Não é de hoje que o ramo da tecnologia tem despontado como um dos mais promissores do mercado. Afinal, o universo digital se estabeleceu como essencial nas relações das empresas com os clientes. Por conta disso, diversos jovens têm se interessado pela área e questionado, por exemplo, quanto ganha um analista de sistema.

Essa dúvida não é à toa, pois eles estão engajados em saber qual delas tem a melhor remuneração e, de quebra, conta com melhores chances de empregabilidade.

Portanto, para ajudá-lo a ficar afiado sobre essa carreira, preparamos este post com as principais perguntas e respostas sobre ela. Vamos à leitura!

Como ser um analista de sistema?

Como ponto de partida do nosso texto, vamos esclarecer qual o caminho a seguir para se tornar um analista de sistema, combinado?

Para essa carreira, é necessário que você faça um curso de Análise e Desenvolvimento de Sistemas. Essa é uma graduação tecnológica que tem uma duração bem enxuta — apenas quatro semestres para ser finalizada.

Ela tem como foco o desenvolvimento de competências profissionais acerca dos princípios de programação e estruturação de redes, sistemas e computadores.

Ela é bastante relevante na atualidade, porque os negócios dependem cada vez mais da tecnologia virtual. E acredite: isso não é só para atender o cliente e colocar em prática as estratégias de marketing, mas também para gerir internamente linhas de produção, colaboradores, projetos, recursos financeiros e materiais etc.

O que é estudado em Análise e Desenvolvimento de Sistemas?

A grade curricular do curso traz uma diversidade de disciplinas práticas e interdisciplinares para que você consiga dominar e exercitar constantemente os conteúdos que aprende, em especial aqueles com linguagem mais informatizada e teor técnico. Veja algumas delas:

  • Arquitetura e Organização de Computadores;
  • Algoritmos e Programação Estruturada;
  • Segurança e Auditoria de Sistemas;
  • Lógica Computacional;
  • Redes de Computadores;
  • Sistemas Operacionais.
quanto ganha um analista de sistema

Quais faculdades têm essa graduação?

O curso em Análise e Desenvolvimento de Sistemas pode ser feito em diferentes faculdades do país. Porém, é inegável que as instituições particulares saiam na frente por oferecerem o curso a distância, com diferentes formatos de vestibular ao longo do ano para novos ingressantes, disponibilizarem bolsas e descontos para os acadêmicos e muito mais.

Abaixo, nós reunimos algumas opções de faculdade onde você pode obter essa formação e, futuramente, investir em uma pós-graduação (mestrado, doutorado, especialização e/ou MBA). Confira quais são elas:

O que faz um analista de sistema?

Não sabe o que faz um analista de sistema? Pois a gente explica! O trabalho dele consiste em projetar, implementar e monitorar os sistemas operacionais que vão rodar nos mais diferentes aparelhos, desde computadores a smartphones.

Isso é de suma importância porque eles recebem, compartilham e armazenam dados o tempo todo. Informações livres e restritas que não são apenas do funcionamento do negócio, do fluxo de caixa dele e das transações financeiras que ele opera.

Vai além disso, pois também há dados dos consumidores. Um material vasto que não pode ser vazado nem roubado, pois prejudicaria (e muito) o posicionamento da empresa no mercado e, em especial, a relação entre ela e o cliente.

Portanto, esse profissional assume o papel de fazer vistorias, aplicação de testes, otimizações e correções estruturais para preservar o funcionamento da rede e, é claro, o banco de dados dela.

Quanto ganha um analista de sistema?

O salário médio do analista de sistema, como destaca o informe do site Salário, é de R$ 5.730,95. Por sua vez, o salário mínimo em 2021 no país é de somente R$ 1.100,00. Logo, a renda dessa categoria é alta e, sem dúvidas, faz jus ao importante trabalho realizado diariamente.

Abaixo, ainda trazendo dados da mesma plataforma, você vai ter uma dimensão dos rendimentos desse profissional à medida que aumenta o tempo de atuação dele em grandes empresas do mercado. Fique atento!

Salário do analista de sistema júnior

O salário do analista de sistemas júnior fica em torno de R$ 6.326,87. Ele é aquele profissional que tem até quatro anos de experiência e que, geralmente, tem um papel maior de assistência à equipe de TI, além de um envolvimento grande em recursos tecnológicos de manutenção da empresa.

Salário do analista de sistema pleno

O salário do analista de sistemas pleno está na faixa de R$ 6.694,52. Para chegar a essa posição, o profissional já deve estar atuando entre quatro e seis anos ininterruptos, preferencialmente na mesma companhia. Ele assume uma carga considerável de responsabilidades, como a coordenação de equipes e colaboradores de outros campos da TI.

Salário do analista de sistema sênior

O salário do analista de sistemas sênior é de R$ 7.332,27. Aqui o profissional tem entre seis a oito anos de mercado. É aquele que está no comando de departamentos ou unidades de otimização tecnológica e tem poder de decisão nos investimentos que a empresa direciona para a área dele.

Como é o mercado de trabalho?

O mercado de trabalho para um analista de sistema pode surpreender você. Isso porque ele não se limita a canto A ou canto B como muitos podem acreditar por falta de informação. Por exemplo, ser restrito à companhia de serviços de tecnologia ou somente aos departamentos de TI nas empresas. Nada disso!

A verdade é que você pode trabalhar em parques industriais, redes de comércio, instituições bancárias, órgãos públicos, instituições do terceiro setor, corporações policiais e/ou militares, organizações de partidos políticos e por aí vai.

Resumindo: o mercado pode levá-lo a diferentes locais de atuação. Tudo vai depender da área que você escolher para se especializar e obter experiência profissional.

E então, sanou suas dúvidas sobre quanto ganha um analista de sistema e qual é o panorama dessa profissão? Continue pesquisando sobre o ramo, as faculdades onde você pode se formar e os diferenciais do curso. Afinal, quanto mais informação e atualização, mais certeira fica a sua escolha profissional!

E se você quer uma ajuda mais qualificada para avaliar se essa é ou não a área na qual deve investir, não perca tempo: realize o nosso teste vocacional!

Você pode gostar também