Cargo que é bastante popular e está diretamente ligado com a gestão de dinheiro e crédito financeiro, o bancário desempenha atividades que atualmente são classificadas como essenciais para qualquer sociedade.

Contudo, mesmo sendo uma ocupação amplamente conhecida, nem sempre as pessoas sabem com exatidão o que faz um bancário, que curso fazer para trabalhar em banco, quais são as possibilidades de áreasde atuação e o que é preciso fazer para se tornar um.

Preparamos a seguir um conteúdo explicando os principais pontos sobre a profissão bancário. Leia e saiba mais!

O que faz um bancário?

É válido destacarmos inicialmente que, igual aos outros empregos, as atividades de um bancário sofreram consideráveis mudanças com o passar dos anos.

Em outras palavras, a atuação profissional desempenhada hoje por um bancário é completamente distinta da que era realizada há 40 anos, por exemplo.

Essa significativa alteração se relaciona com o crescente avanço na tecnologia, que proporciona, de forma segura, a digitalização de cada vez mais atividades bancárias, o que inevitavelmente acaba impactando a rotina de trabalho de um bancário.

Dito isso, atualmente um bancário pode assumir as seguintes funções:

  • preparar campanhas de marketing para a captação de novos clientes e parceiros econômicos;
  • organizar as atividades de atendimento ao cliente em uma agência, bem como a rotina de saques e pagamentos;
  • vender para clientes planos de capitalização, seguros e consórcios;
  • elaborar e ofertar linhas de crédito financeiro compatíveis com os diferentes perfis de clientes;
  • disponibilizar distintas opções de investimento de acordo com a ambição do cliente;
  • estudar o atual perfil financeiro da sociedade e alinhá-lo com os serviços oferecidos pelo banco, tais como requisitos mínimos para a abertura de uma conta e disponibilização de cartões de crédito;
  • acompanhar e fiscalizar as transações bancárias realizadas online;
  • garantir que toda a gestão financeira adotada pelo banco respeite as regras estipuladas pelo Banco Central.

Dia do bancário

O Dia do Bancário é comemorado todo ano na data de 28 de agosto.

Esse dia não foi escolhido por acaso: ele representa uma homenagem a um movimento grevista que, após dias de luta, conseguiu, no dia 28 de agosto de 1951, um aumento salarial considerável para os bancários em SP.

Eligis - teste vocacional e profissional

Áreas de atuação do bancário

Entre as áreas em que um bancário pode se especializar, podemos destacar as mencionadas a seguir.

Atendimento ao cliente

Essa é a área mais comum para o início de carreira de qualquer bancário, é onde o profissional tem a oportunidade de conhecer a fundo o perfil financeiro e social dos clientes atendidos pelo seu banco e compreender as atividades básicas desempenhadas pela instituição.

Transações financeiras

Como o próprio nome sugere, a área de transações financeiras é a responsável por executar toda a gestão que envolve as operações com dinheiro dentro de um banco, que vão desde a realização de pagamentos para os parceiros comerciais até a fiscalização de transferências bancárias feitas pela internet.

Marketing bancário

O bancário que se especializa em marketing fica responsável por cuidar de questões como a credibilidade do banco e a captação de novos clientes e, para isso, ele acompanha a elaboração de campanhas de marketing que visam promover o nome do banco e seus respectivos serviços na sociedade e no mercado financeiro.

Gerência

A gerência é o cargo de maior hierarquia dentro de um banco, o qual tem o papel de organizar toda a equipe de trabalho e administrar todas as atividades profissionais nesse ambiente.

Dessa forma, essa área é uma das mais cobiçadas entre os bancários — seja pelo poder adquirido, seja pelo elevado salário.

o que faz um bancário

Como ser um bancário?

Atualmente, existem 2 maneiras de ser tornar um bancário no Brasil.

A primeira delas é ser aprovado em algum concurso público que seleciona servidores para trabalharem nos bancos e instituições financeiras do governo, como é o caso de:

  • Banco do Brasil;
  • Caixa Econômica Federal;
  • Banco Central.

A outra opção é participar de algum processo seletivo que seleciona candidatos para atuar nos bancos privados, tais como Itaú, Bradesco, Santander, Crefisa e outros.

Quanto ganha um bancário?

É muito relativo falar sobre os salários dessa profissão, até porque um bancário que é servidor público tem uma remuneração diferente daquele que trabalha em uma instituição privada (principalmente pelo fato de os bancos privados oferecerem bonificações conforme as metas são alcançadas).

Parar termos uma ideia, os servidores públicos dessa categoria recebem em média um salário inicial de R$ 3.644,48. Já a remuneração para os bancários que atuam no setor privado podem alcançar valores maiores, como os R$ 4.320,00 que um gerente administrativo recebe no Bradesco.

Onde estudar para ser bancário?

Não existe no Brasil um curso de nível superior que forme bancários. O que acontece hoje no mercado de trabalho é que os profissionais se formam em outras áreas que também se relacionam com a gestão de dinheiro (como Administração, Ciências Contábeis e Economia) e ingressam na carreira de bancário.

São exemplos de universidades que ofertam esses cursos:

  • Universidade Federal de Minas Gerais;
  • Universidade de São Paulo;
  • Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro;
  • Universidade Federal da Bahia;
  • Universidade Federal do Rio Grande do Sul.

Porém, há certificações que você pode buscar em instituições financeiras, como a CPA-10 e a AGA, da Associação Brasileira dos Mercados Financeiro e de Capitais (ANBIMA) e a Certificação Profissional da Federação Brasileira de Bancos (Febraban).

Mercado de trabalho

Como já destacamos acima, as opções para o mercado de trabalho nessa área envolvem a realização de um concurso público ou a participação em um processo seletivo privado que designa profissionais para atuarem em:

  • bancos privados, como o Bradesco, Itaú, Santander, BMG, Nubank;
  • instituições de crédito;
  • companhias de investimento.

Portanto, com a leitura deste post, notamos que o bancário é uma profissão que pode ser exercida tanto na iniciativa privada quanto na iniciativa pública. Outro ponto que merece ser frisado é que não existe um curso de nível superior específico para esse setor, ou seja, é um ramo que abrange profissionais das mais diversas áreas.

Agora que você sabe mais sobre a profissão bancário, veja também quais são as melhores certificações para trabalhar em banco!

Você pode gostar também