Está em dúvidas sobre o que fazer do seu futuro? Conheça o curso de Sistemas da Informação: um ramo ligado à tecnologia, com alta rentabilidade e muitas ofertas de trabalho!

Conseguindo um diploma na área você estará apto a trabalhar com inúmeras frentes diferentes, desde a produção de sistemas para empresas até a venda de peças e softwares para escolas e outras instituições. Preste atenção à leitura e às características que descreveremos sobre os analistas de sistema, quem sabe essa não é a carreira que mais combina com você?

O que é Sistemas da Informação?

Sistemas de Informação é um ramo das ciências exatas que combina a prática da programação, os estudos da Matemática e a criação de sistemas de comunicação para a suprir a demanda de diferentes setores da sociedade. O foco dessa graduação é o desenvolvimento de softwares, para construir essa habilidade, é necessário adquirir conhecimentos sobre temas como: lógica, linguagens básicas da computação, cálculo e Inteligência Artificial.

Comparado a outros campos do conhecimento, é uma área recente, que passou a existir junto com a própria história da computação. Entretanto, trata-se de um ramo com altíssima potência e tendência certeira de crescimento, tendo em vista que a digitalização é um fato inevitável para todo o tipo de instituição. Escolas, igrejas, academias, os mais variados espaços necessitam cada vez mais de sistemas digitais de comunicação.

Sistemas da Informação: curso

A graduação em Sistemas da Informação tem bons cursos disponíveis em todo o território nacional, principalmente nos grandes centros urbanos. Pode-se dizer que o objetivo principal de quem está nessa jornada é aprender a manejar fluxos de informações por meio de sistemas digitais.Essa formação dura de quatro a cinco anos, mas também é possível de ser feita em um curso técnico em Sistemas da Informação.

É claro que conquistar um diploma de graduação abre muito mais portas, tendo em vista que nas universidades você também terá acesso a outros campos, professores renomados e experiências práticas de trabalho.

Perfil do estudante de Sistemas de Informação

Algumas características são bem importantes e ajudam o estudante de Sistemas da Informação a se dar bem na graduação e no mercado de trabalho. Uma delas é um bom domínio ou pelo menos interesse pela língua inglesa, já que muitos programas e produções da área estão disponíveis apenas em inglês.

Outro traço inevitável é o apreço pela matemática e o trabalho com números. É essencial que haja esse interesse, pois a maior parte do conteúdo do curso se dá nesse âmbito. Outro elemento importante é a capacidade de resolução de problemas, associada ao manejo de prazos e à aptidão para lidar com as pressões advindas disso.

Eligis - teste vocacional e profissional

Sistemas da Informação: grade curricular

Ao olharmos para a grade curricular em Sistemas da Informação,é possível agrupar as disciplinas em três grandes eixos: Matemática, Ciências da Computação e Administração, sendo que as duas primeiras ocupam a maior parte do currículo.

Além das matérias teóricas, também há uma grande parte prática do aprendizado, em que os alunos têm a chance de criar seus próprios programas e dar uma aplicação real a eles. A seguir, vamos listar algumas das disciplinas que você encontrará no percurso da faculdade de Sistemas da Informação:

  • Engenharia de Software;
  • Segurança da Informação;
  • Usabilidade aplicada a Sistemas de Informação;
  • Paradigma de Linguagens;
  • Administração;
  • Noções de Direito.

Sistemas da Informação: faculdades

Existem muitos cursos de qualidade oferecidos, por isso vale a pena pesquisar pelos melhores. Um critério interessante a ser seguido é buscar pelas faculdades com as notas máximas de avaliação do MEC, que equivale a 5. Interessante observar também que existem boas ofertas de faculdades de Sistemas de Informação tanto públicas quanto privadas.

Podemos citar os seguintes polos como alguns dos mais proeminentes em oferecer essa formação atualmente no Brasil:

  • Faculdade Pitágoras (Polo de Minas Gerais);
  • Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG);
  • Universidade de São Paulo (USP);
  • Pontifícia Universidade Católica (PUC Minas, PUC-RIO e PUC-RS);

Sistemas da Informação: USP

Assim como em muitos cursos de outros segmentos, a Universidade de São Paulo (USP) é uma grande referência em Sistemas da Informação. Querendo ou não, a capital do estado de São Paulo é um grande polo quando se fala em tecnologia de ponta, sendo que a USP é um dos grandes expoentes de mentes pensantes no cenário nacional há décadas.

Sistemas da Informação EAD

Por se tratar de um curso majoritariamente teórico, é perfeitamente possível fazer o curso de Sistemas de Informação nas modalidades a distância ou semipresencial, bacharelado ou tecnológico.

Grandes institutos de ensino, reconhecidos no mercado, já oferecerem a formação nesse viés, expandindo as chances de quem não tem a chance de frequentar cotidianamente um campus universitário. Veja algumas:

  • Universidade Federal de São Carlos (UFScar);
  • Pontifícia Universidade Católica do Paraná (PUCPR);
  • Universidade FUMEC;
  • Universidade Cidade de São Paulo (UNICID);
  • Universidade Cruzeiro do Sul (UniCSul);
  • Faculdade Anhanguera.

Mercado de trabalho

Assim como a própria formação, o campo de trabalho em Sistemas de Informação é amplo o suficiente para garantir excelentes espaços de trabalho sem precisar sair de casa. É óbvio que muito esforço é envolvido para se manter em uma posição favorável no mercado, ao mesmo tempo é totalmente viável trabalhar em uma empresa de qualquer outro país desde que tenha o domínio de um outro idioma, principalmente o inglês.

Aqui vão alguns exemplos de frentes de trabalho para analistas de sistemas, mas tenha em mente que o mercado é ainda mais amplo do que conseguimos descrever aqui, pois passa por dinâmicas de transformação e expansão constantemente:

  • prestação de serviços para indústrias e empresas;
  • docência em cursos técnicos e cursos superiores;
  • suporte técnico de manutenção em sistemas e banco de dados;
  • fornecimento de serviços para escolas, academias e outras instituições;
  • contratação por meio de concursos para o serviço público.

Sistemas de Informação: salário 

Para um recém-formado no curso de graduação, o salário médio de um analista de sistemas começa em torno de R$ 3,200. Já a média geral já passara para os R$ 4,500, o que pode oscilar bastante de acordo com cada região.

Essas são as bases iniciais para os rendimentos, mas é possível alcançar vagas por meio de especializações como conhecimentos de linguagens de programação relevantes ou de cargos de gerência. Para um programador sênior, o salário gira em torno de R$ 6,000, já para um gestor de TI, pode chegar até R$ 15,000.

Aprendemos até aqui o valor e a relevância de um profissional de Sistemas da Informação.Ele é requisitado nas mais diversas áreas, do setor público aos pequenos negócios, mas ao mesmo tempo requer uma disposição para lidar com prazos e um grande interesse para operar com números e gestão de maneira geral. Se você combina com essas características e tem vontade de escolher uma carreira promissora, esse pode ser o caminho certo para seu futuro.

Caso ainda tenha dúvidas sobre onde investir seu processo de qualificação, saiba como funcionam os testes vocacionais!

Campanha Always On Cronograma
Você pode gostar também