Formação voltada essencialmente para quem deseja ingressar no mercado de trabalho privado, a graduação em Secretariado Executivo é uma área que é relativamente nova e conhecida de verdade por pouquíssimos vestibulandos.

Neste contexto, com o intuito de esclarecer sobre o que é secretariado executivo, bem como as características desse curso e as possibilidades de carreira, preparamos um conteúdo bem didático e de simples leitura. Acompanhe!

O que é secretariado executivo?

O executivo é aquele profissional que ocupa um cargo de alta hierarquia dentro de uma empresa privada, que inclusive pode até incluir a diretoria geral.

Já o secretariado executivo, como o próprio nome nos sugere, é o funcionário encarregado de assessorar e dar suporte para o executivo, atuando como um profissional que resolve grande parte das demandas infraestruturais e de secretaria que afetam a rotina de trabalho dos executivos.

Curso de Secretariado Executivo

Sendo mais comum de ser encontrado nas universidades particulares, esse curso de graduação normalmente é concluído em 4 anos de estudos (ou 8 semestres letivos).

Grade curricular

A distribuição das matérias do curso de Secretariado Executivo vai variar conforme a faculdade. Desse modo, considerando a grade curricular do curso de Secretariado Executivo na Universidade Paulista (Unip), temos as seguintes disciplinas:

  • Antropologia e Cultura Brasileira;
  • Aplicativos;
  • Atividades Complementares;
  • Atividades Práticas Supervisionadas;
  • Automação de Escritórios;
  • Ciências Sociais;
  • Compreensão Oral da Língua Espanhola;
  • Comunicação e Expressão;
  • Consultoria Organizacional;
  • Direitos Humanos;
  • Elaboração e Análises de Projetos;
  • Estágio Curricular;
  • Estudos Disciplinares;
  • Evolução do Pensamento Administrativo;
  • Gestão de Marketing;
  • Gestão Secretarial;
  • História do Pensamento Filosófico;
  • Homem e Sociedade;
  • Inglês Instrumental;
  • Interpretação e Produção de Textos;
  • Língua Brasileira de Sinais;
  • Língua Espanhola: Significado e Uso;
  • Língua Inglesa: Aspectos Discursivos;
  • Língua Inglesa: Compreensão e Produção de Textos;
  • Língua Inglesa: Gramática e Aplicação;
  • Língua Inglesa: Habilitação Linguística;
  • Língua Portuguesa: Prática Redacional;
  • Metodologia do Trabalho Acadêmico;
  • Métodos de Pesquisa;
  • Noções Contábeis;
  • Noções de Estatística;
  • Orientação de Estágio Supervisionado I;
  • Orientação de Estágio Supervisionado II;
  • Planejamento e Organização de Eventos;
  • Produção Textual em Língua Portuguesa;
  • Profissão e Legislação Secretarial;
  • Projeto de Pesquisa Aplicada;
  • Redação Empresarial em Língua Portuguesa;
  • Relações Étnico-Raciais e Afrodescendência;
  • Relações Internacionais na América Latina;
  • Secretariado Integrado;
  • Secretariado Interdisciplinar;
  • Técnicas Secretariais;
  • Teorias e Técnicas de Comunicação;
  • Tópicos de Atuação Profissional – Secretariado Executivo.

Vale lembrar-se de que todas essas disciplinas fazem parte da carga horária de estudos das matérias obrigatórias. Ou seja, existem, ainda, as matérias optativas e eletivas, as quais o próprio estudante é responsável por escolher a cada semestre.

Eligis - teste vocacional e profissional

Secretariado Executivo EaD

Além do formato tradicional presencial, essa graduação pode ser encontrada na modalidade de ensino a distância, que é bem vantajosa para os estudantes que residem em áreas mais interioranas.

Como exemplos de instituições que oferecem Secretariado Executivo EaD, temos o Centro Universitário Internacional (Uninter) e a Universidade Claretiano.

Secretariado executivo: o que faz?

secretária executiva

São várias as tarefas desempenhadas pelo secretário executivo dentro de uma empresa, as principais são:

  • ser criativo e perspicaz para contornar problemas inesperados;
  • cuidar da agenda de compromissos dos executivos;
  • organizar as questões que envolvem a logística e a infraestrutura de eventos empresariais;
  • coordenar e gerenciar o fluxo de informações dentro da empresa, fazendo a comunicação do executivo para com os funcionários da hierarquia;
  • redigir e arquivar documentos, principalmente atas de reuniões;
  • representar, em algumas situações, a equipe de trabalho;
  • realizar atendimentos aos clientes;
  • planejar apresentações (tanto internas quanto para clientes) com a exposição de projetos.

Percebemos, assim, que grande parte das atividades do secretariado executivo refere-se a serviços administrativos e de gestão. Ou seja, trata-se de um ramo que exige boas habilidades nas área gerenciais.

Perfil do profissional

Além de ter que gostar de serviços administrativos em geral, vale destacarmos duas habilidades que são classificadas como cruciais na carreira de um secretário executivo.

Falar inglês

O domínio da língua inglesa, atualmente, é pré-requisito em vários processos de seleção, inclusive naqueles que designam vagas de secretários executivos com as melhores remunerações.

Dessa forma, têm boas chances no mercado de trabalho os profissionais que falam e escrevem em inglês, até porque os grandes executivos costumam ter demandas internacionais, que acabam exigindo do seu secretário ser bilíngue.

Ter facilidade com a comunicação

É praticamente impossível imaginar um profissional dessa área que apresente dificuldades de se expressar. Isso porque a sua rotina de trabalho é cercada de diálogos e troca de informações em um ritmo bem acelerado.

Um ponto que merece ser detalhado neste quesito é que ouvir também faz parte do processo de comunicação. Em outras palavras, é fundamental saber os momentos de ser apenas um ouvinte na conversa.

Faculdade: Secretariado Executivo

Como já mencionamos anteriormente, as principais universidades que oferecem essa graduação são particulares, tais como:

  • Universidade Claretiano — Claretiano;
  • Universidade Paulista — Unip;
  • Centro Universitário Internacional — Uninter;
  • Universidade Anhembi Morumbi — Anhembi.

Mercado de trabalho

As melhores oportunidades de trabalho nessa área são encontradas nas grandes corporações e empresas multinacionais, com destaque para aquelas que atuam nos setores de tecnologia da informação e de investimentos, já que esses ramos foram pouco afetados com a pandemia de Covid-19.

Carreira do profissional 

Em relação às possibilidades de carreira, normalmente os secretários executivos ingressam nas empresas como funcionários e, depois de alguns anos de experiência, passam a trabalhar com a prestação de serviços de consultorias, abrindo, assim, o seu próprio negócio.

Portanto, seja qual for o ramo da empresa, a necessidade de um profissional com a formação em Secretariado Executivo compondo a equipe de trabalho e assessorando os executivos tem o seu valor. Cabe enfatizarmos ainda que é essencial o profissional desse setor desenvolver as suas habilidade de comunicação e buscar dominar outras línguas, principalmente a inglesa.

Este post, detalhando mais acerca do secretariado executivo, foi interessante para você? Então aproveite e conheça 7 livros para futuros líderes!

Você pode gostar também