Profissional de uma das áreas mais nobres da carreira pública, o cargo de diplomata é extremamente cobiçado entre os servidores do governo. Isso porque, além de contar com um ótimo salário ao final do mês, ele recebe uma série de benefícios, envolvendo desde bonificações financeiras até privilégios políticos.

Mas você já sabe o que faz um diplomata e qual é o seu salário? Acompanhe para conhecer!

O que faz um diplomata?

O diplomata nada mais é do que o representante oficial de um país em terras internacionais. Em outras palavras, ele simboliza a personificação política de um país, sendo, assim, uma espécie de modelo do governo federal.

Como funções de um diplomata, podemos destacar:

  • defender a soberania e os interesses políticos/econômicos do Brasil, atuando em outras nações;
  • promover eventos e atividades fora do país e que visam a valorizar a cultura do Brasil;
  • facilitar o fechamento de negócios e parcerias políticas/econômicas internacionais.

Como ser um diplomata?

Para ser um diplomata, é obrigatória a realização de um concurso público (já que estamos tratando de um servidor do governo federal), no qual o profissional após aprovado ainda precisa qualificar-se por mais 4 semestres.

Eligis - teste vocacional e profissional

Diplomata: salário

O salário de um diplomata varia de acordo com a sua experiência. Contudo, a remuneração inicial é por volta de R$ 18.000,00.

Logo, percebemos com mais clareza o porquê de o diplomata ser uma profissão tão cobiçada entre os brasileiros, já que ela implica uma carreira internacional, ótimos salários e uma posição de destaque na política do país.

Achou interessante conhecer mais sobre a carreira de um diplomata? Então veja, agora, como é a área da administração pública!

Campanha Always On Cronograma
Você pode gostar também