Veterinária, Nutrição e Ciências Econômicas.

Seu foco é toda a produção e distribuição de bens materiais que envolvam animais domesticáveis, preocupando-se também com a sustentabilidade de tais ações. Se você gosta de bichos e se interessa por tecnologias rurais, esses podem ser indicativos de que a Zootecnia é o curso certo para você.

Existe uma grande abrangência de possibilidades para a área da Zootecnia. Desde a criação dos bichos em fazendas adequadas até as técnicas envolvidas para a extração e a distribuição dos produtos, toda essa cadeia envolve esse trabalhador. É por conta disso que o ramo também é conhecido como Produção Animal.

Zootecnia: o que faz?

Seus profissionais são os zootecnistas, e o espaço de inserção se dá principalmente naszonas agrônomas e na interseção entre o urbano e o rural. O objetivo principal da Zootecnia é a elaboração de técnicas que otimizem a geração de bens de origem animal. É possível trabalhar com rebanhos de todo tipo, como de galinhas, porcos, bois, vacas etc.

É válido que um graduando tenha interesse por animais, mas é provável que a maior parte do seu trabalho quando formado não se dê em contato direto com os bichos, como costuma acontecer com um médico veterinário. O zootecnista funciona como um gestor da produção agrária, buscando rentabilidade, produtividade e sustentabilidade.

Devemos ressaltar também que o trabalho do zootecnista não é apenas extrair os recursos animais inconsequentemente. Ele também tem o dever de garantir práticas sustentáveis, que promovam a saúde e o bem-estar tanto da população quanto dos rebanhos.

Eligis - teste vocacional e profissional

Atividades da Zootecnia

Tendo em vista essas diferentes fontes de conhecimento e seus objetivos, podemos listar algumas atribuições do zootecnista:

  • planejamento e direção de sistemas de produção animal;
  • realização de pesquisas sobre o desempenho dos animais seus potenciais;
  • avaliação genética dos rebanhos e trabalho com manipulação genética;
  • pesquisas sobre as necessidades nutricionais dos animais e a criação de rações;
  • determinação de técnicas de higiene, saúde e bem-estar para os rebanhos;
  • criação e cuidados para animais ligados ao esporte e ao lazer.

Zootecnia: curso 

Podemos dividir a graduação em Zootecnia em três grandes eixos: Ciências Biológicas, Exatas e Administração. Seu tempo de duração varia entre quatro e cinco anos, e o curso pode ser encontrado em todo o território nacional, levando em conta que a agronomia é um tema de constante interesse para o mercado brasileiro.

Durante esse período, o aluno entra em contato com disciplinas práticas e de laboratório, além das tradicionais matérias teóricas que envolvem gestão e o estudo da fauna.

Listamos algumas das disciplinas de Zootecnia para você ter noção do que vai encontrar no curso:

  • Melhoramento Genético;
  • Funcionamento de Ecossistemas;
  • Técnicas Aplicadas de Pecuária;
  • Conservação do Solo e Fertilidade;
  • Produção Animal e Vegetal;
  • Climatologia.

Zootecnia: faculdades

Como dissemos, existem faculdades disponíveis em todo o território nacional, sendo que a tendência para os próximos anos é um aumento desses centros de ensino disponíveis. É interessante observar que as regiões com uma produção rural mais intensificada costumam ter ótimos cursos de Zootecnia.

Assim como em outras modalidades, as universidades públicas se destacam como as melhores faculdades para essa graduação. Entre as mais prestigiadas, podemos mencionar:

  • Universidade Federal de Viçosa (UFV);
  • Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC);
  • Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Sudeste de Minas Gerais (IFSEMG).

Nota de corte

De acordo com os resultados da edição de 2019 do Enem, é possível extrair algumas informações sobre a nota de corte em Zootecnia. A média nacional atingiu a pontuação de 625.65, mas isso não significa que, com ela, é possível garantir uma vaga para o curso em qualquer lugar.

A Universidade de São Paulo (USP) atingiu a nota de corte mais alta do país, de 751.69. A menor nota de corte verificada foi da UESPI, uma pública estadual do interior de São Paulo, com a pontuação equivalente a 540.64.

Como é possível perceber, não se trata de uma pontuação muito alta em uma média geral, o que aumenta as suas possibilidades de ingressar em uma universidade pública gratuitamente com o Sisu.

zebras zootecnia

Mercado de trabalho

É possível que você já tenha reparado como o tema do agronegócio tem se destacado nas discussões sobre economia e investimentos do país, mas esse não é um fenômeno recente. A produção agrícola é um ponto forte da economia brasileira há muito tempo, o que aponta para um crescimento — ou ao menos uma estabilização — desse forte mercado nos próximos anos.

A mão de obra qualificada acaba sendo uma necessidade constante para o mercado brasileiro. Além disso, as técnicas e os conhecimentos aprendidos na graduação por aqui são de altíssimo nível tecnológico, possibilitando uma inserção no mercado de trabalho exterior.

Entre as muitas frentes de trabalho para o zootecnista, podemos citar as seguintes:

  • indústrias e empresas ligadas à produção agropecuária;
  • fábricas de suplementos alimentares e rações;
  • órgãos públicos;
  • zoológicos;
  • cooperativas e pequenos negócios agrícolas.

Zootecnia: salário 

Sobre o rendimento de um zootecnista, podemos levantar os seguintes dados: a média salarial de um zootecnista gira em torno dos R$ 2.200, mas vale ressaltar que essa realmente é uma média geral, e que os valores podem oscilar bastante a depender da região do país onde se está trabalhando.

O rendimento médio de um recém-formado pode variar entre R$ 1.500 e R$ 4.500. Aqueles que conquistam um cargo de gestão em setores proeminentes da indústria chegam a receber RS 15 mil.

A Zootecnia é uma área essencial para o abastecimento das necessidades primárias da sociedade. O profissional que trabalha nela é responsável por toda a cadeia de produção que envolve animais domésticos e seus derivados. Além disso, tem como objetivo a preservação da fauna e o bem-estar dos animais na sua interação com os seres humanos.

Essa é uma área composta por conhecimentos da Biologia e também da Administração, trabalhando até mesmo com genética de ponta e produções em larga escala.

Ainda tem dúvidas sobre qual profissão escolher? Dê uma olhada em nosso texto sobre testes vocacionais!

Campanha Always On Cronograma
Você pode gostar também