Você já ouviu o termo“ikigai” em algum momento da sua vida? No mundo todo, essa palavra tem inspirado muitas pessoas na busca pelo seu propósito de vida. A ideia surgiu no Japão e se tornou bem popular nos últimos anos, passando a ser pauta de inúmeros estudos e de diferentes livros.

São conteúdos que evidenciam a relevância das questões existenciais para a felicidade e para o sucesso de cada pessoa, seja na vida pessoal, seja na vida profissional.

Por isso, os estudiosos indicam o autoconhecimento e a identificação da missão, paixão, vocação e profissão. Ficou curioso e quer saber mais sobre o conceito? Continue a leitura!

O que é ikigai?

Esse termo pode ser entendido como “motivo que faz você acordar todos os dias” ou “razão de viver”. O ikigai é um conceito que reúne em apenas 6 letras tudo o que vai proporcionar o prazer de viver a vida. Sabia que é possível realizar um teste Ikigai?

No entanto, para conseguir esse impulso diariamente, é imprescindível que você faça um exercício de autoconhecimento, buscando dentro de si todos os seus desejos, sendo sincero com as expectativas que tem e identificando seus dons.

Como acontece em todo processo de autoconhecimento, é fundamental e necessário que você tenha sinceridade e muita paciência. Assim, vai conseguir responder às perguntas que esse exercício fará para encontrar seu ikigai.

Eligis - teste vocacional e profissional

Como surgiu o ikigai?

Esse conceito já era conhecido entre os japoneses, no entanto, foi em 2010 que as práticas relacionadas a ele foram idealizadas. Sendo assim, é possível afirmar que as técnicas foram originadas nessa década por meio da observação feita por um grupo de ilhas de Okinawa, no sul do Japão.

Okinawa, uma prefeitura do Japão formada por mais de 150 ilhas no Mar da China Oriental, é conhecida como “terra dos imortais”. Ela se tornou muito conhecida devido ao seu vilarejo Ogimi, que tem a população com idade mais avançada do mundo todo.

Foi exatamente nessas ilhas que um termo chamou a atenção: ikigai. De acordo com uma reportagem da BBC, dois pesquisadores decidiram ir até Okinawa para entender e estudar a razão de toda essa longevidade dos moradores de lá, já que muitos têm acima de 100 anos de idade.

Perceberam, então, que eles vivem uma vida bastante simples, com uma alimentação bem natural, com legumes, verduras e muitas frutas. É um povoado que desfruta da velhice de forma saudável, e que dificilmente há pessoas doentes ou acamadas.

Os pesquisadores perceberam que essas pessoas vivem em comunidades, tendo muito contato com os vizinhos, com muita afetividade e acolhimento. Como viram que os idosos são completamente felizes e motivados, decidiram entender as razões para isso, e foi aí que, na maioria das respostas, ouviram o termo “ikigai”.

Como preencher seu ikigai?

Os estudiosos, buscando deixar a identificação do ikigai mais fácil, acabaram criando uma mandala. Assim, quando preenchida corretamente, ela revela os propósitos da vida. Bem no centro da figura fica o ikigai, na intersecção entre quatros elementos:

ikigai

Logo, você pode encontrar o sentido em algo que os une.

Dividimos os elementos em seções para que você entenda melhor o que deve responder. Confira:

  • primeira seção: você precisa encontrar o que tem paixão em fazer, é aqui que reside sua motivação mais profunda. Faça as seguintes perguntas para si mesmo: o que eu amo? Qual é a minha paixão? Tente pensar no que você gostaria de fazer se não precisasse de dinheiro;
  • segunda seção: pense naquilo que você pode fazer bem-feito. É importante, aqui, se aproximar da sua vocação de forma bem prática. Pergunte-se: no que eu sou realmente bom? O que eu sei que posso fazer bem? Quais são meus pontos fontes? O que as pessoas valorizam em mim?
  • terceira seção: pense no que você pode ser pago para fazer. Onde você poderia trabalhar? Pergunte-se sobre qual profissão gostaria de exercer que esteja dentro da sua personalidade e alinhada com suas expectativas. Procure pensar na maior quantidade de trilhas que você pode seguir;
  • quarta seção: aqui você precisa tentar responder à pergunta: “De que o mundo precisa?”. É fundamental tentar descobrir sua missão aqui na Terra, ou seja, pensando sempre no que você consegue conquistar que vai ajudar aos outros e deixar o mundo um pouco melhor. Pode acreditar: todos guardam isso dentro de si.

