Imagine você analisando planilhas e organizando vendas para outros países, assim como tendo a responsabilidade de coordenar as operações de importação. É o dia a dia do analista de comércio exterior. Ficou interessado? Então, vem com a gente!

O que faz um analista de comércio exterior?

O analista de comércio exterior faz o planejamento e acompanha as operações de exportação e importação das empresas ou dos governos, no caso de ser concursado.

É o responsável pelas decisões de logística, pelos regimes alfandegários, câmbios, análises de mercado e tendências do segmento em que atua. Além disso, fecha contratos e auxilia na expansão dos negócios.

Áreas de atuação

O analista de comércio exterior pode atuar em qualquer empresa que realiza exportação ou importação, realidade bem comum no Brasil e no exterior.

Também tem vagas no serviço público, por meio de concursos, no setor aduaneiro, em pesquisas, contratos e prospecção de novos negócios.

Como se tornar um analista de comércio exterior?

Essa é uma profissão que necessita da conclusão de curso tecnológico de 2 anos e meio ou bacharelado, sendo este último uma graduação de 4 anos.

Quanto ganha um analista de comércio exterior?

O salário de um analista de comércio exterior, para uma carga horária de 43 horas semanais, gira em torno de R$ 7.993. No entanto, em empresas de grande porte e multinacionais, o valor pode ultrapassar os R$ 10.000.

Eligis - teste vocacional e profissional

Mercado de trabalho

Diante da necessidade cada vez maior de outros países comprarem alimentos do Brasil e da nossa por eletroeletrônicos e outros insumos, as exportações e importações estão em ritmo acelerado.

Assim, o mercado de trabalho para o analista de comércio exterior é promissor, com vagas em vários segmentos.

E você: leu até aqui, mas ainda não tem certeza se é essa a profissão que vai seguir? Então, faça o nosso teste vocacional e analise bem o seu perfil antes de fazer a escolha definitiva!

Campanha Always On Cronograma
Você pode gostar também