Provavelmente, apesar de já ter ouvido muito falar em ensino a distância, talvez ainda não conheça muito sobre a faculdade semipresencial. Essa é uma alternativa que tem sido cada vez mais procurada pelos estudantes universitários.

Para entender como funciona e saber quais são as vantagens envolvidas nesse modelo, basta acompanhar esta leitura. Selecionamos as principais dúvidas sobre o assunto e vamos responder todas elas para você. Faça proveito deste conhecimento!

O que é faculdade semipresencial?

Se você parar para analisar com atenção o termo, já vai perceber o seu significado. O prefixo “semi” indica a ideia de “quase” ou “metade”, o que quer dizer que essa é uma modalidade de ensino que não é totalmente presencial.

Na realidade, não podemos considerar o conceito de metade, pois a divisão das atividades presenciais e online deve variar bastante e de acordo com a estrutura de cada curso.

A condição imposta pelo MEC (Ministério da Educação) é que as aulas a distância não ultrapassem a carga de 20% de toda a formação, para que não seja considerada como uma EAD.

Ou seja, a maior parte da programação didática ainda acontece nos encontros físicos, com a vantagem de poder contar com os recursos tecnológicos e virtuais para cumprir uma parcela do curso.

Como funciona a faculdade semipresencial?

Essa é uma resposta que depende muito das escolhas de cada instituição de ensino e também das exigências do MEC. Existem normas que devem ser seguidas para oferecer formações credenciadas pelo órgão em cada área.

Por exemplo, alguns cursos precisam de mais aulas práticas para que o aluno aprenda sobre determinados assuntos ou desenvolva certas habilidades. O uso de laboratórios é uma das situações que acabam demandando a visita ao polo.

Em outros campos do conhecimento, essa não é uma necessidade, e a carga teórica é maior do que a prática. Então, a faculdade define a frequência dos encontros presenciais, e o ambiente virtual serve para complementar o estudo.

Qual é a diferença entre faculdade semipresencial e EAD?

A diferença é que um curso EAD acontece majoritariamente a distância, enquanto a opção do semipresencial integra um pouco do ensino online em um curso presencial.

Em geral, os alunos do EAD precisam visitar a faculdade apenas para realizar as atividades presenciais obrigatórias — como provas e apresentação de trabalho como o TCC (Trabalho de Conclusão de Curso). Todo o resto costuma ser realizado por uma plataforma virtual de aprendizagem, sendo esse o principal meio de estudo e comunicação.

No modelo semipresencial, não há essa “supremacia” do ensino a distância. As tarefas são equilibradas, e muitas delas continuam exigindo a presença física do estudante.

Apesar de ser uma alternativa com um pouco mais de flexibilidade do que um curso presencial, não há tanta autonomia como no EAD, mas há quem prefira essa combinação.

Eligis - teste vocacional e profissional

Quais os benefícios a faculdade semipresencial oferece?

Conhecer as vantagens de cada opção é uma missão importante para os novos estudantes, principalmente para ajudar nas decisões pessoais ao escolher uma faculdade em São Paulo ou em outra grande cidade, por exemplo.

No caso da faculdade semipresencial, o principal atrativo é poder unir os benefícios do ensino presencial e a distância.

Isto é, o contato físico e a interação com professores ou colegas não são perdidos. A preservação das aulas presenciais garante espaço para fazer amizades, trocar experiências e desenvolver o networking fora do ambiente digital.

Por outro lado, a possibilidade de fazer parte do curso pela internet e com maior flexibilidade deixa a rotina mais leve para qualquer pessoa.

Não é necessário deslocar-se para o campus todos os dias, e cada um pode organizar os seus horários como for mais conveniente. Isso otimiza o tempo para que outros compromissos sejam cumpridos.

Outra vantagem que não pode passar despercebida é a economia financeira. Os cursos EAD e semipresenciais tendem a ser mais baratos, já que a própria instituição de ensino tem uma redução de custos na estrutura desses modelos.

faculdade semipresencial

Como é a aceitação do mercado?

A resposta do mercado ao crescimento do ensino a distância tem sido muito positiva. As dúvidas sobre a qualidade dos modelos que integram o EAD já não é um problema, até porque muitos profissionais competentes e bem-sucedidos estão fazendo a diferença em seus trabalhos.

Diante disso, não há motivo para existir qualquer receio de os diplomas EAD e semipresencial não terem a mesma validade do presencial ou não serem bem aceitos. Inclusive, a realidade aponta para o movimento contrário.

Os benefícios do ensino a distância ajudam no processo de capacitação das pessoas, oferecendo facilidades para que as formações sejam concluídas. Ao mesmo tempo, não estamos falando de um método com pior qualidade ou que pode ser classificado como “mais fácil”.

A liberdade e autonomia precisam ser acompanhadas de muita organização, disciplina e comprometimento dos alunos — o que são características valorizadas no mundo do trabalho.

É essencial ser proativo para estabelecer o seu próprio ritmo de aprendizado, lidar com todas as tarefas e estudar mesmo quando não há ninguém por perto para cobrar você por isso.

O maior contato com as tecnologias durante os estudos é mais um ponto favorável, que contribui para a instrução dos futuros profissionais. Afinal, a falta de intimidade com ferramentas tecnológicas simples é capaz de ser prejudicial em algum momento da carreira.

Por essas e outras razões, a verdade é que o mercado tem valorizado todos aqueles que passam pelo EAD, ainda mais pela modalidade semipresencial que combina as duas experiências.

O aluno tem a chance de aprender nos dois ambientes e sai mais preparado para enfrentar os desafios do mercado, que também envolvem o mundo real e virtual.

Enfim, a faculdade semipresencial é, certamente, uma opção que deve ser considerada por quem está prestes a iniciar um curso superior. Se você ainda está em dúvida sobre qual faculdade fazer, pesquise se as graduações do seu interesse são oferecidas nesse formato e avalie a oportunidade!

O que achou de saber mais do assunto? Se gostou do nosso conteúdo, aproveite para experimentar o aplicativo Orientu e conferir no blog quais são as melhores faculdades do país!

Você pode gostar também