Você se formou em Odontologia e está buscando por uma especialização? Ou está pensando em escolher a graduação e já de olho nas possíveis carreiras? Saiba desde já que a radiologia odontológica é uma alternativa promissora.

O conceito de radiologia está atrelado à medicina, que estuda o uso do raio-x e outros exames de imagem para diagnosticar os pacientes e promover tratamentos de saúde mais efetivos. Por isso, é uma grande aliada dos dentistas.

A especialização possibilita que o profissional siga por vários caminhos. Continue a leitura e saiba mais sobre o assunto!

O que é radiologia odontológica?

A radiologia odontológica, assim como outras áreas — radiologia industrial, veterinária, forense e aplicadas à medicina humana — tem um ar de investigação.

Isso porque a especialização prepara e capacita o cirurgião-dentista para analisar e interpretar as imagens do rosto, da mandíbula e da arcada dentária do paciente, revelando os melhores caminhos para tratamentos dentários e cirúrgicos.

Esse trabalho faz parte do planejamento, tratamento e acompanhamento de casos clínicos relacionados à saúde bucal, utilizando as mais variadas tecnologias no que diz respeito ao maquinário para a realização de exames de imagem.

Ao final do curso, o profissional está apto a servir às mais diversas áreas da odontologia, como a ortodontia e a periodontia

Responsabilidade do radiologista

A importância do papel do radiologista para o sucesso dos tratamentos dentários é inegável. Além do conhecimento técnico, é preciso experiência para que o profissional possa realizar diagnósticos e interpretações precisas dos exames.

Qualquer erro nesse processo pode comprometer todo o tratamento e interferir na saúde bucal do paciente. 

Dito isso, o dentista que deseja trabalhar com radiologia deve ter em mente que precisa atualizar-se constantemente. O aprendizado é constante: desde o que diz respeito aos tratamentos de saúde bucal, como em relação às novas tecnologias e aos maquinários para a realização dos exames de imagem. 

Tipos de radiologia odontológica

Quem faz o curso de especialização em Radiologia Odontológica pode aplicar seus ensinamentos em diversos segmentos do mercado de trabalho.

Os procedimentos mais comuns que exigem o conhecimento e a expertise do dentista especialista em radiologia estão relacionados às seguintes áreas:

  • cirurgia bucomaxilofacial — viabiliza os diagnósticos para a realização de cirurgias;
  • implantodontia — avalia minuciosamente o local dos implantes e estuda a necessidade de enxerto;
  • ortodontia — analisa o alinhamento dos dentes e da mandíbula em busca do melhor tratamento;
  • periodontia — visualiza a estrutura óssea e dos tecidos próximos aos dentes, identificando possíveis perdas;
  • tridimensional — utiliza imagens tridimensionais para um diagnóstico mais detalhado da estrutura dentária do paciente.
Eligis - teste vocacional e profissional

Especialização em Radiologia Odontológica

A especialização em Radiologia Odontológica tem como objetivo formar o cirurgião-dentista para diagnosticar e interpretar exames de imagem.

Para isso, o profissional estuda:

