O mundo fashion encanta a muita gente. Montar looks, inventar roupas e fazer produções de arrasar são algumas das características de quem tem interesse em cursar Design de Moda. Você também está pensando em escolher essa carreira?

Saiba que a área é muito promissora e oferece diversas oportunidades incríveis. Não é apenas de estilistas que se faz esse mercado. Diversos cargos podem ser direcionados aos profissionais que têm graduação em Design de Moda. Quer entender mais sobre o assunto?

Então continue a leitura, pois, neste post, contamos tudo o que você precisa saber sobre o curso e a carreira. Vamos lá?

O que é Design de Moda?

Você pode até não perceber, mas o design está em tudo quanto é produto que consumimos. Se olhar em volta, os móveis, os eletrônicos, os eletrodomésticos e, até mesmo, os carros tiveram um profissional do ramo por trás da imagem desses itens.

Dito isso, o Design de Moda é a criação de tudo o que é relacionado ao vestuário. Desde o desenho do modelo da peça, passando pela escolha dos materiais, produção e marketing. O profissional da área está apto a participar de todos os processos de criação, confecção, divulgação e distribuição de roupas, sapatos e acessórios, como brincos, pulseiras, bolsas, cintos etc.

Sendo assim, o profissional de Design de Moda tem infinitas possibilidades de atuação — o que significa mais oportunidades de trabalho. Aliás, mesmo em tempo de recessão econômica, esse é um mercado que está sempre em alta. Ele pode passar por momentos de menor consumo, mas é um setor que está em constante crescimento.

Curso de Design de Moda

Se você está pensando em trabalhar com moda, saiba que existem duas opções de curso superior em moda: o bacharelado e o tecnólogo. Ambos preparam o aluno para o mercado de trabalho e oferecem disciplinas práticas e teóricas. Mas o que os difere?

Como em outros cursos em que há essas duas alternativas, o bacharelado tende a apresentar um número maior de matérias teóricas — História da Arte e Cultura da Moda são alguns exemplos. Além disso, ele é mais voltado para a formação de estilistas e de gestores do moda. O curso tem duração de 4 anos.

o tecnológico é mais objetivo, tendo mais disciplinas práticas em oficinas e laboratórios. Alguns programas dão ênfase à criação e ao estilismo, enquanto outros são mais focados na indústria da moda e na parte de gestão e processos produtivos. A duração do curso é de 2 anos, e o estágio é obrigatório nas duas modalidades.

Como vimos, tanto o bacharelado quanto o tecnólogo podem ter uma grade voltada para assuntos mais específicos dentro da moda. São eles:

  • estilismo;
  • modelagem;
  • negócios e produção.

Está gostando de como são as opções de curso de Design de Moda? Então confira algumas habilidades que você aprenderá:

  • lidar com máquinas de costura;
  • analisar composições de tecidos;
  • desenhar modelos de peças e moldes;
  • criar e desenvolver coleções de roupas e acessórios;
  • organizar e supervisionar produções de fotos e vídeos;
  • organizar desfiles completos.
Eligis - teste vocacional e profissional

Design de Moda: EAD

A modalidade de ensino a distância é realmente uma possibilidade para quem não pode se deslocar até o campus todos os dias, como nos cursos presenciais. Com ela, o aluno estuda de onde estiver por meio de aulas online e vai até um polo da instituição nas datas marcadas para fazer trabalhos e provas.

Entretanto, nem todos os cursos oferecem o EAD, e esse é o caso de Design de Moda. Isso porque é uma área que exige muitas aulas práticas, o que seria inviável fazer a distância. De qualquer maneira, se você não tem acesso à faculdade para o ensino presencial, existem cursos livres que são online e podem ajudar nessa carreira.

Faculdade de Design de Moda

A faculdade de Design de Moda é recente, se compararmos aos cursos mais tradicionais, como Medicina ou Direito. Por isso, a oferta não é tão grande assim. No Brasil, existem, aproximadamente, 100 instituições que oferecem essa graduação, sendo que a maioria é privada.

Antes de ingressar em uma faculdade, independentemente se o curso é bacharelado ou tecnológico, é fundamental se certificar de que a instituição e o curso são credenciados pelo MEC (Ministério da Educação). Isso porque somente com esse reconhecimento é que o diploma tem validade. Imagine estudar por 2 ou 4 anos para, então, descobrir que não poderá trabalhar na área porque o diploma não é válido. Situação difícil, né?

Mercado de trabalho

Embora o designer de moda seja bastante associado aos estilistas, existem diversos cargos disponíveis para os formados na área. Dá para trabalhar em:

  • criação de peças de vestuário;
  • ateliês de alta costura;
  • pesquisas e estudos sobre tendências de moda;
  • indústria têxtil, acompanhando todos os processos de produção de vestuário, além de tecidos e outros elementos da moda;
  • compras, prestando consultoria para as lojas, o que elas devem ter ou não na coleção;
  • produção de desfiles;
  • personal stylist: ajudando os clientes a criarem uma imagem melhor por meio das roupas.

As vagas para os profissionais de moda estão mais concentradas nas regiões sul, sudeste e nordeste. Isso porque é nessas localidades que se encontram as maiores indústrias têxteis do Brasil.

Design de Moda: salário 

Assim como em qualquer profissão, o salário de um designer de moda pode variar de acordo com a área de atuação, porte da empresa, experiência e localidade. Um recém-formado pode ganhar por volta de R$ 2.300 reais, enquanto alguém com mais anos no mercado chega aos R$ 4.000.

Lembrando que essa é a remuneração média de um profissional do setor. Em empresas de grande porte, o salário varia entre R$ 5.000 e R$ 9.000. Já em grifes famosas, os ganhos podem bater a casa dos R$ 25.000 reais mensais. Nada mal, hein?

Design de Moda é uma área muito visada pelas pessoas que se interessam por tendências e tudo o que envolve esse mundo fashion. O mercado é bem amplo e dá para atuar em diversos setores. Por isso, é uma carreira que pode oferecer oportunidades incríveis!

E aí, já sabe qual curso fazer? Se ainda está em dúvida, que tal experimentar um teste vocacional? Aproveite que está por aqui e veja mais sobre esse assunto!

Você pode gostar também