Existem profissões populares que muita gente sonha em seguir, como medicina, Direito, veterinária, entre muitas outras. São profissões glamourizadas que se tornaram referência de status social.

No entanto, existem muitas outras que são mais acessíveis e são tão importantes e necessárias quanto as mais clássicas. Isso acontece, principalmente, por conta da globalização e do avanço da tecnologia.

Em razão disso, o mercado começa a precisar de profissionais preparados para atendê-lo, fazendo com que novas carreiras se tornem muito promissoras.

São variáveis que se modificam ao longo do tempo, e a partir disso, é necessário se atualizar e conhecer aquilo que está em alta agora e que estará em alta no futuro.

Então, a escolha da profissão se torna uma tarefa importante que deve ser feita com cuidado. Pense que além de escolher alguma rentável, precisa ser algo que você gosta de fazer.

É um erro escolher uma carreira apenas porque a família gostaria ou porque ela trará renome e prestígio. Lembre-se de que você vai exercer essa profissão por, pelo menos, 30 anos.

Pensando no futuro, neste artigo, trouxemos algumas variáveis em profissões que ocorreram nos últimos anos, quais carreiras estão em alta no momento e mostrar algumas tendências. Acompanhe a leitura!

Mudanças nas profissões ao longo do tempo

Não sei se você sabe, mas ao longo do tempo, algumas profissões mudaram muito e todas elas evoluíram. Isso aconteceu graças ao avanço da tecnologia, e dentre as que se destacam nesse processo, temos:

  • Tecnologia da informação (TI);
  • Jornalismo;
  • Licenciatura/Pedagogia;
  • Telecomunicação.

Antigamente, a área de TI costumava ser mais técnica, mas hoje, dentro de uma escola particular mais próxima, podemos notar que os profissionais interagem com outros setores para atender às necessidades deles.

Os profissionais dessa área deixaram de ser técnicos de informática para se transformarem em administradores que entendem de tecnologia.

Uma das causas para tamanha mudança é o enorme investimento em tecnologias como o Big Data, para armazenamento de dados da empresa e seus clientes. Mais do que conhecimento técnico, é necessário conhecer a organização.

O jornalismo é um dos setores que vêm sofrendo mudanças radicais, devido a vários fatores como queda no faturamento de jornais, diminuição do setor de redação, obtenção de receita pela internet e a chegada de novas tecnologias.

A forma como produzimos informação mudou muito, e a qualidade dela também foi afetada. A web mudou a rotina dos jornalistas e profissionais que trabalham com comunicação empresarial.

Exemplo disso é que muitos passaram a trabalhar em publicação de redes sociais, algo que rejuvenesceu muito a profissão.

Os professores também estão inseridos em um cenário de constantes mudanças, devido às alterações sociais e tecnológicas em cada período.

Assim como uma sala de reunião advocacia conta com recursos tecnológicos, os professores de muitas instituições passaram a usá-los também, para apoiar materiais didáticos.

Além disso, os alunos estão sempre conectados e trazem consigo um novo conceito de aprendizado, visto que pesquisam tudo na internet. Ao mesmo tempo em que facilita o ensino, aumenta a cobrança sobre o professor.

Infelizmente, além de acompanharem todas essas mudanças, os professores lidam com salários defasados, mesmo tendo de manter a qualidade e o nível da educação.

Ademais, todos os profissionais da área de telecomunicação estão em constante transformação. O Brasil, assim como outros países da América Latina, possui deficiências de alta complexidade, o que aumenta a demanda por esses profissionais.

Profissões em alta no Brasil

Além das variáveis nas profissões que vimos no tópico anterior, existem carreiras que estão em alta no Brasil. São elas:

1 – Gerente de recursos humanos

Esse profissional é responsável por todo o departamento de RH, e tem como foco desenhar estratégias para o pessoal do negócio.

Para se destacar no cargo, é necessário ter foco em resultados e visão, estar sempre atualizado em relação às práticas de RH e reestruturação organizacional.

Pode trabalhar em todo tipo de empresa, como um espaço de coworking, e o domínio de um segundo idioma é um requisito importante.

2 – Gerente de cyber security

Esse profissional garante a segurança da informação dentro da companhia, se responsabiliza pela área de riscos, além de cuidar da segurança e governança cibernética.

Implementa processos de segurança e direciona iniciativas em ferramentas e projetos de tecnologia, com o objetivo de evitar ataques que prejudiquem a corporação.

Para atuar, é imprescindível que tenha conhecimentos em gestão de segurança, políticas de governança, auditoria e riscos.

3 – Especialista em segurança digital e infraestrutura

Esta é outra profissão da área da tecnologia que estará em alta em muitas empresas, como uma gráfica que produz cartão de visita esteticista.