É importante deixar claro que algumas dessas respostas podem, sim, se sobrepor na mandala, e isso não é nenhum problema. O ideal é que você seja honesto, pois não existem respostas erradas ou certas.

Encontre o que está no centro de tudo isso. É sua razão de ser, seu ikigai. Mantenha-se bem tranquilo ao fazer sua busca. Jamais tenha a pressão de encontrar a resposta perfeita agora.

Ikigai: livro

Um livro muito importante, escrito por Ken Mogi, é Ikigai: os cinco passos para encontrar seu propósito de vida e ser mais feliz. É um livro que passa o seguinte aprendizado: não é importante somente viver por um tempo longo nesta vida, mas sim saber o que realmente fazer com ela e aproveitá-la ao máximo.

Um livro que afirma que não há uma fórmula para se tornar bem sucedido, mas que, por meio de mudanças de rotinas e de hábitos, você consegue ver as situações diárias com muito mais gratidão, trazendo significados diferentes para o que você já conquistou hoje.

O autor apresenta 5 passos para ter uma vida feliz. São eles:

  • comece bem pequeno;
  • tente se libertar;
  • tenha sustentabilidade e harmonia;
  • fique feliz com as pequenas coisas;
  • esteja presente no agora e no aqui.

Algo muito interessante é que, nessa parte do livro, você encontra exemplos do Japão a respeito de cada passo. Logo, você tem duas vantagens ao ler o livro: entende mais a fundo sobre o ikigai e conhece mais sobre a cultura japonesa.

Outro livro muito importante que não poderíamos deixar de mencionar é Ikigai: os segredos dos japoneses para uma vida longa e feliz, de Héctor García e Francesc Miralles.

Você deseja mudar seus hábitos rotineiros para ter uma vida feliz e duradoura? Então, tem que conhecer esse livro. Nele, você acompanha os detalhes da vida das pessoas que moram em Okinawa, assim tem a oportunidade de entender como eles conseguem viver por diversos anos de forma tão leve, com tanto significado e felicidade.

Os autores discutem bastante sobre a filosofia do ikigai, a dieta ikigai, os segredos do antienvelhecimento e muitos outros assuntos ligados ao ikigai. Você vai descobrir quais são as rotinas e os hábitos que mantêm em dia a saúde do corpo, da mente e do espírito da população de lá. É um verdadeiro e completo guia que ajuda a responder perguntas como:

  • Você conhece seu ikigai?
  • O que você está fazendo para que a sua vida realmente valha a pena?
  • O que faz a sua vida valer a pena?
  • O que consegue te preencher internamente? Qual é o real sentido da vida?

Por fim, Não poderíamos deixar de dar valiosas para completar seu aprendizado sobre o ikigai. Confira, a seguir, como você pode se aproximar dele:

  • tente desacelerar;
  • procure investir mais no seu autoconhecimento;
  • tenha uma dieta balanceada;
  • lembre-se, todos os dias, dos motivos de agradecer;
  • pratique atividade física constantemente;
  • viva o momento presente;
  • procure se concentrar no que está fazendo, quando estiver realizando uma tarefa;
  • valorize as pessoas que dão apoio a você, como familiares e amigos.
  • faça aquilo que você gosta de fazer.

É importante deixar claro que o ikigai pode mudar com o passar do tempo, afinal, a beleza da vida são simplesmente as mudanças que acontecem. Caso você descubra um propósito de vida, que vai motivar você a correr atrás do seu objetivo, pode ser que daqui alguns anos você note que suas motivações são outras.

Portanto, é importante estar sempre respondendo aos questionamentos para encontrar seu novo ikigai. Lembre-se de que o importante é que você viva feliz e muito bem!

Gostou do texto? Quer continuar aprendendo conosco? Então aproveite a visita em nosso blog para conhecer mais dicas de livros de autoconhecimento agora mesmo!

Você pode gostar também