No Brasil, os empregos destinados aos servidores públicos tradicionalmente são muito bem-vistos pela sociedade, principalmente porque eles são sinônimos de estabilidade profissional — o que é difícil de encontrar no mercado privado. Um exemplo de órgão público que se encaixa nesse contexto é a Polícia Federal, que atrai a atenção de milhares de pessoas a cada concurso. Você já sabe quanto ganha um policial federal?

Contendo profissionais de vários ramos, a Polícia Federal do Brasil é uma instituição extremamente conceituada e renomada no país, o que obrigatoriamente a faz ser composta por pessoas altamente capacitadas e técnicas.

A remuneração desses servidores precisa estar à altura da responsabilidade de seus cargos, como destacamos a seguir. Confira!

Quanto ganha um policial federal? 

Não há um salário fixo para esses servidores, até porque existem diferentes postos de trabalho dentro do órgão. Confira os principais a seguir.

Delegado da Polícia Federal

O profissional deve ter graduação no curso de Direito, e pelo 3 anos de atuação no setor judicial ou policial. Um delegado da Polícia Federal recebe inicialmente cerca de R$ 23 mil mensais.

Esse é o cargo mais cobiçado dentro da Polícia Federal, seja pela remuneração alta após alguns anos de serviço (alcançando até R$ 30 mil), seja pelo nível hierárquico associado a ele.

Agente da Polícia Federal

Cargo que geralmente não especifica a área de formação no ensino superior, um agente da Polícia Federal é remunerado por volta de R$ 12 mil. É interessante destacar que esse valor é inicial, ou seja, conforme o servidor evolui na carreira, seu salário também sofre reajustes.

Escrivão da Polícia Federal

Outra carreira que também não exige especificação de áreas do ensino superior é o escrivão da Polícia Federal, que recebe inicialmente a mesma quantia que os agentes federais: cerca de R$ 12 mil.

Mesmo sendo igualmente remunerados, agentes e escrivães desempenham diferentes funções. Enquanto o agente é designado para as tarefas de investigação, inspeção e administrativas em geral, o escrivão pode lavrar documentos, realizar formalidades processuais e trabalhar em diligências policiais.

Perito criminal federal

pegada perito criminal

Para ser um perito criminal da Polícia Federal, é preciso ser formado em algumas das seguintes áreas: 

Esse tipo de servidor é muito bem valorizado, recebendo inicialmente R$ 23.692,74. Cabe lembrar que esse alto salário se deve à alta complexidade de realizar um serviço de perícia criminal, que envolve uma série de fatores técnicos e científicos.

Papiloscopista da Polícia Federal

Podendo ser formado em diversas áreas do ensino superior, um papiloscopista da Polícia Federal recebe, em início de carreira, cerca de R$ 12 mil. Sobre as funções, é de responsabilidade do profissional acompanhar os serviços de identificação humana a partir das impressões digitais.

Quanto ganha um policial aposentado?

É muito relativo falar do salário de um policial federal aposentado porque há vários fatores que influenciam nesse valor, tais como:

  • cargo desempenhado pelo servidor;
  • anos de contribuição no INSS;
  • nível de carreira alcançado enquanto o servidor estava ativo;
  • tipo de plano de carreira previsto em seu edital de ingresso.

Mesmo levando em conta todos esses fatores, um policial federal aposentado não recebe menos que R$ 13 mil. Se pensarmos em um delegado da Polícia Federal aposentado ou em um perito criminal após mais de 30 anos de dedicação ao governo, esse valor pode ser muito maior, alcançando mais de R$ 31 mil por mês.

Como se tornar um policial federal?

É relevante ressaltar que todo policial federal precisa ter curso superior, já que o edital desse tipo de concurso público restringe a participação para os candidatos formados. Vale lembrar que os cursos tecnólogos são classificados como de nível superior.

Eligis - teste vocacional e profissional

Depois de preencher esse primeiro pré-requisito, é necessário que o candidato passe por uma série de fases do processo seletivo antes de ser aprovado. Confira quais são elas a seguir:

  • ser aprovado na prova escrita da Polícia Federal;
  • ser aprovado na bateria de testes físicos;
  • ser aprovado na avaliação médica clínica;
  • ser aprovado no teste psicotécnico.

Somente depois de passar por todas essas etapas que é possível se tornar um policial federal no Brasil.

Quais são as áreas da Polícia Federal?

Por se tratar de uma polícia que opera em um âmbito federal, há vários campos de atuação desse órgão. Confira os principais a seguir.

Fiscalização de fronteiras

É papel da Polícia Federal monitorar todas as fronteiras do país (terrestres, aéreas e fluviais), combatendo principalmente a pirataria de produtos, a evasão de divisas, as fugas e o tráfico de drogas.

Combate ao terrorismo

Mesmo não sendo um país tradicionalmente conhecido por sofrer atos terroristas (como é o caso dos Estados Unidos e da França, por exemplo), o Brasil precisa ter um serviço de inteligência capaz de detectar possíveis células terroristas atuando em seu território

Dessa forma, também é papel da Polícia Federal identificar e neutralizar todas as ameaças de cunho terrorista.

Combate ao desvio de dinheiro público e sonegação de impostos

Uma prática muito comum entre os criminosos financeiros é o de enviar dinheiro e cifras para fora do país de forma ilegal. Nesse quesito, a Polícia Federal também precisa atuar de forma intensiva, evitando que as riquezas econômicas do país sejam extraviadas.

Agora que você já sabe quanto ganha um policial federal, fica mais claro o porquê desse tipo de concurso público ser tão cobiçado entre os estudantes, certo? É importante frisar que além de estabilidade profissional, esse servidor conta com um ótimo plano de carreira, que reajusta seu salário de acordo com as metas previamente estabelecidas pelo governo federal.

Está estudando para o vestibular mas ainda não sabe qual curso fazer? Leia o nosso post sobre dicas de como escolher o curso de graduação!

Campanha Always On Cronograma
Você pode gostar também