Trata-se de um profissional bastante requisitado no mercado, uma vez que possui profunda experiência em legislação e domínio técnico para estruturação de departamento e documentos.

Elabora equipes focadas na identificação de fraudes, golpes e táticas de roubo, evitando que dados sensíveis da empresa sejam expostos.

Esse profissional precisa estar atualizado no que diz respeito às ferramentas de proteção e ameaças que possam surgir.

4 – Analista de UX

Esse profissional identifica problemas de usabilidade em interfaces, resolvendo problemas e otimizando a experiência do usuário.

Se ele for trabalhar com o site de um médico domicílio, por exemplo, precisa enxergar esse serviço com os olhos do usuário para compreender sua viabilidade.

As companhias que contratam esses profissionais procuram aqueles que tenham experiência com prototipagem e pesquisa. Um grande diferencial é ter experiência com front-end, visto que tem interface com essa área.

Também é fundamental que esse profissional domine o inglês, tendo em vista que as ferramentas usadas, geralmente, estão nesse idioma.

5 – Analista contábil

Esse profissional faz relatórios e conciliações, atendimento a auditorias externas, revisão de demonstrações financeiras e aprovação e revisão de ordens de compra, baseando-se na classificação contábil e condições financeiras.

Ele também atua no rateio de custos, mas, para isso, é importante ser formado em Ciências Contábeis e sistemas ERP (sistema integrado de gestão empresarial).

6 – Coordenador de suprimentos

Seu objetivo é conduzir as negociações, e assim buscar, de maneira estratégica, novos fornecedores e alternativas no mercado. Com isso, é possível rentabilizar o orçamento de determinada área.

Também tem relação com produção e logística, planejando fluxo de compras para curto, médio e longo prazo.

Tendências de profissões para 2021

Agora que você já sabe quais são as profissões em alta no Brasil, vamos mostrar aquelas que têm um grande potencial de crescimento para ainda este ano. Dentre elas, temos:

Marketing

A popularização da internet fez com que o marketing ganhasse mais espaço, indo muito além da elaboração de anúncios para mídias tradicionais e outdoors.

A internet é a principal ferramenta para que uma fabricante de agenda personalizada com nome, por exemplo, consiga captar seus clientes. Então, existe uma vasta demanda por profissionais que saibam trabalhar com mídias digitais.

Essa área também permite um trabalho mais específico, indo além do digital, permitindo que as pessoas sigam carreiras em marketing digital, marketing esportivo, marketing político, dentre muitos outros.

Também merece destaque o neuromarketing, uma área que busca entender a reação cerebral dos consumidores, quando expostos a diferentes tipos de mídias e propagandas.

Relações Internacionais

Com a economia brasileira cada vez mais aberta, é possível investir na abertura de negócios, como uma gráfica focada na produção de talão de orçamento personalizado.

Isso também faz com que surjam acordos entre diferentes países, e um profissional especializado em ajudar as empresas a fazerem parcerias internacionais é cada vez mais procurado.

Quem é formado em Relações Internacionais pode trabalhar em setores voltados para o meio ambiente, ONGs, serviços públicos ou até mesmo prestar consultorias para instituições de diferentes segmentos.

Inclusive, esta é a profissão de Diplomatas e Embaixadores, por isso, é essencial dominar um segundo idioma, de preferência o inglês.

Administração

Quando falamos em administração, estamos nos referindo a uma área bastante ampla, que permite ao profissional atuar em empresas de diferentes portes, ou até mesmo criar o seu próprio negócio.

Você pode trabalhar até mesmo em um escritório de arquitetura focado na criação de ambiente de estudo adequado, cuidando de toda sua parte administrativa.

O administrador é capaz de gerenciar qualquer tipo de companhia e atuar em diferentes setores da organização, como RH, logística e comércio exterior. É exatamente por isso que essa profissão se mantém em alta.

Conclusão

Sabemos o quanto é tentador seguir uma carreira tradicional, valorizada pela sociedade, mas é mais importante e recomendável que você analise o mercado.

Ele é quem dita quem vai ganhar dinheiro e quem vai ter acesso a mais oportunidades, atuando em áreas em forte crescimento e expansão.

Neste artigo, você conheceu algumas delas, mas existem muitas outras. Avalie todas aquelas com as quais mais se identifica para fazer uma escolha assertiva. Assim, o sucesso do seu futuro profissional estará garantido.

Esse texto foi originalmente desenvolvido pela equipe do blog Guia de Investimento, onde você pode encontrar centenas de conteúdos informativos sobre diversos segmentos.

Campanha Always On Cronograma
Você pode gostar também