O perfil profissional é uma síntese sobre a sua carreira. Ele ajuda o recrutador a identificar se as suas habilidades estão de acordo com a exigência da vaga. Nele, você deve incluir os pontos mais importantes da sua trajetória. 

Neste artigo, você vai aprender quais são as informações que não podem faltar nesse tópico importante do currículo. Provavelmente, após a leitura deste texto, será mais fácil desenvolver o seu perfil.

Quer se destacar em um processo seletivo? 

Então, não perca mais tempo e descubra agora mesmo várias dicas para descrever de forma correta seu perfil profissional.

Vamos lá? 

1- Adicione as habilidades profissionais 

Em um currículo, o profissional não pode deixar de mencionar quais são as suas principais habilidades. Por meio dessas informações, o RH da empresa consegue entender melhor se o candidato está de acordo com as necessidades da vaga.

Você pode incluir, por exemplo, que é especialista em gestão de projetos e possui um grande poder de organização, especialmente em tarefas complexas. 

Existem ainda outros tipos de habilidade que são valorizadas pelas empresas: capacidades de análise, raciocínio, escrita; inovação; atendimento ao cliente; empatia; resiliência; espírito de dono e inovação, além das habilidades interpessoais. 

2- Indique qual é o seu nível de conhecimento 

Geralmente, o mercado de trabalho identifica o profissional de três formas: júnior, pleno e sênior. No primeiro grupo, encontram-se os recém formados. Já o pleno tem entre seis a nove anos de experiência, além de se destacar com pós-graduação no currículo. Por fim, o sênior é aquele candidato que tem o perfil de gestor e líder de equipe. 

Antes de se inscrever em uma vaga, você deve entender qual é o tipo de profissional que está sendo solicitado pela empresa. Se o seu nível for pleno, informe conhecimentos intermediários nas ferramentas e nas técnicas que são exigidas pelo recrutador. 

Você pode incluir qual é o seu nível em algum idioma, se tem conhecimento em metodologias ágeis, como é a familiaridade com ferramentas tecnológicas, entre outros. 

3- Valorize as suas conquistas anteriores 

Para se destacar em um processo seletivo, o profissional deve mostrar quais foram as suas maiores conquistas em empresas anteriores. Vale projetos, eventos ou produtos que ajudou a construir na empresa e até pequenas tarefas que trouxeram um impacto positivo para a organização. 

Aqui, você deve mostrar para o recrutador de que forma as suas habilidades e conhecimentos trazem resultados para a empresa.  

Eligis - teste vocacional e profissional

4- Destaque qual é a sua disponibilidade 

A disponibilidade é um item que não pode ser ignorado em um perfil profissional. Você deve informar quais são os horários que têm disponível e se pode iniciar as atividades de forma imediata. 

Em algumas empresas, o colaborador desenvolve as suas tarefas não só na sede da companhia, mas também em outras cidades. Nesses casos, indique para o recrutador se está disponível para fazer viagens a trabalho. Uma informação falsa pode prejudicar seu desempenho e até a continuidade na empresa. Por isso, seja verdadeiro. 

Outra dica interessante é adicionar no currículo se está disposto a mudar de cidade, estado ou país, caso seja uma necessidade da organização. Essas informações são essenciais na hora de definir qual é o melhor profissional para a vaga. 

5- Use as palavras corretas 

Vamos finalizar as nossas dicas falando sobre a importância de utilizar palavras corretas. Para brilhar os olhos do recrutador, recomendamos incluir somente informações que são relevantes para a vaga. Caso contrário, não terá sucesso durante a etapa de avaliação. 

O uso das palavras corretas pode ajudá-lo durante o momento de triagem de currículo. Portanto, não faça o mesmo perfil profissional para todas as vagas. O mais indicado é estudar o que está sendo solicitado por cada empresa. Assim, você consegue ajustar a experiência de acordo com as necessidades da empresa. 

Para surpreender o recrutador, recomendamos não utilizar aquelas frases clichês, como “adoro trabalhar em equipe”. Seja verdadeiro e criativo. O profissional que mistura essas duas características no currículo tem mais chance de conseguir a tão sonhada vaga. 

Na hora de escrever o seu perfil no currículo, evite focar somente nas experiências profissionais. Outros fatores ajudam a destacar o candidato, como habilidades, competências e conhecimentos. 

Após descobrir quais são as melhores dicas para descrever de forma correta seu perfil profissional, siga-nos nas redes sociais e conheça outras orientações que podem influenciar no sucesso da sua carreira. 

Você pode gostar também