O curso Técnico em Farmácia prepara o profissional para atuar em farmácias convencionais e de manipulação, laboratórios, clínicas e hospitais, no controle e monitoramento de produtos farmacêuticos e hospitalares.

Manusear medicamentos e substâncias para manipulação de fórmulas, controlar a entrada e saída de medicamentos do estoque, distribuir e dosar as medicações de forma correta são algumas das atribuições da função. Na parte administrativa, o técnico pode elaborar documentos e realizar inventários.

Quer saber mais sobre o curso e a profissão? Acompanhe a leitura!

O curso Técnico em Farmácia

Ao realizar o Técnico em Farmácia, o profissional garante os conhecimentos necessários para atuar na área da saúde, considerando tudo o que envolve o uso, a distribuição e o armazenamento dos medicamentos.

As principais diferenças entre o curso Técnico em Farmácia e o superior em Farmácia é que o primeiro é de curta duração. Dependendo da instituição, pode levar de 1 a 3 anos. Já o bacharelado dura, em média, 5 anos.

O bacharelado também permite que o profissional trabalhe diretamente na elaboração de medicamentos e produtos cosméticos, realize análises clínicas, emita laudos e pareceres técnicos.

Já o técnico não tem as mesmas responsabilidades, mas é o profissional mais indicado para apoiar o farmacêutico nessas questões.

Além disso, é permitido a ele orientar os clientes nos balcões de drogarias e farmácias sobre o uso correto dos medicamentos e a sua conservação.

Para que esse conhecimento seja adquirido, a grade curricular foca na aquisição das seguintes habilidades:

  • capacitar o aluno para fornecer medicamentos, em farmácias, drogarias, hospitais, clínicas e nas unidades de dispensação do SUS;
  • capacitar o estudante para prestar assistência em casos de emergência e primeiros-socorros;
  • capacitar o profissional para a realização de operações farmacotécnicas na manipulação e produção de medicamentos e cosméticos na forma líquida, sólida e semissólida;
  • compartilhar o conhecimento necessário para que o estudante possa atuar profissionalmente em programas de controle de qualidade e realizar os devidos testes que garantam a segurança dos produtos;
  • conceder o conhecimento necessário para que o profissional possa envolver-se na organização e promoção de ações a favor da saúde;
  • promover o conhecimento necessário para atuação na logística e no controle do estoque de medicamentos, cosméticos e demais produtos relacionados à área da saúde, beleza, higiene pessoal e afins;
  • promover o conhecimento necessário para comercialização e orientação no uso de produtos de higiene pessoal, perfumaria e cosméticos.

Técnico em Farmácia: preço

A mensalidade do curso de Técnico em Farmácia na rede particular de ensino pode chegar aos R$500,00, a depender da grade curricular, do que é oferecido pelo programa, da duração e da modalidade do programa.

técnico em farmácia

Técnico em Farmácia a distância

O curso Técnico em Farmácia é oferecido nas modalidades presencial, semipresencial ou EAD.

Onde estudar?

Entre as três modalidades citadas anteriormente, há cursos Técnicos em Farmácia no Brasil inteiro. Separamos algumas possibilidades, de acordo com as capitais brasileiras:

  • Belém — SIEPA Educação Profissional;
  • Brasília — Residência Educação;
  • Curitiba — Future Sistema de Ensino;
  • Fortaleza — Colégio Elite;
  • Maceió — Escola Santa Juliana e Nova Dimensão;
  • Porto Alegre — Escola Técnica Cristo Redentor;
  • Recife — Educar Cursos Técnicos e Profissionalizantes;
  • Rio de Janeiro — SENAC;
  • Salvador — Instituto do Conhecimento da Bahia (ICB);
  • São Paulo — Colégio Práxis, Método Centro de Ensino Técnico, Uninove;
  • Teresinha — Franca Escola Técnica (FET).

Técnico em farmácia: salário

Um levantamento do portal Salário identificou que a carga horária semanal média dos profissionais formados em técnico de farmácia é de 39 horas diárias e disponibiliza um quadro com a média salarial de acordo com a área de atuação:

  • atividade médica ambulatorial com recursos para realização de exames complementares — R$ 2.281,26;          
  • atividade médica ambulatorial restrita a consultas — R$ 1.773,74;
  • atividades de apoio à gestão de saúde — R$ 1.542,24;
  • atividades de associações de defesa de direitos sociais — R$ 1.961,83;
  • atividades de atenção ambulatorial — R$ 2.831,02;
  • atividades de atendimento em pronto-socorro e unidades hospitalares para atendimento a urgências — R$ 1.458,12;
  • atividades de atendimento hospitalar — R$ 1.631,06;    
  • comércio varejista de produtos farmacêuticos, com manipulação de fórmulas — R$ 1.596,56;
  • comércio varejista de produtos farmacêuticos, sem manipulação de fórmulas — R$ 1.866,77;
  • outras atividades de atenção à saúde humana — R$ 2.556,56.
Eligis - teste vocacional e profissional

Já o portal de empregos Vagas revela que, no geral, esses profissionais ganham um salário médio de R$ 2.100,00. Após atuar como técnico em farmácia, cerca de 8% dos profissionais contratados investem no bacharelado em Farmácia, aumentando seu salário para uma média de R$ 3.407,00.

Os valores pagos aos técnicos de farmácia também podem variar de acordo com a jornada e o trabalho realizado.

Adicional noturno

A Consolidação das Leis do Trabalho (CLT) considera como trabalho noturno aquele que é desempenhado entre as 22h e 5h da manhã seguinte.

Por ser considerada mais desgastante que a jornada diurna, a hora trabalhada é calculada a cada 52 minutos e 30 segundos.

Nessa jornada, o trabalhador deve receber um adicional de 20% do valor da hora trabalhada.

Insalubridade e periculosidade

A legislação trabalhista protege os profissionais que executam funções insalubres ou perigosas, sendo que:

  • são consideradas como perigosas as atividades que promovem o contato do profissional com substâncias inflamáveis, explosivas, radioativas e energia elétrica, oferecendo risco ao trabalhador;
  • são consideradas insalubres as atividades desenvolvidas acima dos limites de tolerância estabelecidos pela NR 15.

A perícia médica ou da engenharia do trabalho deve fazer uma análise das atividades do técnico em farmácia, identificando se são insalubres ou perigosas. Após o laudo, o profissional pode receber um adicional de 10%, 20% ou de 40% sobre o salário bruto.

Mercado de trabalho

Os portais de emprego citados aqui afirmam que a cidade com mais ocorrências de vagas e contratações para os profissionais de técnico em farmácia é São Paulo, capital.

Em 2020, o Brasil apresentou uma ascensão no número de contratações de técnicos em farmácia. De janeiro a junho, houve um aumento de mais de 20% na média das contratações, com registro em carteira e regime integral de trabalho.

O curso Técnico em Farmácia é uma ótima pedida para aqueles que desejam construir uma carreira na área da saúde. A formação rápida e consistente permite a atuação profissional enquanto se prepara para aprimorar o conhecimento por meio do bacharelado.

Aproveite, também, para descobrir quanto ganha um farmacêutico!

Campanha Always On Cronograma
Você pode gostar também