Você pensa em fazer faculdade de Medicina? Aqui no Brasil, esse é um curso que dura 6 anos, mas, para quem deseja ter uma especialidade, é preciso cursar mais 2 anos de residência médica. Logo, você precisa dedicar alguns bons anos da sua vida antes de começar a trabalhar plenamente. Mas você sabe quanto custa uma faculdade de Medicina?

O médico tem ótimas oportunidades, podendo atuar em clínicas, postos de saúde e hospitais para fazer exames, diagnósticos e cirurgias. Mas o investimento para se tornar um médico é bastante considerável, seja financeiro, seja emocional.

Como sabemos que o custo de um curso de Medicina não é pouco, resolvemos trazer um panorama para você. Quer saber quais são as mensalidades das principais faculdades? Continue acompanhando e confira!

Quanto custa uma faculdade de Medicina?

Essa é a graduação mais cara do país. Os valores das mensalidades do curso de Medicina variam de R$ 5 mil a mais de R$ 12 mil. Porém, a maioria fica entre R$ 8 mil e R$ 9 mil.

Entre as instituições de ensino reconhecidas e bem-avaliadas pelo MEC (Ministério da Educação) que cobram mensalidades entre R$ 8 mil e R$ 9 mil, ou seja, dentro da média, podemos citar a Cruzeiro do Sul e a Anhanguera.

Vale destacar que a diferença de preços ocorre por diversas razões: faculdade, localização, alta procura em relação ao número de vagas etc.

Você deve se perguntar: por que o curso de Medicina custa tão caro? Bom, entre as explicações, estão a presença de professores especializados, que normalmente dividem seu tempo entre clínicas, hospitais e aulas na universidade; e, claro, a estrutura complexa que o curso exige, como bibliotecas, laboratórios e materiais especiais.

O fato é que quem planeja cursar Medicina vai ter que investir também em livros e materiais, além de ter dedicação integral durante, pelo menos, 6 anos. Mas, obviamente, estamos falando de um investimento que compensa muito; afinal, a carreira é extremamente valorizada, e os médicos têm alta empregabilidade.

quanto custa uma faculdade de medicina

Faculdades de Medicina mais baratas do Brasil

Veja a lista que trouxemos com as faculdades de Medicina mais baratas do país:

  • Faculdade Evangélica do Paraná (FEPAR) — de R$ 3 mil a R$ 4 mil;
  • Universidade do Planalto Catarinense (UNIPLAC) — de R$ 3 mil a R$ 4 mil;
  • Universidade do Oeste de Santa Catarina (UNOESC) — de R$ 4 mil a R$ 5 mil;
  • Faculdade Pernambucana de Saúde (FPS) — de R$ 5 mil a R$ 6 mil;
  • Universidade Católica de Pernambuco (UNICAP) — de R$ 5 mil a R$ 6 mil;
  • Faculdade Santa Maria (FSM) — de R$ 5 mil a R$ 6 mil;
  • Centro Universitário de Anápolis (UNIEVANGÉLICA) — de R$ 5 mil a R$ 6 mil;
  • Universidade Feevale (FEEVALE) — de R$ 5 mil a R$ 6 mil;
  • Universidade de Itaúna — de R$ 5 mil a R$ 6 mil;
  • Universidade do Extremo Sul Catarinense (UNESC) — de R$ 5 mil a R$ 6 mil;
  • Universidade do Sul de Santa Catarina (UNISUL) — de R$ 5 mil a R$ 6 mil.

Lembrando que esses valores podem ser alterados conforme os próprios critérios das instituições. Portanto, é preciso fazer uma consulta atenciosa antes de escolher a faculdade.

Como fazer uma faculdade de Medicina pagando menos?

Sem dúvida, as mensalidades dessa graduação são inacessíveis para uma grande parte da população brasileira, até mesmo quando levamos em consideração o valor mais baixo que conferimos na lista apresentada acima.

Mas a boa notícia é que é possível diminuir esse valor em até 100%. Basta recorrer aos programas do governo federal ou às facilidades que as próprias faculdades particulares oferecem. Veja, abaixo, quais são as opções existentes para pagar menos e conquistar o sonho de cursar Medicina!

ProUni

Esse é um programa do governo que oferece bolsas parciais (50%) e integrais (100%) em instituições de ensino privadas a alunos que não têm diploma de ensino superior.

Para que o estudante possa participar do ProUni (Programa Universidade Para Todos), ele precisa ter feito a última edição do ENEM e conseguido uma média simples nas provas acima de 450. Além disso, ele não pode ter zerado na redação da prova.

Outras exigências incluem cumprir alguns limites de renda familiar por pessoa e ter cursado todo o ensino médio na rede pública ou como bolsista integral na rede privada.

FIES

Pelo FIES (Fundo de Financiamento Estudantil), o aluno pode financiar as mensalidades do curso de Medicina a juros baixos ou zero. Além do mais, ele só começa a pagar a dívida após a sua formatura.

Podem participar do programa os alunos que fizeram o ENEM a partir de 2010, que conseguiram nota geral acima de 450 e que não zeraram na redação. Além disso, como no ProUni, há alguns requisitos de renda familiar por pessoa.

Financiamento e bolsas das próprias faculdades

Várias faculdades privadas ofertam programas próprios de bolsas aos alunos. Uma das maneiras de conquistar uma bolsa para a graduação em Medicina é usar a nota do ENEM no processo seletivo da instituição de ensino, ou seja, por meio do ingresso direto.

Outra possibilidade é buscar os programas de financiamento das instituições, nos quais os estudantes financiam uma parte do valor das parcelas do curso (geralmente, até 70%) — lembrando que eles só começam o pagamento após a formação.

Eligis - teste vocacional e profissional

Onde estudar Medicina?

O curso de Medicina surgiu no Brasil na UFRJ (Faculdade de Medicina da Universidade Federal do Rio de Janeiro) em 1808. Esse é um curso muito buscado pelos vestibulandos e pode ser encontrado em inúmeras instituições de ensino públicas e privadas.

Veja, a seguir, algumas que têm autorização do MEC para ofertar o curso de Medicina aos alunos:

  • Faculdade de Medicina do ABC;
  • Centro Educacional Anhanguera;
  • Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP);
  • Universidade de Brasília (UNB);
  • Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP);
  • Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN);
  • Universidade Federal do Triângulo Mineiro (UFTM);
  • Universidade Estadual de Londrina (UEL);
  • Faculdade Pitágoras;
  • Faculdade das Américas (FAM);
  • Centro Universitário do Instituto Brasileiro de Tecnologia Avançada (UniBTA).

Todas essas instituições são participantes de programas de ampliação do acesso ao ensino superior, como FIES e ProUni. Além disso, algumas trabalham com outras iniciativas de financiamentos, bolsas de estudo, convênios e descontos.

O curso de Medicina prepara você para uma das profissões mais bem-pagas do Brasil. No entanto, tenha em mente que ele exige foco total, dedicação integral e muito autocontrole emocional.

Então, além de saber quanto custa uma faculdade de Medicina, é importante conhecer a área e conversar com profissionais formados, para obter o máximo de informações sobre o curso e a profissão. Assim, você terá certeza e garra para lutar por um sonho tão lindo!

Gosto do texto e quer saber mais sobre o quanto custa uma faculdade de Medicina? Se você ainda está indeciso(a) sobre qual curso fazer, faça o nosso teste vocacional e descubra!

Você pode gostar também