O teste vocacional é de grande ajuda para diversas pessoas, mas principalmente para os estudantes que estão terminando o Ensino Médio, visto que estes estão se preparando para o vestibular e, por esse motivo, precisam decidir qual carreira seguir.

Entretanto, muitos têm medo de tomar uma decisão errada e perder tempo com um curso que não seja do seu agrado. Para superar esse período, uma das melhores soluções é o teste vocacional.

Há quem conheça ou já tenha ouvido falar a respeito dessa metodologia, mas ainda há muitas dúvidas em relação à sua eficácia e ao modo como é aplicada. Inclusive, algumas pessoas deixam de realizar esse teste por desconhecer os seus benefícios.

Outros simplesmente não realizam por desconfiar de seus resultados. No entanto, esse teste é essencial para auxiliar os jovens em suas tomadas de decisão, no que diz respeito à profissão que deveriam seguir.

Conforme o fim do Ensino Médio se aproxima, os alunos vão se sentindo mais ansiosos, se vendo diante de uma mudança radical em relação à rotina que os acompanhou durante toda a vida.

Pensando nisso, neste artigo, vamos explicar o conceito de teste vocacional, sua importância e benefícios de ter esse tipo de orientação. Acompanhe a leitura!

menina fazendo teste vocacional

Afinal, o que é um teste vocacional?

Teste vocacional é uma ferramenta utilizada para orientação profissional. Ele identifica as afinidades que uma pessoa tem com determinada área do mercado de trabalho, de acordo com cada perfil.

A partir disso, o indivíduo é direcionado para um ramo com o qual mais se identifica e tem aptidão para seguir carreira.

Esse teste pode ser aplicado em uma escola particular fundamental e que também ofereça o Ensino Médio. Ele surge em um momento de transformação e ajuda os jovens a superar crises de indecisão e a se descobrirem como profissionais.

O teste vocacional também permite entender os valores ideais de uma pessoa, suas habilidades e suas expectativas.

É um modo de auxiliar profissionalmente aqueles que desejam entrar na universidade e evitar que eles mudem de curso ou se desviem de sua carreira.

Hoje em dia, é possível encontrar na internet questionários que prometem fazer essa orientação profissional, mas as páginas que oferecem esse recurso dão apenas uma visão superficial em relação ao futuro do aluno.

Para ter acesso a um resultado confiável, é importante que o teste seja aplicado por um psicólogo. Este profissional está habilitado para entender o perfil comportamental do jovem e utiliza métodos investigativos para orientá-lo.

É dessa forma que o teste cumpre sua função de direcionar as habilidades e mapear as competências que ainda precisam ser desenvolvidas.

Agora que você já sabe o que é teste vocacional e qual é a sua função, no próximo tópico, vamos abordar a sua relevância.

Entendendo a importância dessa ferramenta

Nem todo mundo sabe quais são suas aptidões ou talentos desde a escola, portanto, saber qual profissão seguir não é uma tarefa fácil para todas as pessoas.

É necessário conhecer muito bem a si próprio e ter um certo grau de maturidade, além de acesso à informação sobre as profissões para tomar essa decisão de maneira assertiva durante o período escolar.

Por exemplo, enquanto um adolescente sabe que quer dar aula de música, outro não faz ideia da carreira que deseja seguir.

Os fatores que mencionamos são fundamentais para concretizar uma decisão assertiva, mas todos eles devem ser bem organizados.

O teste vocacional vai traçar um caminho ideal para que o aluno faça suas escolhas de maneira mais segura, considerando todos os aspectos da profissão, como os desafios emocionais e a posição social que ela traz consigo.

Ele funciona como uma avaliação, em que o indivíduo precisa responder a um questionário e, ao final, são indicadas algumas sugestões de carreira.

Durante a conversa com o psicólogo, ele também aplica dinâmicas e exercícios, bem como apresenta as profissões relacionadas ao perfil do aluno.

Ele também pode apresentar áreas de interesse para que o estudante possa conhecer um pouco mais sobre as carreiras.

Benefícios trazidos pelo teste vocacional

Até aqui, você já entendeu qual é a importância deste teste, e chegou o momento de mostrar todos os benefícios de realizá-lo.

Afinal, o teste vocacional traz muitos benefícios para a orientação profissional, em um momento em que o aluno se vê diante de muitas reflexões. Por meio dele, é possível:

  • Identificar potencialidades e interesses;
  • Reduzir a ansiedade;
  • Transmitir conhecimento;
  • Quebrar barreiras e mitos;
  • Trabalhar a inteligência emocional;
  • Melhorar o autoconhecimento;
  • Desenvolver habilidades.

