Uma das carreiras que mais chamam a atenção dos concurseiros é a de policial militar. Não é à toa! Os concursos — abertos no Brasil inteiro — atraem quem deseja proteger pessoas, patrimônios e a nossa sociedade no geral.

A rotina é desafiadora e passa longe do tédio, trazendo um dia a dia mais interessante do que em muitas profissões.

Para seguir a carreira militar na Polícia, não é necessário ter um curso superior específico — o que facilita a jornada profissional para muita gente. No entanto, isso não quer dizer que não haja espaço para uma graduação nesse processo. Continue a leitura e entenda melhor o assunto!

O que faz o policial militar?

O policial militar é o profissional cuja rotina envolve a proteção e segurança dos indivíduos, seja em relação à sua integridade física, seja em relação ao coletivo.

Patrimônio particular e público também entram nessa conta. Por isso, vemos policiais militares patrulhando vias, orientando a população na contenção de ocorrências, ações de busca a criminosos ou recuperação de bens.

As ocorrências atendidas pelos policiais militares envolvem acidentes de trânsitos, brigas, assaltos, furtos, entre outras situações que podem representar risco de morte para a população e aos próprios profissionais.

Toda a atuação é baseada nas necessidades da Segurança Pública dos batalhões, fazendo com que o profissional esteja sujeito a horários, locais de trabalho, turnos, cidades e os grupos da polícia, como tropa de choque, cavalaria, atendimento telefônico, entre outros.

policia militar

Como ser um policial militar?

Para ser um policial militar, é preciso ficar atento aos editais dos concursos públicos. No geral, exige-se que o candidato:

  • tenha 18 anos completos;
  • seja nascido no Brasil;
  • tenha concluído o ensino médio;
  • não tenha antecedentes criminais;
  • esteja em dia com as obrigações militares e eleitorais.

No entanto, o que precisa para ser policial militar pode mudar conforte a legislação local. Por isso, o recomendado é manter processos e documentações sempre em dia. Dessa forma, ao passar pelo concurso e pela convocação, a papelada já vai estar organizada.

É sempre bom lembrar que a carreira militar é caracterizada por normas rígidas e pela hierarquia bem construída, exigindo dos profissionais integridade e disciplina durante toda a sua jornada na Polícia Militar (PM).

Sendo assim, o caminho mais comum para ingressar na polícia é:

  • prestar concurso público;
  • ser classificado nas provas técnicas e físicas;
  • realizar o curso de formação nas Academias de Polícia Militar, onde serão estudados aspectos legais, criminais e uso de arma de fogo.

Policial militar feminina

As mulheres têm passe livre para se tornarem policial militar feminina,atendendo aos mesmos requisitos que os homens.

O que muda em alguns casos é a estatura mínima exigida: para homens, 1,60m. Para mulheres, 1,55m. Ambos descalços.

Vale destacar que apenas 12% de todo o efetivo da Polícia Militar brasileira é composto por mulheres. Uma das justificativas é a abertura de vagas: os editais costumam apresentar mais oportunidades para pessoas do sexo masculino. 

O estado com menos mulheres na Polícia Militar é o Ceará, com apenas 4% do efetivo feminino, seguido do Pará, com 6%.

Piauí, Mato Grosso, Santa Catarina e Paraná acompanham as estatísticas com 8% do seu efetivo composto por mulheres.

Eligis - teste vocacional e profissional

Qual curso fazer para ser um policial militar?

No geral, a carreira policial se divide em três níveis:

Cada um desses níveis e sua escala hierárquica têm suas próprias exigências referentes aos cursos que devem ser realizados para ingressar e avançar na carreira.

No caso da Polícia Militar, a aprovação no concurso público e o início da jornada na Academia exigem apenas o ensino médio completo. No entanto, alguns cargos pedem formação específica, como Direito, Medicina ou Odontologia.

Patentes da Polícia Militar

As patentes da Polícia Militar são divididas da seguinte forma:

  • após passar em concurso público, os alunos das Academias são denominados Cadetes. Ao se formarem nessa praça, recebem o título de Soldado, seguido por Cabo, 3º Sargento; 2º Sargento; 1º Sargento;
  • depois, passam pela praça especial, alcançando a patente de Aspirante a Oficial;
  • por fim, seguem o caminho de 2º Tenente, 1º Tenente, Capitão, Major e Tenente-coronel, atingindo o maior posto, o de Coronel da Polícia Militar.

Entre os Coronéis, há o Comandante-Geral do Estado, escolhido pelo Governador. Os nomes e números de patentes podem variar entre Estados.

Quanto ganha um policial militar?

O salário de um policial militar também é uma das especificações da carreira que varia conforme o edital e a posição na escala hierárquica.

Por exemplo, em Pernambuco, a remuneração inicial gira em torno de R$ 2.800. A esse valor acrescentam-se benefícios como vale-alimentação e adicional de risco, fazendo com que o salário ultrapasse os R$ 3.500. Já no Paraná, os salários de Soldado variam entre R$ 3.028 e R$ 5.390.

Onde estudar?

Um dos cursos mais buscados por policiais militares ou pessoas que ainda não foram aprovadas no concurso, mas estão certos de que desejam atuar na carreira, é o de Direito.

O curso dá a base necessária para que os profissionais entendam como funcionam os princípios éticos, morais e legislativos.

Esse conhecimento contribui para as provas do concurso público e para avançar dentro da hierarquia estabelecida.

Entre as melhores faculdades de Direito no Brasil, se destacam:

  • Fundação Getulio Vargas (FGV-SP);
  • Universidade de Brasília (UnB);
  • Universidade de São Paulo (USP);
  • Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG);
  • Universidade Federal do Paraná (UFPR);
  • Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ).

Dia do Policial Militar

Em 24 de junho de 1997, Valério dos Santos Oliveira, Cabo da PM, foi atingido por uma bala perdida durante um protesto em Minas Gerais. Na ocasião, os policiais militares reivindicavam melhores salários e condições de trabalho.

Esse fato levou à escolha da data em que é comemorado o Dia Nacional do Policial e Bombeiro Militar. Desde 2017, esses profissionais são homenageados todo dia 24 de junho.

A carreira de policial militar envolve riscos. Entretanto, é uma bela profissão, em que a dedicação à justiça e o companheirismo entre colegas de profissão são características marcantes.

Aproveite que o assunto é a carreira militar e descubra como ingressar na Marinha.

Você pode gostar também