Em síntese, a radiologia é uma especialidade que pode ser aplicada tanto na medicina quanto em outros segmentos. Ao se formar na área, o profissional pode atuar no campo odontológico, metalúrgico, veterinário e ambiental.

Quer descobrir quanto ganha um radiologista? Confira mais informações sobre a profissão e os segmentos com os melhores salários. Acompanhe!

O que faz o radiologista?

Radiologista é o profissional que realiza exames de imagem para enxergar possíveis alterações e fazer diagnósticos.

Quanto maior o grau de formação, mais funções podem ser desempenhadas — e, consequentemente, mais alto será o salário.

O profissional pode ser um médico com residência em Radiologia. Para isso, é necessário ser aprovado na prova de título de Especialista e Certificado de Área de Atuação do Colégio Brasileiro de Radiologia e Diagnóstico por Imagem, que acontece semestralmente.

Pode também ter um curso técnico ou tecnólogo na área — falaremos deles nos próximos tópicos deste artigo.

Os principais instrumentos de trabalho dos radiologistas envolvem máquinas de raio-x, ultrassom, ressonância magnética, tomografia computadorizada e outros instrumentos que permitem o diagnóstico por imagem. 

Um médico radiologista, além de realizar diagnósticos, também podem atuar fazendo ultrassonografias de gestantes ou desenvolvendo pesquisas na área de atuação.

Ele também pode fazer o trabalho em Medicina Legal, contribuindo com a justiça para desvendar casos. Por exemplo, comparando as radiografias oferecidas pelos familiares com a anatomia da vítima. 

Quanto ganha um radiologista?

O salário médio do médico radiologista gira em torno de R$ 5.082,50, sendo que o Distrito Federal apresenta a maior remuneração: 19.742,91 para uma jornada de 22 horas semanais.

Os setores que pagam os melhores salários a esses médicos são:

  • atividades de apoio à gestão de saúde — R$ 86,44 a hora trabalhada;
  • atividades de atendimento em pronto-socorro e unidades hospitalares para atendimento a urgências — R$ 44,43 a hora trabalhada;
  • atividades de atendimento hospitalar — R$ 53,00 a hora trabalhada;
  • atividades de centros de assistência psicossocial — R$ 44,73 a hora trabalhada;
  • docência e ensino — R$ 62,38 a hora trabalhada.

Os estados que pagam mais pela hora trabalhada são:

  • Ceará;
  • Distrito Federal;
  • Minas Gerais;
  • Paraná;
  • Rio Grande do Sul.

Todos os dados foram retirados de pesquisa feita pelo portal Salário.

 Quais são as diferenças entre técnico e tecnólogo em radiologia?

A principal diferença entre as duas titulações é a formação. O curso técnico em radiologia pode ser feito por pessoas com, no mínimo, 16 anos, que ainda estão no Ensino Médio.

Já o título de tecnólogo é conquistado após curso considerado de nível superior. Por isso, o candidato deve ter o Ensino Médio completo.

Por ser um curso de nível superior, a conclusão do tecnólogo em radiologia leva mais tempo que o curso técnico.

Isso significa que, ao optar pelo curso técnico, você provavelmente consiga começar a atuar na área mais rapidamente.

Em contrapartida, o tecnólogo oferece mais opções da atuação no mercado.

Eligis - teste vocacional e profissional

Quanto ganha um técnico em radiologia?

A faixa salarial para os profissionais de radiologia em nível técnico fica entre R$ 2.037,74 e R$ 2.090,00 e pode chegar a 3.792,11, na cidade de Curitiba (PR).

As cidades com maior registro de salário pago em relação às horas trabalhadas são:

  • Brasília (DF);
  • Curitiba (PR);
  • Porto Alegre (RS);
  • Ribeirão Preto (SP);
  • São Paulo (SP).

É na Paraíba que os técnicos em radiologia podem encontrar as melhores oportunidades. Lá, o salário pode ultrapassar os R$ 4.000,00 — especialmente na cidade de Patos.

Segundo o portal Salário, há registro de piso salarial de R$ 13.368,62 para o desempenho da função em ambiente hospitalar. 

Quanto ganha um tecnólogo em radiologia?

Um levantamento feito pelo portal Salário revela que a média salarial do tecnólogo em radiologia é de R$ 2.181,81.

A mesma pesquisa mostra que há uma boa demanda por esses profissionais. Em algumas situações, a remuneração pode chegar a R$ 4.568,31 — como na cidade de São Paulo.

Além da capital paulista, os maiores registros salariais para a função estão em:

  • Belo Horizonte (MG);
  • Rio de Janeiro (RJ);
  • Sinop (MT).

Os setores de atuação em que os tecnólogos são mais bem pagos são:

  • atividades de atendimento em pronto-socorro e unidades hospitalares para atendimento a urgências;
  • atividades de atendimento hospitalar;
  • outras atividades de atenção à saúde humana;
  • serviços de diagnóstico por imagem com uso de radiação ionizante;
  • serviços de ressonância magnética.
radiologista salário

 Possíveis adicionais no salário

Seja qual for a titulação do radiologista, a atuação em hospitais e clínicas pode render uma porcentagem que eleva o salário.

É o caso de insalubridade, periculosidade e adicional noturno. Entenda:

  • adicional noturno — profissionais que cumprem jornada de trabalho das 22h até as 05h da manhã devem receber 20% a mais sobre a hora trabalhada, do que aqueles que desempenham a mesma função naquela empresa durante o dia;
  • insalubridade — a Norma Regulamentadora 15 define que o profissional pode receber de 10% a 40% de acréscimo sobre o salário;
  • periculosidade — quando o radiologista trabalha em um ambiente que fornece algum tipo de risco à vida, ele deve receber um acréscimo de 30% sobre o salário-base.

Onde estudar?

Médicos interessados em fazer a residência em radiologia podem tentar uma vaga nos seguintes programas:

  • Programa de Residência Médica do Instituto D’Or de Pesquisa e Ensino (IDOR) e da Rede D’Or São Luiz (RDSL);
  • Residência Médica em Radiologia e Diagnóstico por Imagem no Instituto de Ensino e Pesquisa Albert Einstein — Centro de Educação em Saúde Abram Szajman.

Os que desejam começar a constituir carreira como técnico, podem procurar as seguintes instituições:

  • Faculdade Andreotti | Opção Tec;
  • Faculdade Eficaz;
  • Famesp — Faculdade Método de São Paulo | Método Ensino Técnico;
  • Grau Técnico;
  • Instituto Federal do Paraná;
  • Instituto Técnico Ana Nery;
  • TECPUC.

Entre as instituições que oferecem o Curso Superior de Graduação Tecnológica em Radiologia, estão:

Agora que você descobriu quanto ganha um radiologista e as diferenças entre cada nível de formação, tente imaginar sua carreira a longo prazo. Isso pode facilitar a escolha pelo curso ideal.

Aproveite que está aqui e saiba mais sobre Medicina

Você pode gostar também