Os concursos públicos costumam ser ótimas oportunidades de emprego e carreira com estabilidade. Além de matérias gerais, como Português e Matemática e matérias específicas, estudar informática para concursos também é importante. 

Você sabia que em muitos concursos questões de informática costumam valer tanto quanto questões de Matemática ou Português, por exemplo? 

Então, se você não tem muito domínio de informática, está na hora de ver algumas dicas importantes para estudar informática para concursos e se sair bem nas provas. Confira! 

mulher com fone de ouvindo vendo tela do computador: cursos ead

Melhores dicas para estudar informática para concursos

  1. Leia o edital 

A primeira e mais importante ação que todo concurseiro deve fazer é ler o edital do concurso que pretende prestar. 

Muitas pessoas não leem o edital e não sabem como será calculada a pontuação final. Nem como serão as provas. 

Quais são as matérias que valem mais (tendo peso 2, por exemplo) e quais valem menos? Você precisa entregar algum comprovante de escolaridade? Títulos valem pontos? São questões importantes e que podem fazer a diferença! 

Inclusive, essas são questões que podem te animar ou até mesmo te fazer desistir de um concurso, mediante o que consta no edital. 

Portanto, antes de se inscrever para um concurso, veja se você tem as condições descritas no edital (incluindo diplomas) e quais serão as matérias e assuntos abordados na prova. 

Alguns concursos exigem provas práticas. Como você se sairá em uma prova prática? Há, inclusive, concursos que exigem prova física, nas quais você deve correr uma distância fixa em um tempo determinado. 

Nesses casos específicos, é importante que você já seja praticante regular de atividade física, para conseguir no dia desempenhar fisicamente o que necessita e ser aprovado nessa parte do concurso. 

São questões importantes que você precisa refletir antes de se inscrever. 

  1. Toda matéria é importante 

Outro erro que os concurseiros cometem é se dedicar somente às matérias específicas, visto que elas costumam valer mais. E simplesmente se esquecem das chamadas “matérias base”, que podem ter peso 1, mas que fazem a diferença no final. 

De fato, deixar para trás matérias como informática ou Matemática podem te custar preciosos pontos, que farão sua colocação final despencar. 

Dessa forma, encare que toda matéria é importante, independentemente do peso que essa matéria terá na nota final. 

Aqui, vale inclusive um adendo: há concursos que cobram legislações específicas dos locais onde se pretende trabalhar (como prefeituras ou organizações estaduais, por exemplo). Vale a pena ficar de olho inclusive nesses assuntos, para não ser surpreendido (a) na hora da prova. 

  1. Faça um cronograma envolvendo todas as matérias 

Agora que você já sabe o que será cobrado no concurso e da importância de todas as matérias, chegou a hora de montar um cronograma envolvendo tudo isso. 

Lembre-se que se você não tem nenhum conhecimento ou não vem estudando para qualquer concurso, dedicar-se exaustivamente faltando poucos dias para a prova pode não resultar em algo positivo. 

Só vai te deixar exausto e irritado, mas com pouca retenção do que está tentando aprender para o concurso. 

O ideal é você ter algumas semanas, para conseguir se organizar e abranger a maior quantidade possível de matéria a ser estudada, com tranquilidade. 

  1. Resumos são sempre boas ideias 

No caso específico de informática, as questões em concursos costumam abranger códigos em programas específicos (como Word, por exemplo) e questões sobre hardware. 

Se isso te pareceu complicado, por que não procurar, na internet, resumos específicos sobre informática? 

De fato, você conseguirá encontrar facilmente resumos de informática para concursos, abordando programas de edição de texto e de planilhas, como é o caso do Word e do Excel, respectivamente. 

Nesses resumos, os principais comandos já são apresentados e caso no seu concurso haja questões sobre como abrir ou salvar um arquivo, usando somente o teclado, você terá facilidade em responder. 

Estudar informática para concursos não significa que você se tornará um programador ou hacker da noite para o dia, mas ter conhecimento de comandos básicos em programas como Word, Excel e sistemas operacionais como o Windows é essencial. 

  1. Aproveite para aprender na prática 

Não importa se você atualmente está se dedicando a outros cursos, como um curso de francês, por exemplo, certamente em algum período do dia você tem contato com um computador. 

Então, por que não aproveitar esse tempo para aprender na prática? Veja os assuntos dos resumos e execute os comandos sugeridos nos programas, por exemplo. 

Estudos mostram que quando você executa algo que está buscando aprender, as chances de gravar aquele conhecimento são muito maiores do que somente tentar decorar. 

Portanto, quando estiver em seu notebook, em vez de gastar tempo com redes sociais, por que não tentar aprender, na prática, o que você precisa estudar? 

Com essas dicas para estudar informática para concursos, certamente você vai conseguir ter um bom desempenho e assim, conseguir a tão sonhada vaga que almeja!

Você pode gostar também