O perito criminal é um profissional que está a serviço da Justiça e uma das peças fundamentais para que crimes sejam desvendados. Quanto ganha um perito criminal é uma pergunta frequente dos interessados pela vaga.

Isso ocorre porque, para desempenhar a profissão, é necessário ter um diploma de nível superior e prestar concurso público. Ou seja, trata-se de uma carreira pública, cujas características são estabilidade e salários atrativos.

Se você tem essa curiosidade, veio ao lugar certo. Continue a leitura e saiba mais sobre a profissão, como se tornar um perito criminal e a média salarial para o cargo. Vamos lá!

O que faz um perito criminal?

O trabalho do perito criminal é, basicamente, aquilo que acompanhamos em filmes e séries de TV sobre investigação forense e criminal: ele analisa cenas de crimes, registra e coleta todas as evidências dos fatos, como fios de cabelo, pegadas, sangue e digitais.

Tudo o que é encontrado no local pode transformar-se em provas, periciados e, até mesmo, ser levado a julgamento.

A responsabilidade e complexidade do cargo são enormes, o que torna a profissão atrativa. No entanto, devido a essas características, os processos seletivos são igualmente complexos, com diversas etapas minuciosas para que o melhor profissional seja escolhido.

Dito isso, você pode imaginar quanto ganha um perito criminal, não é mesmo? O salário é acima da maioria das profissões do mercado.

 Quanto ganha um perito crimina

Quanto ganha um perito criminal?

O portal Salário reuniu dados do CAGED, eSocial e Empregador Web e descobriu a resposta para a pergunta: quanto ganha um período criminal?

A média salarial é de R$ 12.671,96 para uma jornada de trabalho de 42 horas semanais.

Para ajudar a responder este tópico e os próximos, também fizemos uma pesquisa sobre os concursos públicos já realizados na área.

O município de Arcoverde (PE) oferece remuneração inicial de R$ 2.000,00 para o médico perito que cumprir carga horária de 20 horas de trabalho semanal.

Já no estado do Mato Grosso do Sul, foi oferecida a remuneração inicial de R$ 7.377,66 por 40 horas de trabalho semanais. No Rio Grande do Sul, a mesma carga horária pagou R$ 9.556,78 de salário inicial.

A Polícia Civil do Distrito Federal é um órgão com a remuneração mais atrativa pela carga horária de 40 horas semanais: R$ 16.830,85 foi o salário anunciado em edital. Já no Acre, esse salário cai para R$ 7.680,00.

No Rio de Janeiro, o salário é ainda menor, mas acima da média de muitas outras profissões: R$ 5.234,81.

Quanto ganha um perito criminal federal?

Um edital publicado no ano de 2013 revelou remuneração inicial de R$ 14.037,11. Perceba que, embora os concursos aconteçam em um intervalo maior que os municipais e estaduais, a remuneração é maior que o dobro.

Ou seja, vale a pena estudar para passar em um concurso de menor abrangência enquanto aguarda uma oportunidade na esfera federal.

Quanto ganha um biomédico perito criminal?

Todos os salários que vimos até agora aplicam-se ao biomédico perito criminal, afinal, essa é uma das formações de base aceitas para que o concursado possa assumir a vaga de perito criminal.

Muitas pessoas buscam pelo curso de Biomedicina justamente para se dedicar à área, que ganha um nome exclusivo para essa atuação: o biomédico forense.

Na Biomedicina Forense, o profissional aprende a analisar as amostras biológicas coletadas nas cenas dos crimes.

O conhecimento adquirido na área permite aplicar técnicas em genética e biologia molecular, desvendando mistérios e contribuindo com o trabalho da justiça.

Como o juiz não tem esse know-how técnico, o biomédico forense pode ser escalado para emitir laudos técnicos imprescindíveis para a conclusão de um julgamento.

Mas nem só de crimes contra pessoas vive a Biomedicina Forense. Drogas, medicamentos, alimentos e agrotóxicos entram na lista de análises do profissional, que consegue identificar a participação dessas substâncias em um óbito ou seus vestígios em investigações como tráfico de drogas.

Como ser um perito criminal?

Como adiantamos no começo deste artigo, para ser um perito criminal, é necessário ter um diploma de graduação e prestar concurso público.

A graduação exigida para o cargo vai depender do edital. Conforme o portal Salário – e você percebeu nos tópicos anteriores –, a formação mais comum envolve as seguintes áreas:

  • Biomedicina;
  • Farmácia;
  • Física;
  • Fotografia.
  • Medicina;
  • Química.

São diversas possibilidades, pois é um curso que passeia pelos níveis municipal, estadual e federal, em que cada um tem uma responsabilidade sobre os crimes investigados e a forma como essas investigações acontecem.

A boa notícia é que algumas universidades agora disponibilizam um tecnólogo em Investigação Forense e Perícia Criminal, que também conta como graduação.

Ou seja, além de conquistar o diploma necessário para passar no concurso, o candidato garante um preparo maior e mais intenso, já que passa três anos estudando exclusivamente sobre a área. Assim, pode aumentar as chances de ser aprovado no concurso.

A Unopar e a Anhanguera são duas faculdades que oferecem o curso, com mensalidades a partir de R$ 159,90 e na modalidade a distância. Super acessível, vale a pena investir até mesmo em paralelo com a graduação.

Veja como é a grade curricular do curso de Investigação Forense e Perícia Criminal:

  • Aspectos do Direito Constitucional;
  • Ciência Política;
  • Crimes Cibernéticos;
  • Criminologia;
  • Direito Penal I;
  • Direito Penal II;
  • Direitos Humanos e Cidadania;
  • Estudo Transversal;
  • Estudo Transversal I;
  • Ética;
  • Fundamentos Filosóficos do Direito;
  • Fundamentos Históricos do Direito;
  • Linguagem Jurídica;
  • Meios de Obtenção e Produção de Provas;
  • Perícia Criminal I;
  • Perícia Criminal II;
  • Perspectivas Profissionais;
  • Prática Interdisciplinar: Direitos Humanos;
  • Prática Interdisciplinar: Investigação Criminal;
  • Prática Interdisciplinar: Perícia Criminal;
  • Prática Interdisciplinar: Perícia Toxicológica;
  • Processo do Conhecimento Penal;
  • Psicologia Social;
  • Sociologia;
  • Teoria Geral da Investigação e Perícia;
  • Teoria Geral do Processo.

Gostou de saber quanto ganha um perito criminal? Está preparado para viver investigando e solucionando crimes? Então, dedique-se e abrace uma profissão emocionante.

Aproveite para se aprofundar no assunto e leia mais sobre perícia criminal.

Campanha Always On Cronograma
Você pode gostar também