Área que possibilita ao profissional atuar em empresas dos mais variados ramos (desde uma fabricante de veículos até uma empresa de relógios, por exemplo), o curso de design de produto é uma formação que chama a atenção de muitos estudantes, essencialmente daqueles que gostam de achar soluções por meio de desenhos.

Contudo, engana-se quem acha que um designer de produto é um profissional que se limita a apenas desenvolver projetos de desenho. Isso porque, como destacamos a seguir, a rotina de trabalho dessa profissão envolve várias outras questões.

Você já sabe o que é design de produto, onde estudar e quais são as possibilidades de carreira? Continue a leitura e descubra tudo!

O que é design de produto?

Design de produto nada mais é do que o curso de graduação destinado a capacitar os estudantes para o desenvolvimento de objetos em geral, com foco na produção de artigos e acessórios industriais.

Desse modo, quando uma empresa qualquer oferece um produto (um notebook, por exemplo), o designer de produto é o responsável por cuidar de todas as etapas de produção que envolvem a estética e outros elementos visuais relacionados a ele.

Em outras palavras, a tarefa de criar e manter uma identidade visual atrelada ao produto é um dos principais desafios desse tipo de profissional.

Designer de produto: perfil

Uma característica imprescindível do designer de produto é gostar muito de desenho e artes visuais em geral. Até porque esse tipo de habilidade é exigida tanto durante a graduação quanto no mercado de trabalho.

Além disso, é interessante um designer de produto ter o seguinte perfil:

  • bom comunicador e observador (elementos fundamentais para a compreensão das reais demandas dos clientes);
  • tecnológico, voltado para o conhecimento das principais ferramentas de desenvolvimento de desenhos e artes visuais;
  • criativo, com flexibilidade para atuar nos mais diversos ramos da criação de produtos;
  • publicitário, com destaque para o entendimento de práticas de marketing e propaganda.

Designer de produto: o que faz? 

Dentro de uma empresa que trabalha com a venda de um produto qualquer, o designer pode assumir funções como:

  • compreensão do público-alvo — envolve buscar entender quais são as necessidades e carências do público que é cliente ou tem potencial para ser cliente da empresa;
  • idealização — transformar as necessidades/carências em ideias e projetos;
  • prototipação — criação de protótipos, com o intuito de materializar as ideias;
  • validação — verificar a eficiência/aceitação do produto por parte dos clientes.

Design de produto: curso

Geralmente elaborada para ser concluída em 4 anos (ou 8 semestres letivos), essa graduação oferece ao estudante a possibilidade de aprofundar conhecimentos em áreas como: design de acessórios; design de serviços; prototipagem; design de produto digital; design de maquinário; consultorias de inovação; entre outras.

Grade curricular

O número de matérias e a disposição delas ao longo dos semestres letivos para esse curso variam consideravelmente entre as faculdades. Desse modo, tomando como base a grade curricular do curso de design de produto da Universidade Estadual de Minas Gerais — UEMG, temos a seguinte distribuição:

1º Período

  • Representação Técnica I;
  • Psicologia, Percepção e Forma I;
  • Fatores Filosóficos, Sociais e Culturais I;
  • Metodologia Científica I;
  • Processos de Criação;
  • Expressão Gráfica I;
  • História e Análise Crítica da Arte e do Design I.

2º Período

  • Representação Técnica II;
  • História e Análise Crítica da Arte e do Design II;
  • Fatores Filosóficos, sociais e Culturais II;
  • Psicologia, Percepção e Forma II;
  • Comunicação e Semiótica I;
  • Expressão Gráfica II;
  • Ergonomia I;
  • Metodologia Aplicada ao Projeto de Design. 

3º Período

  • Representação Técnica III;
  • Expressão Gráfica III;
  • História e Análise Crítica da Arte e do Design III;
  • Comunicação e Semiótica II;
  • Ergonomia II;
  • Psicologia, Percepção e Forma III;
  • Metodologia Aplicada ao Projeto de Design II;
  • Prática Projetual I.

4º Período

  • Representação Tridimensional I;
  • História e Análise Crítica da Arte e do Design IV;
  • Psicologia, Percepção e Forma IV;
  • Materiais e Processos de Produção I;
  • Prática Projetual II;
  • Expressão Gráfica IV.

5º Período

  • Representação Tridimensional II;
  • Prática Projetual III;
  • Fatores Econômicos;
  • Expressão Gráfica V;
  • Materiais Processo Produção II.

6º Período

  • Representação Tridimensional III;
  • Expressão Gráfica VI;
  • Materiais e Processo de Produção III;
  • Prática Projetual IV;
  • Estudo de Mercado I.

7º Período

  • Fatores Filosóficos, Sociais e Culturais III;
  • Comunicação e Semiótica III;
  • Materiais Processo de Produção IV;
  • Tópicos Especiais;
  • Prática Projetual V;
  • Estudos de Mercado II;
  • Atividades Complementares.

8º Período

  • Teoria do Design I;
  • Materiais e Processos de Produção V;
  • Seminários;
  • Projetos de Graduação;
  • Estágio Supervisionado.

Vale lembrar-se de que essas matérias correspondem apenas às disciplinas classificadas como obrigatórias. Isto é, o estudante, para finalizar o curso, precisa cumprir os créditos da carga horária das disciplinas optativas e eletivas.

desenho design de produto

Onde estudar

Atualmente, existem várias universidades no Brasil que oferecem esse curso, entre as quais podemos destacar:

  • Universidade Federal de Santa Catarina — UFSC;
  • Universidade Estadual de Minas Gerais — UEMG;
  • Universidade Nove de Julho — Uninove;
  • Universidade Unisinos — Unisinos;
  • Instituto Europeo di Design — Ied São Paulo;
  • Universidade de Franca — Unifran;
  • Universidade Uniasselvi — Uniasselvi.

Como é a carreira do designer de produto? 

Essa é uma área que os profissionais, em sua grande maioria, migram para duas trajetórias: a de ir para o mercado privado ou trabalhar por conta própria com serviços de consultoria.

Mercado privado

Engloba basicamente todas as empresas da iniciativa privada que oferecem como serviço algum tipo de produto, o qual necessita de um designer de produto para garantir que todo o processo de produção seja executado da forma mais eficiente possível.

Próprio negócio

Prestar serviço próprio como consultor criativo é outra possibilidade de carreira para esses profissionais. Contudo, essa trajetória é mais aconselhável para quem já tem alguma experiência na área.

Portanto, agora que você já conhece como é o curso de design de produto, bem como as suas características e onde estudar, fica menos difícil saber se essa área atende ao seu perfil profissional. Vale ressaltar, ainda, que, para seguir essa carreira, é indispensável ter boas habilidades com desenhos, visão espacial e softwares de criação gráfica em geral.

Achou interessante conhecer mais sobre a área de design de produto? Então leia também, em mais um de nossos posts, tudo sobre o curso de design de moda!

Campanha Always On Cronograma
Você pode gostar também