O teste pode ser realizado à mão ou por meio de um computador novo, mas independentemente do meio utilizado, ele traz uma série de vantagens, como:

1.    Desenvolve o autoconhecimento

Para ter uma carreira de sucesso, é essencial conhecer as próprias habilidades e o perfil comportamental e profissional. Também é dessa maneira que o aluno evita ter de trabalhar com algo que não gosta.

O aluno se vê livre da influência de familiares a respeito do seu futuro. Pelo fato de os adolescentes se sentirem perdidos, acabam dando ouvidos à opinião alheia.

Isso pode levá-lo a escolher uma profissão errada e torna o processo de decisão ainda mais estressante. Entretanto, o teste vocacional é capaz de amenizar a pressão, visto que gera autoconhecimento.

Diante de provas muito importantes como o Enem ou vestibular, muitos estudantes chegam a perder noites de sono. Além disso, eles investem muito em impressão de apostilas e outros materiais de estudo.

Nesse momento, o teste vocacional surge como uma ajuda para eliminar as carreiras com as quais o aluno não se identifica, afunilando as escolhas até chegar a uma lista de possíveis opções.

É dessa forma que você conhece melhor os seus talentos e descobre outros pontos fracos que precisa melhorar. O resultado do teste será usado como ponto de partida para a profissão mais adequada.

2.    Identificar suas potencialidades

Por meio do teste vocacional, o aluno descobre suas potencialidades e suas habilidades. Por exemplo, se ele tem muita facilidade para falar em público e consegue transmitir e ensinar informações, pode seguir carreiras como a Pedagogia.

Se o estudante tem potencial para argumentar, então pode escolher outras profissões, como o Direito. Com base nas perguntas e respostas e na orientação do psicólogo, essas potencialidades se destacam e ajudam a nortear a escolha do estudante.

3.    Reconhecer os pontos fracos

Assim como as potencialidades e habilidades são reconhecidas, o aluno também descobre quais são os seus pontos fracos.

Imagine, por exemplo, um adolescente que pretende fazer medicina, mas não pode ver sangue ou não tem paciência para lidar com pessoas doentes.

Dentro de um envelope personalizado para empresa, o psicólogo que realiza o teste entrega o resultado do teste destacando esses pontos fracos, que são inerentes ao caráter e à personalidade do aluno.

Respeitá-los também é fundamental para fazer uma escolha assertiva e, com isso, ter uma carreira de sucesso.

4. Ter maior orientação

O papel do teste vocacional é levantar as áreas de afinidade do aluno, e como o próprio nome sugere, ele faz o apontamento da vocação.

Por meio dele, o estudante vai alinhar as suas escolhas com as áreas que têm mais interesse. É feita uma série de perguntas, considerando as disciplinas escolares que o aluno mais gosta de estudar e as competências com as quais ele se identifica.

Durante a vida escolar, nos dedicamos a várias atividades como encadernação de livros, para termos acesso aos materiais necessários, mas às vezes, as escolas não desenvolvem o autoconhecimento necessário para escolher uma profissão.

Entretanto, por meio do teste vocacional, o aluno recebe uma orientação, e com base nela, pode fazer uma pesquisa mais aprofundada sobre as áreas que apareceram no resultado.

Ele pode descobrir um pouco mais sobre a faixa salarial e a situação do mercado de trabalho atualmente. Fazendo isso, ele consegue eliminar as chances de arrependimento no futuro.

5. Estimula a capacidade de reflexão

Todo profissional, como no caso de um colaborador de uma empresa de aluguel de impressora, precisa ter uma boa capacidade de reflexão para exercer as suas tarefas.

Mas no dia a dia, é difícil refletir sobre quem somos e quais são os nossos objetivos pessoais, por isso muitas pessoas não se conhecem muito bem.

O teste vocacional exige que o estudante pare para refletir sobre os seus desejos e os seus sonhos. Durante o processo, ele descobre pontos que nem imaginava a respeito de sua própria essência.

Conclusão

Para trabalhar com entrega de documentos ou qualquer outra profissão, é necessário ter vocação, caso contrário, a pessoa está predestinada a realizar uma atividade que não gosta, que não lhe traz satisfação o que, até mesmo, pode lhe causar estresse.

O teste vocacional tem como missão evitar esse tipo de situação e garantir que o aluno tenha uma carreira de sucesso, justamente por fazer aquilo que gosta e que corresponde à sua própria personalidade.

Mais do que ter uma profissão promissora ou ser bem-sucedido, o futuro profissional terá uma vida mais feliz e uma relação mais saudável com o seu próprio trabalho.

Esse texto foi originalmente desenvolvido pela equipe do blog Guia de Investimento, onde você pode encontrar centenas de conteúdos informativos sobre diversos segmentos.

Campanha Always On Cronograma
Você pode gostar também