Classificada como uma das áreas mais amplas da Medicina, a Urologia oferece excelentes oportunidades de trabalho para os profissionais. Com a necessidade de fazer residência (em Urologia e Cirurgia em geral), após 6 anos de graduação, o urologista é um profissional que precisa de no mínimo 11 anos de formação acadêmica para estar habilitado a atuar na área.

Você já sabe o que faz um urologista e quais são as possibilidades de carreira? Em vista disso, preparamos um post abordando as principais questões acerca da carreira de um urologista, considerando desde a formação acadêmica necessária até sua colocação no mercado de trabalho. Confira!

O que faz um urologista?

O médico urologista é o responsável por tratar de todo o sistema urinário humano, englobando assim desde a prevenção de doenças urinárias até a realização de cirurgias e análises clínicas. Esse profissional pode atender tanto pacientes homens quanto mulheres, contudo, a saúde do homem é mas trabalhada nessa área, já que a Urologia também engloba a Andrologia.

Podendo atuar tanto como médico clínico quanto médico cirúrgico, a rotina de um médico urologista pode ser em consultórios, realização de cirurgias, acompanhamento de pacientes e prescrição/análises de exames de diagnósticos.

Doenças tratadas pelo urologista

Esse profissional pode tratar basicamente qualquer tipo de doença que afete o órgão sexual masculino, uretra, próstata, testículos, rins, bexiga e qualquer outra região que faz parte do sistema urinário e reprodutivo (do homem).

Em relação às doenças tratadas pelo urologista, podemos destacar:

  • inflamação no trato urinário;
  • infertilidade; 
  • pedra nos rins; 
  • impotência sexual
  • ejaculação precoce;
  • incontinência urinária;
  • infecções urinárias em geral.

Formação de um urologista

Como já destacamos acima, são necessários ao menos 11 anos para se tornar um médico urologista, dos quais 6 anos são do curso de Medicina e mais 5 anos pelas residências de Urologia e Cirurgia em geral.

Curso de Medicina

Sendo concluído no mínimo em 6 anos (ou 12 semestres letivos), o curso de Medicina sem dúvidas é uma das graduações mais concorridas do Brasil.

Pode ser cursada tanto em uma universidade particular quanto em uma privada, e o estudante que deseja se tornar médico precisa obrigatoriamente ter bons conhecimentos em Biologia e Química.

sistema urológico

Grade curricular

Entre as matérias mais importantes do curso de Medicina, temos:

  • Introdução ao Estudo da Medicina;
  • Pele e Tecidos Moles;
  • Sistema Cardiovascular;
  • Sistema Respiratório;
  • Sistema Endocrinológico;
  • Anatomia;
  • Clínica Cirúrgica;
  • Doenças Infectocontagiosas;
  • Morfofisiologia;
  • Saúde Coletiva.

Onde estudar

Entre as universidades que oferecem o curso de Medicina, temos:

  • Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG);
  • Universidade Federal da Bahia (UFBA);
  • Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS);
  • Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ);
  • Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP);
  • Universidade Federal do Paraná (UFPR);
  • Universidade de Brasília (UNB);
  • Universidade Federal do Ceará (UFC);
  • Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC);
  • Universidade Federal de Pernambuco (UFPE);
  • Universidade Federal de Santa Maria (UFSM);
  • Pontifícia Universidade Católica de Minas Gerais (PUC Minas)
  • Pontifícia Universidade do Rio Grande do Sul (PUC RS).
Eligis - teste vocacional e profissional

Mercado de trabalho

São várias as oportunidades de trabalho para essa profissão, entre elas podemos destacar:

  • Urologia pediátrica (voltada para o cuidado do sistema urinário de crianças e adolescentes);
  • Uroginecologia (específica para incontinências urinárias e saúde da mulher);
  • Andrologia (saúde do homem);
  • Endourologia (doenças urológicas detectadas a partir de endoscopias).

A carreira do médico urologista

Em relação às possibilidades de carreira dessa área, destacam-se os postos de trabalho em hospitais, clínicas e centros de saúde privados (com a possibilidade de realização de plantões).

Outra perspectiva é a realização de um concurso público da área da saúde, para atuar em hospitais públicos e postos de saúde.

Carreira acadêmica

Para os profissionais que desejam alinhar Medicina com educação, há também opções para desenvolver uma carreira acadêmica, lecionando em universidades e outras instituições de saúde.

É interessante destacar aqui que essa possibilidade abre várias portas, isso porque existem muitos cursos de graduação na área da saúde. Ou seja, o médico urologista que optar por traçar uma carreira acadêmica pode lecionar para alunos do curso de Enfermagem, Fisioterapia e outras áreas de conhecimento da saúde humana.

Abrir a própria clínica

Além de ir para a rede privada de saúde ou participar de um concurso público (tanto para lecionar quanto para trabalhar em centros públicos de saúde), o urologista pode escolher abrir a própria clínica.

Contudo, essa trajetória de carreira geralmente é viável após anos de experiência. Isso porque demanda um alto investimento (custos com o local para os atendimentos, maquinário para a realização de exames, marketing, contratação de funcionários, entre outros).

É preciso esclarecer, ainda, que, ao escolher abrir o próprio negócio, o médico urologista deve ter bons conhecimentos em empreendedorismo, já que ele estará abrindo uma empresa e precisará tomar várias decisões administrativas.

Salário de um urologista

Esse profissional no Brasil é muito bem remunerado, recebendo em média R$ 10.000,00. Porém, esse valor pode ser ainda maior conforme a experiência do médico e o porte do hospital.

Com isso, para os urologistas cirúrgicos mais experientes, salários de até R$ 20.000,00 podem ser alcançados, principalmente caso trabalhem em hospitais e clínicas de saúde considerados como referências na área.

Logo, após ler sobre os conhecimentos requeridos e formação necessária para ser um urologista, entendemos com mais facilidade por que essa profissão é bastante valorizada no Brasil. Cabe relembrar que a Urologia é uma subespecialidade médica, ou seja, após 6 anos de graduação em Medicina, é necessário entrar em uma residência para se tornar um médico urologista.

Achou interessante o post sobre a carreira de um urologista? Saiba agora tudo sobre outra especialidade: Neurologia!

Você pode gostar também