Graduação não tão conhecida pelos estudantes quanto as outras áreas acadêmicas mais tradicionais, a Fonoaudiologia é um curso de ensino superior voltado especificamente para o estudo do processo de comunicação humana, o qual relaciona os aspectos biológicos do nosso corpo com a questão da linguagem.

Para quem deseja conhecer mais sobre o curso de Fonoaudiologia, bem como as possibilidades de inserção no mercado de trabalho para esse profissional, preparamos um conteúdo abordando tudo sobre essa área. Boa leitura!

Fonoaudiologia: o que é?

Fonoaudiologia é uma ciência da área da saúde que estuda basicamente tudo o que envolve os processos de fala do ser humano.

Entre as ramificações dessa área, podemos destacar o estudo de:

  • questões da linguagem oral;
  • aspectos da linguagem escrita;
  • voz e audição;
  • deglutição, respiração e mastigação.

Fonoaudiologia: curso

Voltado para capacitar o aluno a trabalhar em medidas que promovam a fluência da comunicação humana, o curso de Fonoaudiologia tem as seguintes disciplinas em sua grade curricular (tomamos como exemplo a matriz da UFCSPA):

1º período

  • Anatomia Geral;
  • Citologia – Histologia e Embriologia;
  • Psicologia Geral;
  • Informação e Saúde;
  • Saúde Pública e Epidemiologia;
  • Introdução à Linguística;
  • Leitura e Interpretação Textual em Língua Inglesa I;
  • Introdução à Fonoaudiologia;
  • Neuroanatomia Fundamental.

2º período

  • Fisiologia e Biofísica;
  • Genética Aplicada à Fonoaudiologia;
  • Metodologia Científica;
  • Fonética e Fonologia;
  • Saúde Coletiva na Fonoaudiologia;
  • Ética e Bioética;
  • Leitura e Interpretação Textual em Língua Inglesa II;
  • Morfofisiologia do Sistema Estomatognático.

3º período

  • Neurofisiologia da Fala e da Linguagem;
  • Patologia Geral;
  • Otorrinolaringologia Aplicada à Fonoaudiologia;
  • Neuropsicologia;
  • Ortodontia Aplicada;
  • Libras I;
  • Motricidade Orofacial;
  • Aquisição de Linguagem;
  • Física Acústica aplicada à Fonoaudiologia;
  • Bioestatística.

4º período

  • Neurologia Aplicada;
  • Pediatria Aplicada;
  • Transtornos da Fluência;
  • Audiologia Educacional;
  • Psicologia Social e Saúde;
  • Patologia e Avaliação da Voz;
  • Libras II;
  • Avaliação e Terapia Fonológica;
  • Audiologia I.

5º período

  • Patologias da Linguagem I;
  • Clínica Fonoaudiológica Observacional;
  • Fonoaudiologia Institucional;
  • Projeto de Atuação em Saúde Coletiva;
  • Audiologia Infantil;
  • Fonoterapia da Voz;
  • Transtornos da Fluência;
  • Introdução à Prática Hospitalar;
  • Estágio Supervisionado em Audiologia I.

6º período

  • Técnicas de Aprimoramento da Produção Vocal;
  • Geriatria e Gerontologia para Fonoaudiologia;
  • Prótese Auditiva;
  • Eletrofisiologia da Audição;
  • Patologias da Linguagem II;
  • Vestibulometria.

7º período

  • Projeto de TCC;
  • Estágio Supervisionado em Motricidade Orofacial I;
  • Estágio Supervisionado em Fonoaudiologia Hospitalar I;
  • Estágio Supervisionado em Linguagem Infantil I;
  • Estágio Supervisionado em Linguagem para Adulto I;
  • Estágio Supervisionado em Saúde Coletiva I;
  • Estágio Supervisionado em Atendimento Fonoaudiológico para Grupos I;
  • Estágio Supervisionado em Voz I;
  • Estágio Supervisionado em Audiologia II.

8º período

  • Trabalho de Conclusão de Curso;
  • Estágio Supervisionado em Motricidade Orofacial II;
  • Estágio Supervisionado em Fonoaudiologia Hospitalar II;
  • Estágio Supervisionado em Linguagem Infantil II;
  • Estágio Supervisionado em Linguagem para Adulto II;
  • Estágio Supervisionado em Saúde Coletiva II;
  • Estágio Supervisionado em Atendimento Fonoaudiológico para Grupos II;
  • Estágio Supervisionado em Voz;
  • Estágio Supervisionado em Audiologia III.

Cabe destacar também que geralmente esse curso é concluído em 4 anos (ou 8 semestres letivos corridos), porém, caso o aluno tenha um bom desempenho acadêmico, é possível finalizar o curso em um menor prazo, como em 3 anos e meio, por exemplo.

