Dores nos ossos, lesões na coluna, fraturas e tensões nos músculos são bem comuns no dia a dia de qualquer pessoa. Para realizar o tratamento, nada como um especialista. 

Nesses casos, deve-se buscar a Ortopedia, ramo da Medicina muito valorizado no mercado de trabalho. Está interessado em se tornar um médico ortopedista? Quer saber quanto ganha um ortopedista?

Então, embarque neste post conosco e veja como é a rotina desse profissional, assim como os rendimentos em diversos tipos de atuação, tendo em vista que a função do ortopedista vai bem além das conhecidas consultas. Confira!

O que faz um ortopedista?

O médico ortopedista é o responsável pelo diagnóstico, tratamento e acompanhamento de lesões que atingem o sistema locomotor do ser humano, além de realizar cirurgias.

A Ortopedia é a especialidade da Medicina que atua especificamente sobre as doenças e traumas que ocorrem nos músculos, articulações, ossos e ligamentos. Isso quer dizer que esse é um ramo com uma grande demanda, tendo em vista que todos, em algum momento da vida, sofrem com problemas nesse sentido.

Enfermidades comuns, como artrite e osteoporose, são tratadas pelo ortopedista, assim como traumas ocasionados por quedas ou acidentes de trânsito, principalmente envolvendo motociclistas, por exemplo.

Para se tornar um ortopedista, é preciso cursar os seis anos da graduação e mais três de especialização. No caso de cirurgiões, a formação se estende por mais cinco anos após a faculdade de Medicina,ou seja, são onze anos até que se esteja devidamente apto a atuar.

Em razão do grande investimento de tempo, esforços e de dinheiro, esse profissional tem um dos melhores salários, em comparação com as demais especialidades da Medicina.

dor nas costas ortopedista

Quanto ganha um ortopedista?

O salário de um ortopedista está na média de R$ 13.885, mas existem diferenças por conta das realidades das prefeituras. Há cidades que pagam valores atrativos, enquanto outras oferecem rendimentos menores.

Isso, no atendimento público, como nos plantões existentes nos prontos-socorros,que têm demanda altíssima por essa especialidade.

Já na iniciativa privada, é possível ganhar bem mais, principalmente para profissionais que contam com consultórios próprios. Só para você ter uma ideia, geralmente, as consultas particulares giram em torno de R$ 300.

Se o médico ortopedista atender dez pessoas em um dia, fará R$ 3.000. Assim, é possível receber mais de R$ 20.000 líquidos todo mês.

Quanto ganha um ortopedista nos Estados Unidos?

Ser médico nos Estados Unidos é como ganhar na loteria, em razão dos altos salários. Os vencimentos giram em torno de US$ 10.000 por mês, mas podem chegar a US$ 40.000.Em reais, isso dá uma média de 90.000 por mês, ou seja, trata-se de uma ocupação bastante privilegiada.

No entanto, a carreira internacional exige a validação do diploma e a aprovação em vários testes, inclusive de proficiência no inglês, que deve ser fluente. Apesar da dificuldade, muitos brasileiros atuam com sucesso no exterior.

Quanto ganha um cirurgião-ortopedista?

Como já mencionamos, o cirurgião-ortopedista necessita de mais tempo de estudo, e a preparação mais intensa se reflete em melhores salários. Isso, porque as cirurgias são complexas e exigem uma responsabilidade maior, além de dedicação tanto no pré quanto pós-operatório.

Assim, o salário geralmente é maior do que R$ 18.000.Afinal, uma cirurgia de joelho, por exemplo, não fica por menos de R$ 10.000, e há casos bem complexos. Dessa maneira, um cirurgião-ortopedista tem rendimento muito atrativos.

Eligis - teste vocacional e profissional

Quanto ganha um ortopedista no Brasil?

Geralmente, quando um médico inicia a carreira, a maior entrada de dinheiro vem dos plantões, que rendem, em média, R$ 800 para cada escala de 12 horas. Há salários fixos para quem faz atendimento ambulatorial, variando de acordo com a realidade de cada município.

De uma forma geral, como já demonstramos, a média salarial não fica abaixo dos R$ 10.000. Afinal, muitos médicos administram várias ocupações ao longo da semana, atendendo em unidades básicas de saúde e em consultórios particulares e fazendo plantões.

As prefeituras costumam pagar cerca de R$ 5.000 para uma escala de 20 horas semanais, mas, com as demais ocupações, o valor chega a triplicar. Isso, porque poucos médicos trabalham menos do que 12 horas por dia.

É importante destacar que a carreira desse profissional é bem ampla, ou seja, não dá para mensurar quanto ganha um ortopedista de maneira exata.É preciso levar em conta as especificidades, como atendimento público, particular, convênio médico, cursos e qualificações e tempo de experiência.

A carreira do ortopedista

Tendo em vista que se trata de uma especialidade com grande demanda no Brasil, o ortopedista tem um excelente campo para atuar. Há muitas vagas abertas em várias cidades, não havendo falta de trabalho.

No dia a dia, os principais atendimentos são de fraturas ocasionadas por acidentes no trânsito, quedas e problemas nas articulações e ossos de idosos.

Assim, a rotina de baseia na realização de consultas e diagnósticos por meio da leitura de exames de raios X, com uma análise minuciosa em relação às queixas dos pacientes.

O profissional ainda solicita exames para avaliar adequadamente o quadro clínico e as intervenções necessárias, além fornecer prescrever medicamentos e tratamentos.

Aliás, geralmente, as ações contam com o auxílio de outros profissionais, como fisioterapeutas, principalmente no momento de recuperação após um trauma em determinado osso.

O ortopedista também faz todo o acompanhamento do paciente ao longo do período em que está com limitações — dos músculos aos ossos, passando pelas articulações.

Como você viu neste post, a carreira de um médico ortopedista é bem promissora e pode render excelentes salários. Portanto, caso essa seja a sua escolha, a dica é se empenhar nos estudos, pois o vestibular em Medicina é o mais concorrido do país e demanda uma preparação adequada.

Ao ingressar em uma faculdade de Medicina, certamente, o seu sonho estará cada vez mais próximo de ser realizado. Ser médico é um verdadeiro sacerdócio, ou seja, é preciso ter paixão pela profissão, indo bem além do que simplesmente saber quanto ganha um ortopedista.

Ainda está difícil definir qual carreira seguir? Aproveite para fazer o nosso teste vocacional e veja como a ferramenta pode ser bem útil para você!

Campanha Always On Cronograma
Você pode gostar também