A legislação brasileira é bastante rígida na hora de mediar as relações trabalhistas. Empresas que não seguem as leis à risca correm sérios riscos de ficar no prejuízo, já que as multas costumam ser altas.

Para evitar problemas, as organizações investem na contratação de profissionais habilitados, com curso técnico em Recursos Humanos. Você vai conhecer mais sobre essa formação neste post. Continue a leitura! 

O que faz um técnico em Recursos Humanos?

O técnico em Recursos Humanos é o profissional habilitado para lidar com todos os processos envolvendo a gestão de pessoas de uma empresa.

Ao mesmo tempo em que são capazes de recrutar novos talentos, também devem trabalhar no desenvolvimento da carreira dos profissionais — sem esquecer a parte burocrática.

Como mencionamos anteriormente, a Justiça do Trabalho é bastante eficiente. Qualquer erro no cálculo de pagamento, horas trabalhadas e extras, férias, impostos, 13º salário, eSocial e outras exigências legais pode fazer com que as empresas sejam multadas.

Por esse motivo, é fundamental que organizações de todos os portes tenham profissionais competentes e atualizados integrando seu time de RH. 

Dito isso, podemos listar as principais atividades desse profissional da seguinte forma:

  • agendamento de exames admissionais e demissionais;
  • análise de desempenho dos funcionários;
  • comunicação com colaboradores, gestores, candidatos, sindicatos, fornecedores, parceiros de trabalho;
  • coordenação de todos os processos e atividades que envolvem a folha de pagamento;
  • cumprimento da legislação;
  • definição e gerenciamento de planos de carreira, salários e benefícios;
  • incentivo ao desenvolvimento humano;
  • organização de eventos de prevenção contra acidentes de trabalho, confraternizações, palestras informativas, entre outros;
  • recrutamento e seleção de talentos profissionais alinhados ao perfil da empresa;
  • treinamento e desenvolvimento de competências.

Como me tornar um técnico em Recursos Humanos?

Para se tornar um técnico em Recursos Humanos, é necessário realizar o curso, ser aprovado em todas as matérias e concluir a formação de acordo com as políticas da instituição escolhida.

A matriz curricular envolve disciplinas como:

  • Comunicação Empresarial;
  • Contabilidade;
  • Ética;
  • Folha de Pagamento e Obrigações Sociais;
  • Gestão de Cargos e Carreiras;
  • Gestão de Desempenho e Avaliação;
  • Gestão de Recrutamento e Seleção;
  • Gestão Estratégica de Pessoas;
  • Inovação e Empreendedorismo;
  • Legislação Previdenciária e Trabalhista;
  • Liderança e Desenvolvimento;
  • Matemática;
  • Português;
  • Saúde Ocupacional;
  • Sociologia;
  • Treinamento e Desenvolvimento.

Perceba que as disciplinas estudadas envolvem o universo da gestão de pessoas das empresas e torna o estudante apto a realizar todas as atividades do departamento.

técnico em recursos humanos

Qual o perfil do profissional de RH?

Um bom gestor de RH deve ter as seguintes habilidades:

  • criatividade;
  • empatia;
  • espírito empreendedor;
  • flexibilidade;
  • liderança;
  • organização;
  • raciocínio lógico;
  • solucionar problemas e mediar conflitos.

Se você acha que ainda não desenvolveu essas competências, não se preocupe. A matriz curricular possibilita que o aluno trabalhe esses pontos e possa ser um profissional competente.

No entanto, é preciso ter ciência de que a área exige estudos e leitura constantes. Afinal, os termos legais e sindicais estão sujeito a diversas mudanças. 

Eligis - teste vocacional e profissional

Onde estudar?

Há cursos para técnico em Recursos Humanos espalhados por todo o Brasil, nas modalidades presencial e a distância. Destacamos as seguintes instituições:

  • PUC PR, em Curitiba (TECPUC), com duração de 3 semestres;
  • Grau Técnico, uma das maiores redes de Ensino Técnico no país, com duração de 1 ano e meio;
  • Senac, com duração de 1 ano e 3 meses.

O interessado na área também pode investir em cursos de Gestão de Recursos Humanos, oferecidos por instituições como:

  • UniAndrade, com duração de 2 anos;
  • Faculdade Bagozzi, com duração de 2 anos;
  • Estácio, com aulas integralmente EAD.

O Pronatec também oferece o técnico em Recursos Humanos, e de maneira gratuita.

Com duração mínima de 2 anos, o curso pode ser realizado por aqueles que estão concluindo o ensino médio em escola pública ou particular como bolsista integral, seja em instituições regulares de ensino, seja na EJA.

Estudantes que ainda estão concluindo seus estudos também podem se inscrever no programa. Para saber se o curso é ofertado na sua cidade, é necessário ficar de olho no site do MEC.

Entre as vantagens de cursar RH, podemos citar:

  • formação profissional em curto espaço de tempo;
  • amplas possibilidades para continuar se desenvolvendo por meio de cursos de extensão e pós-graduação;
  • contato com vários conteúdos do setor administrativo, que podem ser úteis caso queira abrir a própria empresa — inclusive prestando consultoria em assuntos relacionados a RH;
  • possibilidade de atuar em companhias de todos os portes.

Quanto ganha um técnico em Recursos Humanos

O salário inicial de um técnico de Recursos Humanos gira em torno dos R$ 1.500,00 a R$ 2.000,00. Há registros de vagas que pagam média de R$ 3.000,00 para profissionais com formação técnica.

Entretanto, cargos mais altos, como diretor, gerente ou coordenador, podem chegar aos R$ 10.000,00. Tudo vai depender do porte da empresa e das especializações do profissional. Afinal, nada impede que após o curso, o técnico continue investindo em formação continuada.

Embora não sejam tão comuns, também existem oportunidades em concursos públicos. Os salários se aproximam dos R$ 3.000,00.

Mercado de trabalho

Em geral, as atividades relacionadas à gestão de pessoas e aos recursos humanos são bastante valorizadas.

Além de cumprir com as obrigações legais, investir em profissionais que saibam administrar a gestão de pessoas de uma empresa é essencial para o sucesso dos negócios.

Hoje, os colaboradores são reconhecidos como os grandes responsáveis para alcançar os objetivos organizacionais.

Por esse motivo, é necessário contar com uma equipe que entenda os processos burocráticos, realizando essas atividades com eficiência, mas também capaz de compor estratégias que promovam a satisfação das equipes.

Após completar o técnico em Recursos Humanos, o profissional pode se dedicar a várias áreas e expandir suas possibilidades de atuação no mercado. Entre as principais carreiras, destacam-se:

  • administração de pessoal;
  • business partner;
  • recrutamento e seleção;
  • remuneração e benefícios;
  • treinamento, desenvolvimento humano e educação corporativa.

Gostou de saber mais sobre o curso técnico em Recursos Humanos? É uma ótima opção para aqueles que desejam iniciar uma carreira promissora no mercado de trabalho.

Estudar Administração também é uma opção para quem pretende trabalhar com gestão de pessoas. Saiba mais sobre esse curso também!

Campanha Always On Cronograma
Você pode gostar também