Chegou seu momento de ir em busca de um trabalho? Pode ser importante receber algumas dicas de entrevista de emprego.

Nesse tipo de situação, muitas pessoas acabam ficando nervosas e deixam as boas oportunidades escapar, principalmente se for o primeiro emprego. A falta de experiência em um mercado tão competitivo pode assustar.

Felizmente, há empresas interessadas em lapidar profissionais com pouca ou nenhuma experiência no currículo. Pensando nisso, separamos algumas orientações para você mandar bem nas entrevistas. Confira!

Entrevista de emprego: dicas

No geral, a principal recomendação para se sair bem em uma entrevista de emprego é colocar a sinceridade acima de tudo.

Quando você tenta exaltar seu perfil ou currículo, indicando características, cursos e experiências que não são verdadeiras, pode ter problemas na contratação.

Por exemplo, podem pedir que você realize uma determinada função que, na realidade, você não entende muito bem. Com isso, o trabalho é prejudicado e pode haver dificuldades em passar pelo período de experiência.

Para que isso não aconteça, é importante seguir algumas dicas com relação ao currículo e às perguntas que podem ser feitas. Vamos falar melhor sobre essas questões a seguir.

Currículo

Se você nunca trabalhou e ainda não saiu do ensino médio, é provável que não tenha muitas coisas para relacionar no seu currículo.

A dica aqui é fazer um modelo de currículo simples, contendo os seguintes dados:

  • nome, endereço, idade, data de nascimento e telefone para contato;
  • e-mail de contato, com um endereço simples e profissional. Cuidado com endereços como “lindinho”, “gatinha” e derivados; procure sempre usar nome, sobrenome e caracteres como números, caso não consiga registrar seu nome completo;
  • escolaridade;
  • experiências com voluntariado.

Alguns cursos técnicos podem ser realizados durante o ensino médio. Caso você já tenha finalizado, invista em cursos de capacitação de rápida duração relacionados à profissão que deseja seguir, como Marketing Digital, fotografia etc.

Eles podem ajudar a conseguir uma oportunidade de estágio ou uma vaga em programas específicos, como Jovem Aprendiz.

Pesquisa do cargo e empresa

Não se candidate para qualquer cargo nem qualquer empresa. É muito importante buscar por uma oportunidade com a qual você se identifique, para que seja mais fácil se adaptar ao cargo, ter um bom desempenho na entrevista e, ao ser contratado, passar pela fase da experiência.

Caso sinta dificuldade em descobrir as carreiras mais adequadas, um teste vocacional pode ajudar. Ele contribui para que você consiga um direcionamento sobre a área de atuação que mais combina com sua personalidade e seus desejos para o futuro.

Assim, com o resultado em mãos, você pode apresentar um melhor desempenho na entrevista e responder às perguntas típicas dos processos seletivos com mais facilidade. 

entrevista de emprego

Linguagem corporal

A maneira como nos comportamos diz muito sobre nosso estado emocional momentâneo. Durante uma entrevista — especialmente para o primeiro emprego —, a tensão é um sentimento comum. Para não deixar que esse problema influencie em seu desempenho, fique atento à linguagem corporal.

Mãos postas em cima do joelho, lábios relaxados e pernas cruzadas podem ajudá-lo a ficar mais confortável durante a entrevista e as possíveis dinâmicas, passando a sensação de segurança ao recrutador

Primeiras impressões

Em uma entrevista de emprego, a primeira impressão é a que fica. Seja pontual, use maquiagem leve. Roupas alinhadas, unhas aparadas e cabelos penteados compõem uma apresentação pessoal adequada.

Não precisa investir em um look social; basta escolher peças do seu guarda-roupa com cores neutras, como preto, cinza e azul marinho.

Principais perguntas: entrevista de emprego

Quando uma empresa convida um candidato para uma entrevista de emprego, ela não está apenas interessada no conhecimento técnico do profissional.

Existe uma preocupação em descobrir se o perfil do candidato combina com a vaga e com a missão e os valores corporativos, chamados de cultura organizacional.

Eligis - teste vocacional e profissional

Para descobrir se o profissional se encaixa na função e se sua personalidade combina com a da empresa, as perguntas que costumam ser realizadas são:

  • aonde você quer chegar nos próximos 5 anos? — pense no seu futuro;
  • por que você se candidatou para essa vaga? — reflita porque você se identifica com a função escolhida;
  • quais são seus pontos fortes? — cuidado com a modéstia! Pense em características apreciadas no trabalho ou na função que vai exercer, como organização e criatividade;
  • você já enfrentou uma situação desafiadora? — se nunca trabalhou, fique tranquilo para responder que ainda não teve essa experiência;
  • por que você está em busca do primeiro emprego? — para ajudar sua família? Adquirir experiência? Iniciar a carreira? A sinceridade deve orientar essa resposta.
  • o que você gosta de fazer nas horas vagas? — não tenha medo de responder que você é fã das séries da Netflix. Aqui, você pode deixar sua personalidade e compatibilidade com a vaga brilhar. Por exemplo, se vai realizar vendas pelo WhatsApp e redes sociais, pode dizer que gosta de acompanhar os influencers nas plataformas.

O que responder sobre os defeitos em uma entrevista de emprego

Pode chegar um momento do processo seletivo em que o recrutador deseja saber quais os defeitos do candidato. É nessa hora que muitas pessoas travam e não sabem o que responder.

A primeira regra para não se comprometer é não mentir, afirmando ser uma pessoa livre de defeitos. Os recrutadores sabem que todas as pessoas têm características que devem ser melhoradas, afinal, lidam com humanos.

Reconhecer os pontos negativos é importante, e sinalizar que você está trabalhando para melhorar pode ser favorável. Por exemplo, você pode indicar ser uma pessoa tímida, mas que está trabalhando para melhorar essa questão na terapia ou lendo alguns livros sobre o assunto.

Atenção: é fundamental que você realmente esteja fazendo isso! Por esse motivo, faça uma reflexão sobre sua personalidade, entenda o que pode prejudicar e comece a trabalhar na melhoria desses aspectos.

Chegamos ao fim das nossas dicas para entrevista de emprego! Esperamos ter ajudado sua carreira profissional.

Investir em um curso de graduação ajuda a conquistar melhores oportunidades. Confira as melhores faculdades onde você pode estudar! 

Campanha Always On Cronograma
Você pode gostar também