Classificada como uma característica normal e presente em todos os seres humanos, a ansiedade é um sentimento natural da nossa espécie. Entretanto, em níveis exagerados, ela tem potencial para causar graves consequências. Nesse contexto, ganha destaque um tema extremamente importante e que precisa ser discutido por toda a sociedade: como controlar a ansiedade?

Para responder essa e outras perguntas sobre o que fazer para controlar a ansiedade, preparamos um conteúdo bem didático e de fácil leitura. Acompanhe!

O que é ansiedade?

Ansiedade é um sentimento comum, que se manifesta de forma espontânea em todas as pessoas e pode nos proporcionar tanto vantagens quanto desvantagens — a depender do seu nível e da sua frequência.

Ela é caracterizada por ser uma preocupação com acontecimentos futuros. Quando em bons níveis, é muito benéfica ao ser humano.

Um bom exemplo é a ansiedade que motiva um estudante a se preparar bem para uma prova ou apresentação de trabalho. Além desse, também são exemplos em que a ansiedade nos ajuda:

  • preparar-se para uma entrevista de emprego;
  • ser pontual em compromissos;
  • manter a cautela em situações de risco.

Contudo, como já destacamos, há níveis de manifestação da ansiedade que passam a ser extremamente maléficos, gerando problemas físicas e mentais.

Ansiedade: consequências físicas

Pessoas que sofrem de ansiedade em excesso podem apresentar os seguintes sintomas físicos:

  • taquicardia (batimentos cardíacos acelerados);
  • sudorese excessiva;
  • sensação de falta de ar, dificultando a respiração e podendo aumentar a sensação de pânico;
  • dores de cabeça;
  • tensão muscular, com a sensação de rigidez dos músculos;
  • dor muscular;
  • alteração na qualidade do sono.

Ansiedade: consequências emocionais

São reflexos emocionais de um quadro de ansiedade excessiva em uma pessoa:

  • tristeza;
  • oscilação abrupta de humor;
  • nervosismo;
  • medo e preocupação constante;
  • sensação de angústia;
  • irritabilidade.
Eligis - teste vocacional e profissional

O que fazer para controlar a ansiedade?

Caso você perceba que a sua ansiedade está, de alguma forma, lhe prejudicando, é fundamental ficar atento às seguintes dicas.

Crie uma rotina

Ter uma rotina bem estabelecida traz ao cérebro uma sensação de ordem e controle, a qual pode ajudar a regular a ansiedade. Para isso, é importante manter horários fixos para acordar e dormir, alimentação, horário de trabalho e de lazer.

Por mais que, no início, essa rotina pareça difícil de ser seguida, com o tempo, o corpo vai se adaptando com os novos hábitos, até chegar a um ponto em que essas atividades passam a ser comuns.

Faça atividades prazerosas para você

Neste quesito, é interessante, primeiramente, saber as atividades que proporcionam prazer, como ler um livro, ouvir uma música, jogar xadrez ou estudar.

Essas atividades podem ser vistas como uma válvula de escape e precisam fazer parte do dia a dia, ajudando o corpo a manter um saudável estado de equilíbrio.

menina sorrindo como controlar a ansiedade

Durma bem

Engana-se quem acredita que uma boa noite de sono reflete apenas benefícios físicos. Ela também implica em vantagens para a nossa saúde mental.

Desse modo, podemos associar a qualidade do sono com níveis de ansiedade, já que poucas horas dormindo têm potencial para elevar a ansiedade.

Quando dormimos bem (em média de 6 a 8 horas por dia), o nosso cérebro tem a oportunidade de se reorganizar para manter o seu bom funcionamento. É como se ele estivesse recarregando a sua bateria e organizando o processamento das informações.

Tenha uma vida social

É muito importante manter uma rede de apoio (familiares, amigos e colegas) que nos transmita confiança e sensação de acolhimento. É por meio dessa relação que podemos promover a nossa vida social.

É válido ressaltarmos que vida social não necessariamente é sinônimo de ir a festas e ter vários amigos. Relações familiares e uma simples troca de mensagens com um colega já são importantes para ajudar na nossa interação social.

Faça atividades físicas

A prática de exercícios físicos é responsável por liberar uma série de hormônios no nosso corpo (como a serotonina e a endorfina), que nos proporciona prazer e satisfação.

Com isso, uma vez que nos sentimos bem após a realização de uma atividade física, há menos chances de a nossa ansiedade atingir níveis preocupantes, já que, nesse caso, o nosso corpo estará em equilíbrio.

Controle a respiração

Controlar a respiração é inspirar e expirar de forma lenta e harmoniosa, demonstrando para o cérebro que estamos em uma situação segura, na qual não há motivos para pânico e tampouco aumento da ansiedade.

Uma boa dica para controlar a respiração é expirar (pela boca), mantendo o dobro do tempo que levamos para inspirar (pelo nariz). Outro ponto que deve ser analisado é se a barriga está expandindo no processo de inspiração, e não o peito.

Procure ajuda profissional

Por fim, caso as dicas anteriores não forem suficientes para o controle da ansiedade, é fundamental procurar um profissional apto a trabalhar as questões que podem estar levando a um quadro de ansiedade.

Um ótimo exemplo é a busca por uma terapia psicológica, onde é possível trabalhar os aspectos emocionais por meio de uma abordagem científica.

Nesse ponto, é interessante deixarmos claro que a busca por um psicólogo não se restringe a quem tem transtornos mentais. Isso porque qualquer pessoa que esteja passando por alguma dificuldade emocional pode beneficiar-se do atendimento psicológico.

Portanto, percebemos que essas dicas de como controlar a ansiedade são, em sua grande maioria, acessíveis para todos e trazem inúmeros benefícios para a nossa saúde.

Vale destacarmos, ainda, que o controle da ansiedade apresenta vantagens tanto nos aspectos emocionais quanto nos físicos, o que acaba refletindo em nosso equilíbrio e na saúde como um todo.

Saber mais sobre como controlar a ansiedade foi interessante para você? Então veja agora o que é autoconhecimento e como desenvolvê-lo!

Campanha Always On Cronograma
Você pode gostar também