A carreira pública é uma das mais almejadas no Brasil pelo fato da estabilidade, dos bons salários e dos benefícios diversos. Por isso, o concurso Polícia Civil é um dos que têm atraído milhares de candidatos, aumentando, a cada ano, a concorrência. Portanto, é preciso investir na preparação e também saber se você tem o perfil para seguir na área de segurança pública.

Se você está de olho em uma das vagas que serão abertas para esse concurso, selecionamos informações imprescindíveis de olho em sua realização profissional. Confira!

Concurso Polícia Civil 2021: como funciona?

O concurso Polícia Civil de SP é voltado apenas para quem já concluiu o ensino superior. Na função de investigador ou escrivão, podem participar pessoas de todas as áreas do conhecimento. Em outros estados, há cargos para ensinos fundamental ou médio.

Já para delegado, somente quem é formado em Direito. Nesse caso, não é exigida aprovação no exame da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB), nem mesmo experiência na advocacia.

No caso do perito criminal, as formações devem ser nas áreas de Biologia, Contábeis, Ciências da Computação, Engenharia, Física, Fotografia, Geologia, Odontologia ou Química. Legistas necessitam de curso de Medicina.

Além disso, há outros requisitos, como ser brasileiro, maior de 18 anos, não possuir antecedentes criminais e ainda ter:

  • as obrigações militares para homens em dia;
  • os deveres eleitorais em dia;
  • o CPF regularizado;
  • idade mínima de 21 anos para alguns cargos e máxima de 45 anos;
  • aptidão física e mental;
  • mínimo de habilitação categoria B;
  • boa conduta social.

Sendo uma polícia estadual, os editais são regionais, assim como a aplicação das provas. O concurso é composto por uma prova objetiva. Quem for aprovado nessa primeira fase, passa por outros testes, como avaliação psicológica, investigação social e físicos.

Caso o candidato seja aprovado em tudo, ainda terá mais um desafio pela frente: a formação na Academia da Polícia Civil.

É quando as pessoas aprenderão informações específicas da profissão, como aulas de tiros, abordagens, conduzir uma investigação etc.

Para isso, é preciso gostar de leis, ser uma pessoa que consegue atuar sob pressão (resiliência), coragem, hábito de leitura e conhecimentos específicos para algumas funções, como digitação no caso do escrivão.

Agora que você já sabe alguns requisitos para investir nessa formação, vamos mostrar alguns concursos que devem divulgar os editais nos próximos meses.

Concurso Polícia Civil SP

Sendo um dos mais esperados, o concurso da Polícia Civil do Estado de São Paulo já está autorizado, com salários que vão até R$ 10.579. Estão previstas 2.939 vagas.

Com o avanço da vacinação contra o coronavírus, é bem provável que esse edital saia ainda no segundo semestre. Como a divulgação não aconteceu até o momento, o valor da taxa de inscrição é indefinido.

Os cargos serão para delegado, investigador, escrivão e agente, com vencimentos a partir de R$ 4.435.

Muita gente já está se preparando para essa prova, pois existe um déficit imenso de profissionais na Polícia Civil de SP, ou seja, tudo indica que essa prova aconteça ainda em 2021, mas não existe uma confirmação oficial.

Outro limitador é que vários projetos de lei por parte dos deputados estaduais estão alterando questões como insalubridade, o que dificulta a continuidade do processo seletivo, assim como as limitações impostas pela pandemia.

concurso publico policia civil

Concurso Polícia Civil RJ

Esse concurso já está bem mais avançado em comparação ao de São Paulo, com a divulgação da banca organizadora prevista para julho de 2021. Serão abertas 400 vagas imediatas para os ensinos fundamental, médio e superior.

São 10 vagas para o ensino fundamental, 210 para médio e 180 para superior, com salários que podem chegar a R$ 18.747.

Quem tem ensino fundamental concorre para auxiliar de necropsia, médio para investigador e técnico em necropsia.

As 180 de ensino superior são para perito criminal, inspetor, delegado e perito legista.

Apesar de a exigência ser apenas de ensino fundamental, o auxiliar de necropsia tem um salário atrativo: R$ 4.506 inicial.

A prova conta com quatro etapas, sendo 100 questões objetivas, testes físico, psicotécnico e avaliação médica, além do curso de formação profissional.

A grande expectativa é em relação ao cargo de delegado, tendo em vista que o último concurso para essa função aconteceu em 2012, no Rio de Janeiro.

Concurso Polícia Civil MG

Já o concurso para Polícia Civil MG ainda está apenas na fase de análises técnicas e ainda não há informações tão concretas. A expectativa é que sejam abertas, pelo menos, 1.500 vagas, incluindo delegado, escrivão, investigador, médico legista e perito criminal.

Além disso, as oportunidades deverão ser também para área administrativa, com vagas para analistas e técnicos assistentes.

Apesar da indefinição, tudo indica que esse concurso será aberto ainda este ano, pois o último que aconteceu em Minas Gerais foi em 2013.

Naquele momento, foram oferecidas 1497 vagas. Dessas, 121 para médico legista, 95 para perito, 886 técnico assistente e 415 analistas.

Mesmo assim, vale a pena consultar provas anteriores para você já começar a se preparar. Isso porque a aprovação em um concurso público não acontece do dia para a noite.

Concurso Polícia Civil PR

O concurso Polícia Civil PR já está em andamento, e não é possível inscrever-se mais. A prova ainda não foi aplicada justamente por conta da pandemia, com dois adiamentos. Agora, o exame deve acontecer nos dias 3 de outubro e 12 de dezembro.

São 400 vagas concorridas por 106 mil candidatos que se inscreveram para as funções de delegado, investigador e papiloscopista.

A banca organizadora é o Núcleo de Concursos da Universidade Federal do Paraná.

Mercado de trabalho

Como já informamos brevemente, o mercado de trabalho para policiais civis é muito amplo, pois a maioria dos estados brasileiros tem deficiência de profissionais na área de segurança pública.

Por isso, a abertura de novos concursos públicos é essencial para o funcionamento das delegacias e as respectivas investigações. Como a criminalidade só aumenta no Brasil, a necessidade de novos policiais é urgente.

No entanto, é preciso ter um perfil profissionalque seja sintonizado com o dia a dia de um investigador, delegado, escrivão etc.

Entre as habilidades necessárias, podemos citar a coragem, o senso crítico, a determinação nas palavras e atitudes, saber trabalhar sob constantes pressões, honestidade, além de noções de Direito e conhecimentos administrativos.

Além disso, é importante saber montar relatórios, pois muitas funções, como de investigador, exigem análises de vários fatos que necessitam de uma sistematização.

Conhecer as tecnologias também é importantíssimo, pois muitas investigações utilizam escutas, grampos telefônicos, verificação de redes sociais, enfim, monitoramentos em relação a pessoas suspeitas.

Portanto, o concurso Polícia Civil abre muitas oportunidades dentro das milhares de delegacias existentes no Brasil. Caso seja o seu sonho seguir nessa carreira, vale a pena manter a disciplina nos estudos e o foco em busca de um Brasil melhor.

Você chegou até aqui, mas ainda não se decidiu sobre qual profissão seguir? Aproveite e faça o nosso teste vocacional!

Você pode gostar também