Quanto ganha um jornalista? Será que a remuneração é baixa ou alta? Em qual área o salário é maior? Essas são perguntas que os jovens fazem ao considerar a graduação em Jornalismo, afinal, é inegável que o ramo desperta curiosidade por deter a informação, trabalhar com a comunicação impressa e audiovisual, e ser responsável por coletar e divulgar notícias do Brasil e do mundo. O retorno financeiro na vida profissional é um fator de grande peso para muita gente, não é verdade?

Para sanar as suas dúvidas, informar sobre os detalhes do mercado de trabalho e mostrar se a escolha desse curso é ou não um bom investimento para o seu futuro, preparamos este post exclusivo. Acompanhe!

Quanto um jornalista ganha?

Os jornalistas não contam com um piso salarial unificado válido para todo o território nacional. No lugar, existem convenções e acordos coletivos estaduais que asseguram um salário-mínimo para os profissionais da classe — às vezes em um valor único, às vezes em múltiplos valores definidos por ambiente de trabalho (TV, rádio, jornal, revista, portais online, organizações privadas etc.).

Justamente por isso, é comum encontrar colegas de profissão que exercem a mesma atividade, mas que têm faixas salariais diferentes por conta do local em que residem. No portal da Federação Nacional dos Jornalistas (FENAJ) há um apanhado desses vencimentos. Abaixo, listamos alguns deles.

  • Remuneração base em São Paulo para atuar em jornais e revistas: R$ 3.162,00.
  • Remuneração base no Ceará para atuar em rádio e TV: R$ 2.664,11.
  • Remuneração base em Santa Catarina para atuar em jornais e revistas: R$ 2.585,77.
  • Remuneração base única para a categoria em Goiás: R$ 2.420,00.
  • Remuneração base no Acre para atuar em companhias privadas: R$ 2.258,48.
Eligis - teste vocacional e profissional

Quanto ganha um jornalista recém-formado?

Embora haja o piso salarial como referência para os vencimentos dos jornalistas, é bastante comum encontrar profissionais do ramo que ganham bem acima dessa faixa. Isso é notado, inclusive, no início da carreira de muitos deles.

De acordo com a base de dados da plataforma Salário, o jornalista recém-formado no Brasil ganha aproximadamente R$ 2.841,33 mensais.

Quanto ganha um jornalista esportivo?

O jornalista esportivo é o profissional que viabiliza a produção de matérias — com entrevista, narração, locução e comentários — para diferentes meios de comunicação sobre as modalidades esportivas, os atletas ativos por temporada, as premiações dos órgãos competentes e as competições realizadas aos níveis regional, nacional e mundial.

Aqueles que produzem matérias audiovisuais para os canais de televisão, por exemplo, têm uma renda de R$ 2.840,48, de acordo com pesquisa da página Salário.

Quanto ganha um jornalista que atua como fotojornalista?

O jornalista que atua como fotojornalista tem uma renda média de R$ 3.598,45, como apontasondagem do site Salário. Quem escolhe esse segmento fica a cargo da captação de imagens em eventos de diversas naturezas, desde políticos e de manifestação de movimentos sociais até os festivos e de entretenimento.

Esse é um trabalho indispensável não só para a mídia impressa — o que inclui jornais e revistas —, mas também para a audiovisual — uma vez que os portais de notícia na rede, por exemplo, dependem bastante das fotografias para tornar os conteúdos publicados mais acessíveis, chamativos e virais.

mulher quanto ganha um jornalista

Quanto ganha um jornalista que é correspondente internacional?

Há também jornalistas que seguem carreira como correspondentes internacionais — campo de atuação que é o desejo de muitos da categoria. Isso acontece porque o profissional é contratado — geralmente por uma emissora de TV ou por grandes veículos jornalísticos — para passar uma temporada no exterior fazendo matérias de acordo com a pauta da organização, realizando a cobertura de eventos internacionais e conduzindo entrevistas com nomes estrangeiros.

A média de vencimento desse profissional fica em torno de R$ 5.584,66, como aponta informe do site Salário. É comum que o correspondente internacional receba na moeda do país em que está residindo. Além disso, em muitos casos, há subsídios para facilitar a adaptação e a instalação do jornalista na região, como os que são voltados para moradia e locomoção.

Onde estudar Jornalismo?

Para ser um jornalista, você pode fazer o curso de Jornalismo ou ingressar nagraduação em Comunicação Social com habilitação em Jornalismo. A diferença entre as duas formações é que a primeira é focada especificamente nos aspectos jornalísticos, enquanto a segunda vai além e aborda conteúdos de áreas afins (como Publicidade e Propaganda, Audiovisual e Relações Públicas) para uma atuação multifatorial.

Ambas as opções são encontradas em diversas instituições do país, como é o caso da:

  • Universidade Federal de Uberlândia;
  • Universidade Federal de Pernambuco;
  • Universidade Federal do Cariri;
  • Universidade Federal do Espírito Santo;
  • Universidade Federal de Roraima;
  • Universidade de São Paulo.

Como é a carreira do jornalista?

O jornalista tem uma das carreiras mais versáteis do mercado. Isso acontece porque ele exerce a profissão não apenas nos meios tradicionais de comunicação, mas também na internet.

Cada vez mais a web ocupa destaque no dia a dia dos cidadãos, sendo tida atualmente como a fonte de informação preferida de 38% dos brasileiros e já superando o rádio e o jornal impresso, como aponta pesquisa realizada pelo Senado Federal.

Com isso, surgem sites, portais, plataformas e canais virtuais que oferecem inúmeras oportunidades de trabalho a quem é do ramo. Com uma sólida formação acadêmica, é possível ganhar destaque no cenário nacional e se tornar referência de profissionalismo e capacidade técnica.

Como você viu, não há motivos para se preocupar em relação a quanto ganha um jornalista, pois a área, além de estar bem amparada por meio das ações da FENAJ, conta com uma gama diversificada de atividades no mercado que garantem salários acimas da média e até mesmos subsídios extras para a realização do trabalho jornalístico. O seu foco agora deve ser na aprovação no Enem para iniciar a sua trajetória profissional com sucesso!

Já que falamos sobre a Comunicação Social e como ela engloba diversas áreas correlacionadas, aproveite para saber mais sobre esse curso e as oportunidades profissionais que ele oferece!

Campanha Always On Cronograma
Você pode gostar também