A profissão de professor é uma das mais importantes em uma sociedade, visto que todas as outras profissões dependem dela. Nesse contexto, vários estudantes sonham em seguir uma carreira como educador, mas muitos ficam em dúvidas diante dessa decisão por não saberem com exatidão quanto ganha um professor.

Com o objetivo de esclarecer para todos que ainda não sabem o quanto um professor ganha, preparamos este conteúdo descrevendo o salário desse profissional conforme sua área e especialização. Continue a leitura e fique por dentro do assunto!

Quanto um professor ganha?

Como você já deve imaginar, não existe um salário fixo para essa profissão. Isso acontece porque existem várias categorias de professores, o que naturalmente influencia na remuneração ao final do mês.

Outro fator que merece ser destacado e que também influencia nos salários de um professor é a região onde ele leciona, já que é o governo de cada estado que determina o piso salarial dessa classe — no caso do professor atuar na rede pública do estado.

Abaixo, selecionamos informações sobre algumas áreas de atuação desses profissionais e seus respectivos salários. Confira!

Quanto ganha um professor de História?

Para saber quanto ganha um professor de História, podemos exemplificar tomando como base os salários dos educadores do estado de Minas Gerais.

Um educador de História que trabalha em uma escola estadual em Minas Gerais tem um salário-base médio de R$ 2.012,00.

Quanto ganha um professor de Matemática?

professor de matemática

Com os matemáticos, o raciocínio não é diferente. Caso o professor atue no estado mineiro, sua remuneração vai ser igual à de um professor de História: R$ 2.012,00.

Há regiões, no entanto, em que essa remuneração alcança valores mais altos, como em São Paulo, onde um professor de Matemática recebe R$ 2.662,00.

Rede privada

Para os educadores que dão aulas em escolas privadas — independentemente das disciplinas lecionadas —, os salários geralmente são melhores quando comparamos aos recebimentos dos profissionais da rede pública.

Os valores, no entanto, ficam abaixo dos R$ 3.500,00 por mês, como apontado por pesquisa realizada pelo Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas (Inep).

Quanto ganha um professor de Inglês?

Caso opte em trabalhar na rede pública, a remuneração de um professor de Inglês vai seguir as mesmas regras acima: o salário vai ter como base o piso da categoria.

Para quem se especializou nesse idioma, há também possibilidades de dar aulas em cursinhos particulares de língua estrangeira, recebendo em média R$ 2.593,00 mensais.

Quanto ganha um professor de faculdade?

Para dar aulas em uma universidade, geralmente o professor precisa ir além da graduação, isto é, fazer mestrado e muitas vezes doutorado, o que o capacita ainda mais e proporciona melhores remunerações.

Faculdade particular

Considerando um professor de faculdade particular, o salário médio no Brasil pode alcançar os R$ 10.000,00.

Faculdade pública?

Os educadores que lecionam em universidades públicas (principalmente instituições federais) são os que recebem os maiores salários: em média, R$ 13.626,00 mensais.

Como se tornar um professor de faculdade?

Quando a universidade é privada, o professor precisa ser aprovado no processo seletivo organizado pela própria universidade — o que pode incluir prova escrita, prova oral, entrevista, análise de currículo lattes etc.

Na rede pública, a única forma de entrada — no caso de ser um servidor permanente — é por meio de um concurso público federal, que também é composto por várias etapas de seleção.

Quanto ganha um professor com doutorado?

Esse valor varia conforme a instituição de ensino que o professor doutor vai trabalhar, seguindo basicamente os números já mencionados acima.

Nos casos em que esse professor trabalha para o estado (ou até mesmo para o município), comumente há remunerações maiores que o salário-base. Isso acontece porque o professor pode receber bonificações de acordo com o seu nível de qualificação.

Eligis - teste vocacional e profissional

Como é a carreira de professor?

Entre as possibilidades de carreira para um professor no Brasil, podemos destacar 3:

  • ser autônomo;
  • fazer concurso público;
  • atuar no mercado de trabalho privado.

Confira as informações que selecionamos sobre cada uma das opções mencionadas.

Autônomo

Atualmente, muitos profissionais de educação trabalham de forma autônoma, isto é, montando seu próprio negócio com aulas particulares — tanto presenciais quanto online.

Para que isso aconteça, é preciso ser bastante disciplinado e ser um bom empreendedor, já que é preciso ter uma boa a rede de contatos e fazer a divulgação por conta própria.

Concurso público

Essa é a trajetória profissional de grande parte dos professores no Brasil, que podem escolher entre a realização de um concurso público federal, estadual e/ou municipal.

Concurso público municipal

Esse tipo de concurso direciona o professor para dar aulas em escolas e outras instituições de educação da cidade onde mora — ou próxima de sua residência.

Concurso público estadual

Os professores dão aulas em escolas e outras instituições de educação (faculdades, por exemplo) estaduais.

Concurso público federal

Os concursados federais lecionam em universidades e escolas técnicas da federação.

Setor privado

O setor privado emprega os professores para lecionarem em:

  • escolas particulares de educação básica (ensino infantil, ensino fundamental e ensino médio);
  • instituições particulares de ensino técnico;
  • cursinhos pré-vestibular;
  • escolas particulares de idiomas.

Agora que você já sabe em média quanto ganha um professor, fica mais simples entender se as características dessa carreira são compatíveis com a sua expectativa profissional. Vale lembrar que os salários citados acima são uma média, ou seja, eles podem variar conforme a experiência do professor, a cidade onde reside, o perfil profissional e entre outros parâmetros.

Gostou de saber o quanto ganha um professor? Então leia também, em mais um de nossos posts, tudo sobre o curso de graduação em Química!

Campanha Always On Cronograma
Você pode gostar também