Começaremos a falar sobre o assunto revelando um grande segredo para trabalhar com segurança privada e ter sucesso na profissão: fazer um tecnólogo em Gestão para a área.

Essa é uma opção inteligente para quem deseja um curso de nível superior, acelerando a entrada no mercado de trabalho. Aqueles que já trabalham podem candidatar-se a uma possível promoção.

Agora que você já sabe que o curso é a porta de entrada para uma carreira bem sucedida, vamos revelar tudo sobre ele. Acompanhe!

Como é o curso de Segurança Privada?

O curso de Gestão em Segurança Privada é um tecnólogo e, como tal, detém as características desse tipo de formação:

  • curta duração;
  • diploma de ensino superior;
  • permite que o formado curse pós-graduação, MBA, especialização, mestrado e doutorado.

Com duração de quatro semestres para formação em segurança privada, o estudante começa a adquirir conhecimentos generalistas, como:

Os últimos anos são dedicados a conhecimentos técnicos e específicos, completando a formação.

Grade curricular do curso de Segurança Privada

O curso de Gestão de Segurança Privada oferecido pela Anhanguera contém as seguintes disciplinas:

  • Análise e Gerenciamento de Risco;
  • Comportamento Organizacional e Negociação;
  • Comunicação e Gestão de Crise;
  • Fundamentos de Investigação e Criminalística;
  • Gestão de Pessoas;
  • Gestão de Projetos;
  • Legislação Empresarial Aplicada;
  • Legislação, Segurança e Medicina do Trabalho;
  • Matemática Financeira;
  • Métodos de Prevenção e Combate a Sinistro;
  • Métodos Quantitativos;
  • Modelos de Gestão;
  • Planejamento Estratégico em Segurança;
  • Segurança Bancária e Transporte de Valores;
  • Sociedade Brasileira e Cidadania;
  • Suporte Básico de Vida e Primeiros Socorros.
segurança privada

O que faz o gestor em segurança privada?

Todo trabalho gira em torno de proteger vidas e o patrimônio, seja ele residencial, seja ele comercial, seja ele pessoal.

Ou seja, as estratégias podem visar à proteção de uma casa, uma loja, veículos de luxo, todo um condomínio, um shopping ou qualquer outro espaço cuja administração exija que seja vigiada e protegida da ação de pessoas com intenções duvidosas.

Dito isso, apesar de o trabalho do gestor em segurança privada variar conforme seu campo de atuação, suas atividades envolvem administrar, coordenar e supervisionar um grupo de profissionais capacitados para resguardar pessoas e patrimônios, assim como garantir a execução correta de normas e procedimentos de segurança.

Além disso, também implementa e controla centrais de segurança e circuitos internos de equipamentos.

Durante o curso, o profissional também adquire conhecimentos necessários para trabalhar com projetos de segurança de grande porte.

Já pensou que incrível seria tornar-se responsável pela integridade das celebridades em um grande festival de música ou ao final de um reality show?

Perfil do profissional que trabalha com segurança

Para dar conta de desempenhar todas essas funções, o ideal é que o profissional desenvolva as seguintes habilidades comportamentais.

Disciplina

Depois do trabalho estratégico de segurança, a jornada em si é extensa e monótona. Ao mesmo tempo, exige máxima atenção durante todo o período em que a pessoa está em expediente.

Por isso, a disciplina é fundamental.

Atenção e boa memória visual

Todos os movimentos próximos ao local ou da pessoa que está sendo protegida devem ser observados com detalhes e atenção.

O profissional deve ter boa memória para identificar fisionomias e placas de carros, caso seja necessário atuar junto à polícia civil ou militar.

Discrição

Quem trabalha com segurança privada deve ser discreto e entender que, muitas vezes, vai lidar com situações e informações que são confidenciais.

Por exemplo, vamos supor que você vai fazer um esquema de segurança para proteger a integridade de uma obra de arte que será transportada entre museus do Brasil.

Não faz muito sentido comentar com os amigos os segredos para garantir que a obra chegue intacta ao destino, não é mesmo?

Cordialidade

Quando a segurança é de uma pessoa, o contato com terceiros é uma tarefa delicada. É preciso garantir uma distância segura entre o assegurado e o público.

Força física ou palavras duras devem ser as últimas opções, somente em casos extremos, conforme orientação do curso de Gestão ou vigilância.

Onde estudar Segurança Privada?

Você encontra o curso de Gestão de Segurança Privada na faculdade Anhanguera, modalidade presencial, em Campinas e Osasco.

Ambas cidades ficam no estado de São Paulo, pertinho da capital.

Mercado de trabalho

O portal Salário traçou um panorama sobre o profissional formado em Gestão de Segurança Privada.

De julho de 2020 até junho de 2021, o aumento de contratações formais em regime CLT foi de 38.64%.

Em relação ao pagamento das horas de trabalho, os setores que pagam os maiores salários são:

  • transporte rodoviário de carga, exceto produtos perigosos e mudanças, intermunicipal, interestadual e internacional;
  • serviços combinados de escritório e apoio administrativo;
  • comércio varejista especializado de equipamentos e suprimentos de informática;
  • serviços de engenharia e construção de edifícios;
  • condomínios prediais;
  • atividades de vigilância e segurança privada.

Considerando as cidades, as horas de salário mais bem pagas estão em:

  • Rio de Janeiro (RJ);
  • Belo Horizonte (MG);
  • São Paulo (SP);
  • Campinas (SP);
  • Curitiba (PR).

Falando em salários cheios, a média salarial brasileira é de R$ 5.935,67. Lembrando que as atribuições do tecnólogo em segurança privada são diferentes do vigilante.

Parte da rotina do gestor em segurança privada envolve:

  • administrar equipes de segurança;
  • coordenar atividades de inteligência empresarial;
  • elaborar planos de segurança;
  • gerenciar atividades de segurança, bem como os recursos financeiros e materiais;
  • realizar análise de risco.

Já o dia a dia do vigilante exige:

  • controlar objetos, cargas e veículos;
  • escoltar pessoas e mercadorias;
  • fiscalizar pessoas, cargas e patrimônio.

Nesse caso, não é necessário formação no tecnólogo de Gestão de Segurança Privada, mas de vigilante, e a média salarial brasileira é de R$ 1.390,76.

O mercado para gestor em segurança privada pode reservar altas recompensas, se o estudante souber investir na carreira.

Traçar planos de segurança para pessoas, empresas e condomínios de luxo é uma necessidade dos empreendedores, e o mercado imobiliário de alto padrão tem crescido no Brasil.

Se você é uma pessoa visionária e procura estudar sobre as tendências econômicas brasileiras antes de decidir o que fazer da vida, talvez a segurança privada seja uma grande oportunidade.

Em caso de dúvidas, a Orientu está aqui para ajudá-lo por meio do teste vocacional.

Campanha Always On Cronograma
Você pode gostar também