  • Alterações dentro do padrão de normalidade;
  • Anatomia radiográfica craniofacial e dentomaxilofacial;
  • Anomalias dentárias e desenvolvimento;
  • Aparelhos e tubos de raios-x;
  • Aspectos radiográficos das fraturas e corpos estranhos;
  • Atividade prática em clínica de radiologia
  • odontológica;
  • Atm;
  • Calcificação e ossificação dos tecidos moles;
  • Cavidade oral;
  • Cefalometrias;
  • Ciências sociais em saúde;
  • Cistos odontológicos e não odontológicos;
  • Conceitos de biossegurança;
  • Diagnóstico e tratamento das infecções fúngicas, bacterianas e virais;
  • Diagnóstico e tratamento das lesões brancas e enegrecidas;
  • Diagnóstico e tratamento das lesões pigmentadas e vasculares;
  • Diagnóstico radiográfico e patológico das glândulas salivares;
  • Discrepância de modelos;
  • Documentação ortodôntica;
  • Eletricidade;
  • Ética e responsabilidade social e profissional;
  • Fotografia em odontologia;
  • Gestão dos serviços da saúde;
  • Higiene das radiações ionizantes;
  • Idade óssea (índice carpal);
  • Imagenologia;
  • Imunologia aplicada ao diagnóstico e prognóstico a odontologia;
  • Industrialização de modelos;
  • Inflamação;
  • Interpretação de exames hematológicos laboratoriais;
  • Lateral de mandíbula, PA de mandíbula e maxilar, Caldwell, Waters, mão e punho, Zimmer, Násio;
  • Lesões cancerizáveis;
  • Lesões fundamentais, exame clínico e exames complementares;
  • Lesões ulcerativas e vésico-bolhosas;
  • Marketing em odontologia;
  • Métodos de localização radiográfica;
  • Montagem de clínica radiológica;
  • Patologia óssea;
  • Planejamento radiográfico para implante;
  • Políticas e programas de saúde;
  • Pontos cefalométricos — norma lateral;
  • Princípios de interpretação radiográfica;
  • Radiografias com contraste/ultrassonografia;
  • Radiografias panorâmicas;
  • Radiologia digital;
  • Radiologia e odontológica;
  • Radiologia nas especialidades;
  • Reavaliação temática anatômica avançada;
  • Registro da imagem radiográfica;
  • Saúde bucal;
  • Seios paranasais;
  • Síndromes;
  • Técnicas radiográficas extrabucais.
raio x odontológico

Onde estudar?

O curso é oferecido em diversas instituições de ensino brasileiras, com destaque para:

  • Associação Brasileira de Cirurgiões Dentistas — Mato Grosso do Sul;
  • Dental Press Maringá;
  • Faculdade UniBF;
  • Fundação Odontológica de Ribeirão Preto;
  • Instituto de Estudos da Saúde & Gestão Sérgio Feitosa;
  • Instituto Mondelli de Odontologia;
  • São Leopoldo Mandic;
  • Unicesumar;
  • Unip.

Aqui, estamos falando em especializações voltadas a dentistas já formados. Entretanto, a Radiologia Odontológica também se apresenta como curso técnico, para aqueles que desejam formação rápida na área e atuar na função de auxiliar ou assistente.

No técnico, o profissional garante o conhecimento necessário para realizar funções operacionais.

Isso significa que, durante a rotina de trabalho, ele vai posicionar o paciente adequadamente nas máquinas, verificar as fontes de radiação e outras atividades ligadas à operação dos equipamentos utilizados durante os exames.

Mercado de trabalho

Dia após dia, percebemos que o brasileiro é um público que se preocupa com a estética e a saúde bucal.

Esse é um dos motivos que fazem com que o trabalho em radiologia odontológica seja promissor. Afinal, o diagnóstico por imagem é utilizado tanto para tratamento de saúde como estético.

Além disso, as áreas da odontologia são apontadas como das mais promissoras: cerca de 90% dos profissionais formados conseguem atuar na área, recebendo bons salários.

De acordo com levantamento do portal Salário, um cirurgião dentista ganha em média R$ 3.267,90 para 31 horas semanais de atividade dedicada à radiologia.

Os especialistas em radiologia odontológica em são Paulo podem receber mais de R$ 5 mil. Os segmentos que pagam melhor são:

  • atividade médica ambulatorial restrita a consultas;
  • serviços de diagnóstico por imagem com uso de radiação ionizante;
  • serviços de diagnóstico por imagem sem uso de radiação ionizante.

Gostou de saber mais sobre a radiologia odontológica? Esperamos que, com essas informações, você possa planejar sua carreira desde a graduação e tomar uma ótima decisão para o futuro.

Aproveite que está aqui e confira quanto ganha um radiologista!

Campanha Always On Cronograma
Você pode gostar também