Muito procurado e com alta concorrência nos vestibulares, o curso de Direito atrai pessoas que sonham com a carreira na Advocacia ou estudam com foco em determinado concurso público. Para chegar lá, é preciso saber quanto custa uma faculdade de Direito, afinal, o planejamento é fundamental para quem quer vencer todas as etapas do processo.

Para você se informar sobre os valores das mensalidades, elaboramos este post com dicas imperdíveis. Confira!

Quanto custa, em média, uma faculdade de Direito?

Em razão das diferenças econômicas existentes nas várias regiões do Brasil, o valor da mensalidade de uma faculdade de Direito varia.

Os preços vão de R$ 350 a R$ 4.000, mas a média fica em torno de R$ 800, tendo em vista que essa faculdade ainda não tem autorização do Ministério da Educação (MEC) para existir nas modalidades semipresencial ou EaD.

Sabendo-se que o Sudeste é a região que tem a maior concentração de faculdades de Direito no Brasil. Pelo fato de o estado de São Paulo ser o mais rico do país, muitas instituições de ensino têm valores que variam de R$ 1.000 a R$ 1.500.

Se você se assustou com os valores, não se preocupe: existem inúmeras maneiras para você se beneficiar de bolsas de estudo, como mostraremos logo mais neste post.

Como é o curso de Direito?

Com cinco anos de duração, o curso de Direito reúne disciplinas teóricas nos três primeiros anos e práticas nos dois últimos, como simulados de tribunais de júri e orientações jurídicas voltadas à população.

Trata-se de uma graduação que não garante o exercício da profissão somente com a conclusão da faculdade, pois o registro só é obtido após a aprovação na prova da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB).

Essa avaliação existe em todo o Brasil para garantir a qualidade dos profissionais e dos serviços prestados, mantendo a ética em primeiro lugar.

A faculdade é da área de Humanas e tem uma formação que faz parte da realidade de pessoas que gostam de ler, que sabem argumentar e são competentes na interpretação dos textos.

Outras características do profissional são: boa comunicação, visão crítica dos fatos e motivação no processo de persuadir as pessoas por meio de argumentos.

Ao longo do curso, há várias disciplinas que devem ser concluídas, inclusive o Trabalho de Conclusão de Curso, conhecido como TCC. Trata-se de uma monografia entregue após o quinto ano, que serve para a banca avaliar os aprendizados conquistados ao longo da faculdade.

Veja algumas matérias que são obrigatórias nos cursos de Direito, independentemente do estado onde a instituição esteja instalada:

  • Antropologia;
  • Ciência Política;
  • Economia;
  • Ética;
  • Filosofia;
  • História;
  • Sociologia;
  • Interpretação e Produção de Textos;
  • Psicologia;
  • Direito Constitucional;
  • Direito Administrativo;
  • Direito Tributário;
  • Direito Penal;
  • Direito Civil;
  • Direito Empresarial;
  • Direito Previdenciário;
  • Direito do Consumidor;
  • Direito Trabalhista;
  • Direito Internacional;
  • Direito Processual;
  • Mediação e Conciliação;
  • Prática Jurídica;
  • Direito das Minorias;
  • Direito Global.
pilhas de moedas apoiadas na mesa: quanto custa uma faculdade de Direito

Como fazer faculdade de Direito pagando menos?

Atualmente, existem diversas maneiras de cursar Direito sem gastar tanto com o pagamento das mensalidades — inclusive, é possível conquistar bolsas de estudo integral.

ProUni

O Programa Universidade para Todos (ProUni) beneficia estudantes em todos os estados brasileiros, concedendo mais de 300 mil bolsas por ano.

O ProUni é destinado aos alunos que cursaram o Ensino Médio em escolas públicas ou que estudaram em escolas particulares por meio de bolsas de estudo.

Para conseguir a bolsa, é necessária uma pontuação acima de 450 no Exame Nacional do Ensino Médio (Enem), além de não zerar a redação.

A renda familiar também deve ser menor do que três salários mínimos. Caso a pontuação no Enem seja alta, é possível conseguir uma bolsa de 100%.

Outro critério de seleção é não ter diploma de Ensino Superior em outra profissão. Isso acontece para incentivar a capacitação das pessoas que não tiveram essa oportunidade.

Sites especializados

Com o avanço tecnológico, a internet abriu muitas portas, inclusive na preparação online para o Enem e demais vestibulares. A rede também conta com sites especializados na concessão de bolsas de estudos, como o Ganhe Bolsa.

Dessa maneira, o acesso à faculdade de Direito ficou bem mais amplo. As bolsas existem pelo fato desses sites terem convênios com as faculdades privadas. Assim, os descontos podem chegar a 70% do valor da mensalidade.

A principal vantagem desses sites especializados é que não existe um critério de seleção: basta você fazer uma pesquisa bem apurada na web, efetuando a matrícula na faculdade escolhida.

Bolsa empresa

Muitas empresas têm convênios com as faculdades e destinam bolsas para que seus colaboradores se especializem.

Caso você já esteja atuando em um escritório de advocacia em outras funções, como no departamento administrativo, veja se existe essa parceria.

Trata-se de uma excelente forma de investir nos seus estudos, indo atrás do seu sucesso profissional.

Iniciação científica

faculdades de Direito que têm programas de estágio direcionados aos alunos bolsistas, como a iniciação científica. Os descontos fazem parte de uma espécie de pagamento pelo serviço prestado, como na produção de artigos ou pesquisas.

A média da jornada é de meio período, frequentemente em funções dentro da própria faculdade e em um período que não seja o de aula.

Além disso, existem algumas faculdades que oferecem descontos com base na pontuação do Enem.

Fies 

Caso você não consiga uma bolsa, é possível obter o financiamento estudantil conhecido como Fies. Trata-se de um programa do governo federal que financia a sua faculdade a juros menores do que os praticados no mercado.

Outra vantagem é que o prazo de pagamento começa a contar após o término do curso, ou seja, o aluno pode quitar as parcelas com o salário obtido por meio da profissão escolhida — no caso, atuando como advogado.

Eligis - teste vocacional e profissional

Onde estudar Direito?

Como já informamos acima, existem inúmeras instituições de ensino que oferecem o curso de Direito, sendo as melhores situadas no estado de São Paulo.

Na hora de saber quanto custa uma faculdade de Direito, veja também se a escolhida conta com um corpo docente de qualidade, boa credibilidade no mercado e conceitos adequados no MEC. Veja algumas que são bem conceituadas:

  • Centro Educacional Anhanguera;
  • Universidade Nove de Julho (UNINOVE);
  • Universidade Estácio de Sá;
  • Universidade Paulista (UNIP);
  • Faculdade Pitágoras;
  • Universidade Norte do Paraná (UNOPAR);
  • Universidade de Taubaté (UNITAU);
  • Centro Universitário Salesiano (UNISAL).

Agora que você já tem uma noção mais clara de quanto custa uma faculdade de Direito, a dica é investir tempo na sua formação, sempre mantendo o foco para você conquistar o tão sonhado sucesso profissional.

Está interessado em cursar Direito, mas precisa ter certeza que esse curso é para você? Então não perca tempo e faça agora o nosso teste vocacional e descubra!

Você pode gostar também