No momento de conseguir uma vaga de emprego, todos os detalhes são importantes para conquistar os recrutadores. Além de um currículo atrativo, é necessário saber como fazer uma carta de apresentação.

Por meio dela, é possível informar algumas características pessoais, habilidades, experiências e conhecimentos com os quais você pode colaborar no desenvolvimento da empresa.

Quer aprender a fazer uma carta de apresentação campeã? Então continue lendo este post!

O que é a carta de apresentação?

A carta de apresentação é um texto que traz informações extras, enviada juntamente ao currículo para a disputa referente a uma vaga de emprego ou de estágio.

De uma forma geral, é um texto que faz a apresentação do candidato ao recrutador, trazendo informações relevantes, tais como:

  • experiências;
  • habilidades;
  • conhecimentos;
  • diferenciais;
  • comprometimento.

É importante escrever tudo de uma maneira rápida, objetiva e direta, destacando as suas qualidades. Sempre é válido informar que você tem as habilidades necessárias para atuar na vaga aberta e está disposto a se empenhar em prol do desenvolvimento da empresa.

Como escrever uma carta de apresentação para emprego?

carta de apresentação

No momento de pensar em como fazer uma carta de apresentação, lembre-se de que esse conteúdo é como se fosse o seu cartão de visitas ou a primeira impressão. Por isso, ela deve ser bem redigida e com determinados cuidados para evitar más interpretações.

De olho em seu sucesso profissional, vamos mostrar, agora, alguns passos que devem ser seguidos no momento da escrita. Confira!

Seja objetivo

Ser objetivo nas informações é fundamental para ajudar no entendimento de quem lê a sua carta de apresentação. Além disso, demonstra seriedade e boa comunicação.

A objetividade revela, ainda, conhecimento e compreensão dos requisitos exigidos na vaga disputada. A linguagem também deve seguir o padrão do local do possível trabalho.

Se for um escritório de contabilidade, por exemplo, escreva de maneira formal. Já no caso de uma cafeteria, a linguagem pode ser um pouco mais informal, mas nunca com gírias.

Personalize o texto

Quanto mais informações você tiver sobre o recrutador ou referente a pessoa que vai ler o seu e-mail, melhor. Assim, faça uma apresentação personalizada, dirigindo-se diretamente a quem for receber a mensagem.

Trata-se de uma forma de demonstrar comprometimento. Explore a criatividade e encontre algum gancho para iniciar a comunicação, revelando o seu interesse pela vaga.

A personalização também ajuda a fugir de frases prontas, como “prezado fulano, venho, por meio desta carta, me apresentar”, entre tantas outras.

Explore o corpo do e-mail

Como dificilmente alguém entregará um currículo pessoalmente, é importante escrever, no corpo do e-mail, a sua apresentação, sendo uma atitude mais prática e que chama a atenção do recrutador.

Trata-se de uma maneira informal e que traz bons resultados, pois facilita a vida de quem for ler.

O que escrever na carta de apresentação?

Agora que você já sabe como fazer uma carta de apresentação, chegou o momento de ficar por dentro de como escrevê-la adequadamente. A dica primordial é mostrar claramente os seus requisitos, as experiências e habilidades.

Revele que você cumpre tanto as exigências técnicas quanto comportamentais requeridas e que está disposto a buscar as informações necessárias para sempre se atualizar na função.

Apresente como você pode contribuir com a empresa, mostrando algumas características, de cursos técnicos a experiências em outras companhias, ou mesmo colocando em prática determinada habilidade pessoal, como o domínio de softwares, a fluência em outros idiomas ou a criatividade.

Caso você tenha sido indicado por algum colaborador, deixe claro isso, pois é um atrativo muito interessante. Afinal, os gestores buscam pessoas confiáveis e que tenham boas referências, além, é claro, de competência profissional, sem falar na formação na área.

O que não colocar na carta de apresentação?

Uma carta de apresentação é como se você estivesse frente a frente com o recrutador e pudesse falar algumas palavras que o motivasse a contratá-lo.

Portanto, é importantíssimo manter a elegância e ser bem profissional no conteúdo. Diante disso, há algumas práticas que devem ficar longe do seu texto. Entre elas, podemos citar:

  • escrever palavras de baixo calão;
  • gírias;
  • criticar a empresa ou seus colaboradores;
  • compartilhar histórias pessoais ou emotivas;
  • cometer erros referentes à Língua Portuguesa;
  • mentir sobre habilidades e competências;
  • fazer piadas;
  • escrever pouco.

Para não deixar esses erros acontecerem, uma boa dica é pedir para familiares, amigos ou professores lerem a sua carta de apresentação e analisarem o modelo de currículo antes de encaminhar ambos às empresas. Assim, certamente, as falhas serão evitadas.

Exemplo de carta de apresentação

Assim como uma carta comum, a de apresentação deve conter local e data, nome do destinatário, título, endereço (e-mail), uma saudação inicial, desenvolvimento do texto e conclusão.

A média é de 250 a 300 palavras, com três a cinco parágrafos. Não se esqueça de escrever uma despedida cordial e, também, deixe bem claras as suas informações de contato. Veja o que colocar em cada trecho.

Introdução

No começo do texto, explique o seu interesse pela vaga e revele as motivações e a sua capacidade para atender aos requisitos.

Desenvolvimento

Ao longo da carta, descreva o seu perfil profissional, a formação, as experiências e os motivos que o levaram a disputar a vaga. Apresente como você poderá ajudar a empresa e demonstre os cursos já realizados, as referências etc.

Conclusão

Descreva que você está disponível para participar de uma entrevista e, também, de todas as etapas do processo seletivo, fazendo uma conclusão com gentileza.

Insira, ainda, os links de seus contatos nas redes sociais, principalmente LinkedIn, telefones e e-mail.

Eligis - teste vocacional e profissional

Exemplo de carta de apresentação

São Paulo, 25 de janeiro de 2021.

Prezado Fred Mercury, diretor-executivo da Company Talk. Tudo bem? Sou o João das Neves e estou me candidatando ao cargo de técnico de logística, vaga aberta recentemente em sua equipe.

Aproveito para informar que tenho três anos de experiência nessa mesma função, na empresa X, e estou totalmente disponível para ajudar a sua companhia a atingir os objetivos previamente traçados. Entre as minhas habilidades, posso destacar:

  • conhecimento dos softwares de gestão;
  • curso de liderança na escola X;
  • flexibilidade para coordenar equipes;
  • domínio do inglês e espanhol;
  • criatividade;
  • gestão de riscos.

Sendo assim, tenho a imensa satisfação de vivenciar a oportunidade de participar deste processo seletivo, pois estou devidamente capacitado e com as práticas necessárias para o exercício da função. Inclusive, trabalhei com o diretor de RH da Kelvins Jones, Altair Fialho, quem pode ser uma referência sobre o meu trabalho.

Muito obrigado pela sua atenção. Fico no aguardo de um possível contato, estando à disposição para mais informações.

Atenciosamente,

Jorge de Paula, técnico em logística.

e-mail: jorgedepaula@gmail.com

Link para perfil no Linkedin

Fone: (11) 9999-XXXX

Como você pôde perceber, o texto tem introdução, desenvolvimento e conclusão, sendo leve e bem objetivo. Portanto, se você está na dúvida sobre como fazer uma carta de apresentação, não deixe de praticar as dicas contidas neste post. No mais, confie em seu potencial e vá atrás dos seus sonhos!

E você, ainda não está em busca de um emprego porque não se decidiu sobre qual profissão seguir? Então, faça agora mesmo o nosso teste vocacional e corra atrás do seu sucesso!

Você pode gostar também