Na hora de escolher o curso ideal para garantir um futuro promissor, a maioria das pessoas pensa nas formações básicas. No entanto, existem opções que parecem distantes da nossa realidade, mas podem revelar boas oportunidades. Uma delas é a Geofísica.

Se você é fã de Friends, saiba que a Geofísica não está muito distante da profissão do personagem Ross Geller, já que ele é um paleontólogo e um dos principais da série. Conheça mais sobre essa graduação!

O que é Geofísica?

A Geofísica é a ciência que estuda as propriedades físicas da Terra. O estudante que escolhe essa graduação é preparado para investigar o interior do planeta.

As propriedades físicas terrestres incluem:

  • calor;
  • eletricidade;
  • gravidade;
  • magnetismo;
  • propagação de ondas elásticas;
  • radioatividade.

O Geofísico também está apto para estudar as camadas superficiais onde se alojam recursos como petróleo, água e minérios, além das profundezas do nosso planeta, onde está o manto e até o próprio núcleo da Terra.

Curso de Geofísica

O curso de Geofísica está fundamental em disciplina de Física, Matemática e Computação. O objetivo é que o profissional possa acompanhar as mudanças tecnológicas que ocorrem de forma acelerada nos campos de atuação da Geofísica.

Além disso, os alunos mantêm contato com grupos de pesquisa e podem se familiarizar com os estudos sobre o interior da Terra. A partir do terceiro semestre — ou seja, do segundo ano da graduação —, é possível se candidatar a um projeto de Iniciação Científica, iniciando a carreira de pesquisador, e ter acesso a uma bolsa de estudos.

Grade curricular

As disciplinas que fazem parte da grade curricular do curso de Geofísica incluem:

  • Álgebra;
  • Aplicações de Processamento Digital de Imagens;
  • Cálculo;
  • Calor da Terra;
  • Eletromagnetismo;
  • Evolução e Dinâmica Interna da Terra;
  • Física do Interior da Terra;
  • Fundamentos da Astronomia;
  • Geofísica da América do Sul;
  • Geofísica Marinha e de Bacias Sedimentares;
  • Geologia do Petróleo;
  • Hidrogeologia e Recursos Hídricos;
  • Mecânica;
  • Métodos de Campo em Geofísica;
  • Paleontologia Geral;
  • Princípios da Geologia Sedimentar;
  • Problemas Integrados em Ciências da Terra;
  • Sísmica;
  • Técnicas Nucleares aplicadas às Geociências e Meio Ambiente;
  • Termodinâmica;
  • Vetores e Geometria.
Eligis - teste vocacional e profissional

Características do estudante de Geofísica

Uma formação tão específica como em Geofísica exige que o estudante apresente algumas características:

  • estar preparado para trabalhar ao ar livre ou em ambientes intimidadores, como desertos ou o alto-mar;
  • gostar de atividades que envolvam a natureza;
  • ser familiarizado com as disciplinas de Física e que envolvem cálculo;
  • ser organizado, observador, curioso e analítico;
  • ter capacidade de trabalhar em equipe.

Geofísica: faculdades

O curso de Geofísica é oferecido pelas seguintes instituições de ensino superior (IES):

  • Fundação Universidade Federal do Pampa (Unipampa), no Rio Grande do Sul;
  • Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul (PUCRS);
  • Universidade de Brasília (UnB), com foco na exploração mineral;
  • Universidade Federal da Bahia (UFBA);
  • Universidade Federal do Oeste do Pará (Ufopa);
  • Universidade Federal do Pará (UFPA);
  • Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN);
  • Universidade Federal Fluminense (UFF).

Perceba que a oferta não é grande no Brasil, fazendo com que o mercado de trabalho seja generoso com os profissionais.

curso de geofísica

Geofísica USP

A Universidade de São Paulo (USP) oferece o bacharelado em Geofísica desde 1984. O curso tem duração de 10 semestres. O departamento de Geofísica está atrelado ao Instituto de Astronomia, Geofísica e Ciências Atmosféricas.

Para fazer parte da turma e garantir o diploma, o processo seletivo é o mesmo que para os outros cursos da universidade: vestibular da Fuvest ou Sisu.

Anualmente, o departamento oferece 30 vagas em Geofísica, 20 vagas para o bacharelado em Astronomia e 30 vagas para o bacharelado em Meteorologia.

Também é possível solicitar o ingresso como portador de diploma. Para isso, o interessado deve ter formação superior em qualquer curso da área de Exatas.

A USP também oferece um programa de pós-graduação com seguintes linhas de pesquisa:

  • Geodinâmica e tectônica global;
  • Geofísica aplicada à prospecção de recursos naturais, à geotecnia e a problemas ambientais.

Além das obrigatórias na graduação, a grade curricular da USP conta com oito disciplinas livres, ou seja, que o aluno pode escolher cursar. Elas não precisam necessariamente fazer parte do Instituto de Astronomia, Geofísica e Ciências Atmosféricas.

Isso significa que, se o estudante tiver interesse em alguma disciplina promovida pela Escola Politécnica ou pela Faculdade de Economia e Administração, é possível cursá-la.

Mercado de trabalho

O mercado de trabalho para quem termina o bacharelado em Geofísica está voltado para a exploração de recursos minerais, como o petróleo. O profissional também está apto para realizar avaliações sobre o impacto ambiental.

Dessa forma, o geofísico:

  • planeja e executa levantamentos geofísicos;
  • trabalha com coleta, análise e processamento de dados em laboratórios;
  • interpreta resultados de acordo com os objetivos de pesquisa.

As expectativas para o formando são animadoras, já que o número de geofísicos no Brasil é muito pequeno para a demanda. Há espaço para esse profissional:

  • em empresas que desenvolvem softwares específicos para processamentos de dados, como a Landmark;
  • em grandes obras de engenharia, como na construção de hidrelétricas, metrôs e usinas nucleares;
  • na área de prospecção mineral, contratado por empresas como Vale e Samarco;
  • na área do petróleo, trabalhando para empresas renomadas como Petrobras e Shell;
  • no monitoramento da contaminação do solo e do saneamento pelo descarte indevido de detritos por empresas e pela sociedade em geral.

Geofísica: salário

O salário inicial de um geofísico recém-formado em empresas nacionais gira em torno de 4 mil reais. Já empresas estrangeiras podem pagar 6 mil reais para o profissional em início de carreira.

A tendência é que esses valores aumentem com a experiência e pós-graduação e podem tranquilamente ultrapassar a faixa dos 10 mil reais, chegando ao teto de 28 mil reais.

Como toda profissão, é possível investir na formação continuada para fazer carreira na docência. O salário nas instituições públicas de ensino pode ultrapassar os 16 mil reais.

Como você pôde perceber, a Geofísica é uma área desafiadora e gratificante. Com dedicação e muito estudo, o formando pode ter uma carreira brilhante.

Se você ainda tem dúvidas quanto ao seu futuro, continue em nosso blog e descubra como podemos ajudar na sua escolha profissional!

Você pode gostar também