Curso que exige do estudante boas habilidades em matemática e em outras áreas das exatas, a Estatística é uma formação de nível superior que atrai a atenção de muitos. Entretanto, engana-se quem acha que essa graduação se limita a cálculos de probabilidade e porcentagem estatísticas.

Isso porque o profissional que se forma nessa área, além de ter boas oportunidades de trabalho como um acadêmico, também pode assumir cargos importantes dentro de uma empresa privada.

Mas você já sabe como é o curso de Estatística, onde estudar e sobre as possibilidades de carreira para esse profissional? Siga acompanhando a leitura e conheça tudo!

O que é estatística?

Estatística é a ciência que utiliza de ferramentas matemáticas (mais precisamente de métodos probabilísticos) para identificar um padrão de frequência/repetição de determinado evento qualquer.

Com isso, é por meio dela que conseguimos fazer modelos de estimativas, previsões de fenômenos e, até mesmo, cálculos que envolvem as chances de falha de processos e produtos.

Curso de Estatística

Com duração média de 4 anos (ou 8 semestres letivos), essa formação é basicamente composta pelo estudo de estatística aplicada, álgebra e programação de computadores.

Grade curricular

A grade curricular do curso de Estatística pode variar conforme a instituição de ensino. Desse modo, tomando como exemplo a graduação oferecida na Universidade Federal de Minas Gerais — UFMG, temos as seguintes disciplinas.

1º Período

  • Descrição e Apresentação de Dados;
  • Iniciação à Estatística;
  • Cálculo Diferencial e Integral I;
  • Geometria Anal. e Álgebra Linear;
  • Oficina de Leitura e Produção de Textos.

2º Período

  • Estatística Geral;
  • Seminários I;
  • Probabilidade I;
  • Cálculo de Várias Variáveis;
  • Programação de computadores;
  • Inglês Instrumental I.

3º Período

  • Estatística Não Paramétrica;
  • Probabilidade II;
  • Pacotes Estatísticos;
  • Álgebra Linear I;
  • Cálculo Numérico;
  • Inglês Instrumental II.

4º Período

  • Amostragem;
  • Análise Regressão;
  • Inferência;
  • Processos Estocásticos.

5º Período

  • Estatística Multivariada;
  • Planejamento de Experimentos;
  • Modelos Lineares Generalizados.

6º Período

  • Laboratório de Estatística I;
  • Métodos Estatísticos de Previsão.

7º Período

  • Seminários II.

8º Período

  • Monografia.

Cabe esclarecer que essas disciplinas se referem apenas à carga horária classificada como obrigatória. Isto é, há também outras matérias (que geralmente são denominadas de eletivas e optativas) que o estudante precisa fazer antes de se formar.

Perfil de estudante exigido

Como já mencionamos anteriormente, é imprescindível que o estudante tenha boas habilidades com matemática e computação em geral, já que, atualmente, grande parte dos estudos estatísticos só são realizados por meio de potentes softwares.

Curso de Especialização em Estatística

Já a Especialização em Estatística pode ser encontrada em várias modalidades, desde pós-graduações (stricto sensu e lato sensu) até cursos de formação livre (aqueles que, geralmente ao final, o profissional recebe apenas um certificado de conclusão).

Assim sendo, enquanto que as especializações comumente são ofertadas pelas universidades (tanto particulares quanto as públicas), os cursos de formação livre podem ser facilmente encontrados em uma rápida pesquisa na internet (por exemplo, plataformas como a Udemy e Preditiva).

Curso de Estatística Experimental

O curso de Estatística Experimental é um exemplo de formação que se enquadra na modalidade de cursos livres, os quais qualquer pessoa pode fazer.

Sendo mais conhecido pelo nome de Análise de Dados, esse curso é muito procurado por profissionais da área da engenharia e economia, os quais lidam diariamente com números e padrões estatísticos.

Dessa forma, esse curso é uma ótima opção para aqueles que procuram aprofundar seus conhecimentos em processamento de dados e ainda melhorar a qualificação profissional.

Curso online de Estatística

Para aqueles que preferem aulas no formato a distância (EaD), o curso de Estatística é encontrado nesse perfil, tanto na modalidade de graduação quanto na formação livre.

Sobre a graduação EaD em Estatística, que também é concluída em 8 semestres, grande parte das universidades que a oferece é particular, com destaque para as universidades Unopar, Anhanguera e Estácio de Sá.

Instituições de ensino

Para você que deseja ser um estatístico, veja quais as principais universidades do país que disponibilizam esse curso:

  • Universidade Federal do Pará;
  • Universidade Federal do Amazonas;
  • Escola Superior de Estatística da Bahia;
  • Universidade Estadual Paulista;
  • Universidade Federal de São Carlos;
  • Universidade de São Paulo;
  • Universidade Federal do Rio Grande do Sul;
  • Universidade Federal da Bahia;
  • Universidade Federal de Pernambuco;
  • Universidade Católica de Pernambuco;
  • Universidade Federal de Sergipe;
  • Universidade Federal do Rio Grande do Norte;
  • Universidade Federal do Ceará;
  • Universidade Federal da Paraíba;
  • Universidade Estadual da Paraíba;
  • Universidade de Brasília;
  • Universidade do Estado do Rio de Janeiro;
  • Universidade Federal do Rio de Janeiro;
  • Universidade Federal do Espírito Santo;
  • Universidade Estadual de Campinas;
  • Universidade Federal de Minas Gerais.

Áreas de atuação

Uma das principais áreas de atuação de um estatístico na indústria ou mercado privados, sem dúvidas, é o controle de qualidade — até porque é o ramo que comumente mais disponibiliza vagas para os profissionais.

Outra área bem conhecida é a de estatística computacional, na qual o estudante se torna um especialista em analisar dados, sendo auxiliado por programas de computadores.

Além dessas duas, também são campos de atuação de um estatístico:

  • análise de confiabilidade;
  • métodos de pesquisa;
  • métodos probabilísticos.

Carreira do profissional 

Após concluir a graduação, o estatístico poderá optar pela carreira acadêmica ou pela iniciativa privada.

Carreira acadêmica

É mais escolhida pelos estudantes que desejam ser pesquisadores/docentes. Nesse caso, o primeiro passo profissional é entrar em uma pós-graduação (mestrado e doutorado) e, posteriormente, fazer um concurso público (para quem deseja ser um servidor público) ou, então, participar de processos de seleção em universidades particulares.

Iniciativa privada

Já para aqueles que optarem pelo mercado privado, os seguintes setores podem apresentar boas opções de trabalho:

  • hospitais e instituições de pesquisa médica;
  • empresas de pesquisa de opinião pública;
  • bancos e instituições financeiras;
  • centros de pesquisa;
  • indústria em geral.

Logo, podemos perceber que o curso de Estatística pode abrir boas oportunidades profissionais para os estudantes, sejam na carreira pública, sejam no mercado de trabalho privado. Por fim, é importante reforçar que essa formação pode ser encontrada tanto no formato presencial quanto no EaD, dando mais chances para aqueles que desejam ser estatísticos.

Gostou de aprender tudo sobre o curso de Estatística? Então, que tal conhecer, também, sobre o curso e a carreira de um engenheiro de computação?

Campanha Always On Cronograma
Você pode gostar também