Eligis - teste vocacional e profissional

Fonoaudiologia: faculdade

O curso de Fonoaudiologia pode ser encontrado tanto em universidades particulares, quanto em instituições públicas de ensino. Confira abaixo as principais universidades brasileiras que oferecem esse curso:

  • Universidade Federal de Minas Gerais — UFMG;
  • Universidade de São Paulo — USP;
  • Universidade Federal do Rio de Janeiro — UFRJ;
  • Universidade Federal da Bahia — UFBA;
  • Universidade Federal do Paraná — UFPR;
  • Universidade Federal do Rio Grande do Sul — UFRGS;
  • Universidade Federal Fluminense — UFF;
  • Universidade Federal de Sergipe —- UFS;
  • Universidade Federal da Paraíba — UFPA;
  • Pontifícia Universidade Católica de Minas Gerais — PUC Minas;
  • Pontifícia Universidade Católica de São Paulo — PUC-SP.

Fonoaudiologia: nota de corte

Para os estudantes que gostam desse curso e desejam entrar para uma boa universidade, a realização do Enem é fundamental, já que é por meio do Sistema de Seleção Unificada (Sisu) que os candidatos são selecionados para preencher as vagas das principais faculdades do Brasil.

Sendo assim, confira abaixo a nota de corte do curso de Fonoaudiologia ampla concorrência do ano de 2019:

  • Universidade Estadual do Centro-Oeste – 652 pontos;
  • Universidade Federal de Sergipe – 659 pontos;
  • Universidade Federal de Santa Maria – 665 pontos;
  • Universidade Federal do Rio Grande Do Norte – 665 pontos;
  • Universidade Federal da Paraíba – 666 pontos;
  • Universidade Federal de Sergipe – 679 pontos;
  • Universidade de Brasília – 685 pontos;
  • Universidade Federal da Bahia – 688 pontos;
  • Universidade Federal Fluminense – 695 pontos;
  • Universidade Federal de Minas Gerais – 706 pontos;
  • Universidade de São Paulo – 753 pontos.

Fonoaudiologia infantil

A Fonoaudiologia infantil é uma das áreas mais visadas entre os fonoaudiólogos, já que comumente é a que oferece mais postos de trabalho.

O profissional que atua nesse ramo auxilia a criança/adolescente no processo de desenvolvimento/descoberta da fala, sendo assim fundamental para a prevenção de distúrbios de linguagem (tanto oral quanto escrita), refletindo de forma positiva no processo de aprendizado e ensino infantil.

Fonoaudiologia hospitalar

Já o fonoaudiólogo hospitalar é o profissional que se dedica a tratar de pacientes que têm algum tipo de alteração neurofuncional que os impeça de se comunicar com qualidade. Além disso, é nesse ramo que são tratadas as pessoas que por algum motivo (geralmente por doenças crônicas ou em decorrência de acidentes) desenvolvem alterações no sistema auditivo, na deglutição e na motricidade orofacial.

Fonoaudiologia EAD

Há também a possibilidade de o estudante se graduar em Fonoaudiologia por meio de ensino a distância (EAD). Contudo, ao contrário do que muitos alunos imaginam, esse tipo de formação não é 100% online, já que existem disciplinas laboratoriais, as quais o ensino presencial é necessário.

Desta forma, para termos uma ideia, geralmente 90% da grade curricular EAD de Fonoaudiologia é dada de maneira online, e, os 10% restantes são distribuídos em atividades presenciais.

Mercado de trabalho

+

O mercado de trabalho para os profissionais fonoaudiólogos é bem diversificado, isso porque eles estão aptos a trabalhar com:

  • tratamento de pessoas com problemas de comunicação em hospitais da rede pública;
  • melhoria na educação e nos processos de aprendizagem da criança e do adolescente a partir dos tipos de linguagem;
  • clínicas fonoaudiólogas privadas;
  • equipes de música, principalmente na preparação da voz de cantores;
  • próprio negócio, sendo autônomo e abrindo sua clínica para consultas.

Fonoaudiologia: salário

É muito relativo fixar um salário para o profissional dessa área, até porque há vários quesitos que interferem na remuneração (experiência da pessoa, porte da empresa, custo de vida da cidade etc.).

Contudo, para termos uma ideia, um recém formado em Fonoaudiologia pode receber até R$ 2.400,00, já um profissional com mais anos de carreira pode alcançar uma remuneração por volta de R$ 6.500,00

Portanto, percebemos que a Fonoaudiologia é uma ciência importantíssima para o estudo da comunicação humana, tendo assim relação direta com as variadas formas de linguagem. Além disso, cabe enfatizar também que essa é uma área que cobra do estudante bons conhecimentos de Biologia humana, isto é, se você deseja ser um bom profissional da fonoaudiologia, é indispensável gostar de anatomia.

Vai prestar vestibular este ano mas ainda não sabe qual curso escolher? Então confira nosso post sobre Você já sabe qual curso quer fazer e descubra qual é o seu perfil de estudante!

Campanha Always On Cronograma
Você pode gostar também